terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

7 ao mês: Ermo


Num mundo cada vez mais inovador é necessário juntar o útil ao agradável quando se cria ou faz algo de inovador. A Threshold Magazine decidiu então criar em 2018 uma nova rubrica mensal, feita por quem faz a música ou quem a faz chegar até nós. Uma playlist, 7 músicas, como os dias da semana, e uma banda, artista ou promotor por mês. 

7 ao mês é a rubrica nova que apresentamos aqui, começando com os Ermo.


Pauline Anna Strom - Emerald Pool


Ultimamente colámos em algumas ondas da New Age e o Trans-Millenia Consort chamou-nos a atenção. Quase Kaitlyn Aurelia Smith em '82, muito fixe.


Glenn Branca - The Spectacular Commodity (For Eiko and Koma)


Quase que dispensa apresentações. O disco Ascension é um marco gigante da No Wave. Recomendamos acompanharem com a entrevista em que John Cage explica porque é que não curte Glenn Branca.



Ennanga Vision - Otim's War


Uma pérola pop com selo da Soundway Records, que vale pelo groove futurista e despretensioso.



Sajjanu - City Hotel Tabata


Os Sajjanu são uma banda que descobrimos recentemente enquanto procurávamos material para biblioteca de samples. Vale a pena.



James Ferraro - Ten Songs for Humanity


 A faixa de abertura para o enorme Human Story 3.




Cannonball Adderley - Azule Serape


Conta com a mestria de Wes Montgomery, faixa excelente.



Maya - Lait de Coco


 Grande som, sem filmes.

+

O MIL já tem os primeiros nomes confirmados


Na segunda edição do Lisbon International Music Network A.K.A MIL, que este ano acontece entre os dias 4,5 e 6 de abril, são cerca de 70 concertos e duas dezenas debates, conferências e aulas que poderão ser acompanhadas em Lisboa. O festival e convenção dedicada à música popular alternativa e independente já tem os primeiros nomes confirmados e vai pôr em contacto agentes, programadores, artistas e editoras, com vista a potenciar oportunidades de colaboração entre estes mercados. 

Nos concertos, entre as primeiras confirmações encontram-se Boogarins, Best Youth, Bruno Pernadas, ErmoDiron Animal, El Señor, Fugly, Gonçalo, Joana Guerra, HHY & The Macumbas, Iguana Garcia, Keep Razors SharpGalo Cant'às DuasLaBaq, Luís Severo, MONDAY, Mighty Sands, O Gringo Sou Eu, Ricardo Dias Gomes e Whales. Ao alinhamento juntam-se ainda outros artistas internacionais como os franceses Chapelier Le Fou, Corine, Elbi, Futuro Pelo, KO KO MO, Joon Moon, Naïve New Beaters, Candeleros, Black Snake Moan, Temé Tan, When Airy Met Fairy e L. Teez, que vem acompanhado pelo DJ e produtor AEON SEVEN



Já para os modelos masterclasses, incluídas no programa PRO, estão confirmados Keith Vaz (director criativo e ex-criador de conteúdos da VICE) e Matthew Errington (Director da School of Music Business de Londres) falará sobre estratégias de marketing para bandas. 

Às masterclasses juntam-se mais de uma dezena de debates sobre tópicos da actualidade relevantes para as indústrias da música como a digitalização da música, questionando a liberdade e os limites à neutralidade da internet bem como a importância dos metadados; a importância das salas de espectáculo e clubes no tecido cultural das cidades e no circuito da indústria musical; a relevância da crítica musical e quais as estratégias e ferramentas do jornalismo musical da actualidade. Um conjunto de artistas partilhará as suas experiências em tours DIY e agentes revelarão os métodos de trabalho para colocar artistas num circuito internacional. Entre as confirmações: Bob Van Heur (Belmont Bookings/Le Guess Who?), Philip Kolvin QC (antigo presidente da Night Time Comission de Londres), Elise Phamgia (Liveurope), Audrey Guerre (Live DMA), Clementine Bunel (Coda Agency), Matthieu Philibert (IMPALA), Fabien Miclet (Consultor de Assuntos Europeus), Fabiana Batistela (SIM São Paulo), Fabrício Nobre (Bananada), David Erlacher (Elevate Festival), Lewis Robinson (Mais um Discos), Alain Lahana (Le Rats de Villes), Dave Judge (Canalaphonic Festival), Miguel Garrido (Charco), Anthony Chalmers (Baba Yaga Huts/Row Pow Festival), Jésus Guisado (Monkey Week), Ricky Thunder e Marco Portello (Swamp Bookings), Bernardo Batzen (Yourope), Marc Lloret (Mercat Musica Viva de Vic), Larry Gott (James), Alan Mcgowan (IQ), Aziliz Benech (MaMA Festival et Convention), Suzanne Combo (La GAM), Rodrigo da Mata (Bossa FM) e Ivo Purvis (MSTF Partners).



Os Festival Tickets (acesso aos concertos) e os Gold Festival Tickets (acesso aos concertos + festa de abertura do MIL + oferta de totebag MIL) têm um custo de 25€ e 35€, respectivamente, e já se encontram à venda em bol.pt e nos locais habituais. Os bilhetes PRO (acesso aos debates, à lista de participantes profissionais e entrada prioritária nos concertos) custam 60€ e podem ser adquiridos aqui.


+

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Blacklisters e USA Nails em Portugal


Os ingleses Blacklisters (AKA BLKLSTRS) dedicam-se à exaltação do noise rock e exploração das fronteiras deste género com o post-hardcore e o punk. Claramente influenciados pela sonoridade dos Jesus Lizard e dos Big Black, os Blacklisters citam em entrevista ao website Louder Than War os Shellac e os DEVO como influências basilares tanto na sua sonoridade como no seu ethos. No ano transacto o coletivo lançou Dart, um EP que irá apresentar ao vivo, em Portugal, já em abril deste ano. A acompanhar os Blacklisters nesta digressão estão os também ingleses USA Nails, outra banda que também se dedica à exploração do noise rock e do post-punk. 


Os USA Nails irão apresentar ao vivo Work Work Work, o seu mais recente EP, o qual foi editado este ano. Esta digressão representa a oportunidade única de vermos ao vivo duas bandas emergentes da cena do noise rock, ambas no pico da sua forma e com material novo para apresentar ao vivo. 

Abaixo deixamo-vos uma faixa do Dart e as datas da tour europeia desta dupla. 




30-03-2018 FR, BOURGES - BRASSERIE BOS
31-03-2018 FR, JURANçON - LA FERRONNERIE
01-04-2018 SP, LLODIO - ORBEKO ETXEA
02-04-2018 SP, MADRID - *TBC*
03-04-2018 SP, SEVILLA - SALA 
04-04-2018 PT, SANTARÉM - A9
05-04-2018 PT, CASCAIS - STAIRWAY CLUB
06-04-2018 PT, MARINHA GRANDE - CLUBE DOS MÚSICOS
07-04-2018 PT, PORTO - HARD CLUB
08-04-2018 FR, ANGRESSE - CONTAINER
09-04-2018 FR, RENNES - BAR HIC

+

Esmerine em Portugal

photo: Aylin Gungor

Falta pouco mais de um mês para a passagem dos Esmerine por Portugal. 
Com quase duas décadas de existência, estes canadianos dedicam-se à fusão da música da câmara com o post-rock e o folk. Esta banda nasce no ano de 2001 pela mão de Bruce Cawdron (ex-membro dos GY!BE) e Rebecca "Beckie" Foon (Thee Silver Mt. Zion, Saltland) numa sessão de gravação do primeiro álbum dos míticos Set Fire To FlamesVencedores de um prémio JUNO com o álbum Dalmak podemos encontar os Esmerine inscritos no catálogo da canadiana Constellation Records, uma editora de referência no universo da música exploratória. Depois de uma mão cheia de álbuns, eis que recebemos em 2018 a visita dos Esmerine na sequência da lançamento do Mechanics of Dominion, o seu sexto e recente LP. No dia 23 de março, os Esmerine tocarão no Teatro Municipal Rivoli (mais precisamente no Understage), um evento com a assinatura da Amplificasom. No dia seguinte, 24 de março, será em Guimarães e pela mão da Revolve que os Esmerine se apresentarão ao vivo. Este segundo concerto inclui-se no âmbito do programa Indiesciplinas e terá lugar na Associação Cultural e Recreativa Convívio.

Abaixo deixamo-vos o LP Mechanics of Dominion bem como as datas da tour europeia dos Esmerine.




10.03.18Berlin, DEArkaoda
13.03.18Liege, BEKulturA
14.03.18Antwerp, BEHet Bos
15.03.18Paris, FRPoint Éphémère
16.03.18Toulouse, FRPavilions Sauvage
17.03.18Montpellier, FRBlack Sheep
18.03.18Alicante, SPTeatre Arniches
19.03.18Barcelona, SPSala Apolo
20.03.18Madrid, SPSala El Sol
21.03.18San Sebastian, SPDabadaba
22.03.18Bilbao, SPCafe Antzokia
23.03.18Porto, PTUnderstage
24.03.18Guimaraes, PTIndisciplinas
25.03.18Vigo, SPRadar Estudios

+

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

STREAM: Dreamweapon - SOL


Dois anos depois do disco de estreia homónimo, editado em 2015 pela Lovers & Lollypops, os Dreamweapon regressam agora com SOL, o novo disco na casa londrina Fuzz Club Records, que apresenta quatro composições improvisadas, gravadas num take único, com duração aproximada a dez minutos cada. Neste novo disco, a banda do Porto cria uma masterclass totalmente hipnótica, através da sua sonoridade krautrock minimalista em conjugação com feedback, ruído, sintetizadores oscilantes e guitarras em cascata. 

Formados por André Couto (10.000 Russos), João Campos Costa e Edgar Moreira, os Dreamweapon surgiram em 2009 e desde então lançaram um EP, o disco de estreia homónimo e um punhado de singles. Deste segundo disco já tinha sido divulgada anteriormente a faixa "Monte da Virgem". SOL pode  agora ser ouvido na íntegra abaixo.

SOL é editado esta sexta-feira (16 de novembro) pelo selo Fuzz Club Records.



+

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

[Review] Mèsico - Pure and Shining


Pure and Shining // Interbang/Indipendead // dezembro de 2017
6.0/10

Pure and Shining é o novo disco do músico italiano Paolo Mazzacani, sob o moniker de Mèsico que, certamente, para os fãs acérrimos do encontro entre a eletrónica e folk de traços experimentais, será um álbum que valerá a pena ouvir. Além de MèsicoPaolo Mazzacani tem também um outro projeto paralelo de electrónica, os Tempelhof, onde colabora com Luciano Ermondi. Neste registo a solo Mèsico revisita algumas das suas primeiras influências e acrescenta-lhes sintetizadores de ritmos ligeiros, guitarras, piano e inclusivé trompete (a ouvir-se no início e final de "A Beautiful Bride"). 

Este novo Pure and Shining é composto por um total de 12 temas onde as faixas instrumentais e com voz vão surgindo de forma alternada. Além dos referidos instrumentos, Mèsico também junta alguns ritmos orgânicos e sons completamente cativantes. Um exemplo disso encontra-se logo na abertura de "Harlem" que é definitivamente o grande tema deste disco, pelas sensações que emana. Como refere Paolo Mazzacani "Every song has a deep significance for me – they are totally inspired by my life experience. Every tune was written in different moments, and every lyrics tells about people or places I fell in love with over the last several years. This album is my personal attempt to keep everything together in a strong, endless embrace".

Pure and Shining é um retrato auditivo das emoções e sensações experienciadas por Paolo Mazzacani que são transmitidas num registo lento e sensível para o ouvinte. Há músicas muito interessantes e de estruturas cativantes, mas há também músicas que pecam por soar demasiado extensas e tornarem o álbum um bocado repetitivo. De uma forma geral, Pure And Shining é um disco bom para todos os fãs da folk pura mas um bocadinho aborrecido para aqueles que procuram energia na música. Recomenda-se a audição de temas como "Good Luck" e "Bolthorn", além das já referidas "A Beautiful Bride" e "Harlem". O disco pode ser ouvido abaixo e pode ser comprado aqui.



+

HEILUNG juntam-se ao cartaz do EXTRAMURALHAS


Os HEILUNG são o oitavo nome a juntar-se ao cartaz da nona edição do agora cunhado EXTRAMURALHAS, juntando-se assim aos já anunciados ULVER, que atuam a 24 de agosto e CURRENT 93, a subir a palco no último dia do festival, 25 de agosto. A banda dinamarquesa atua no Teatro José Lúcio da Silva no primeiro dia de festival, 23 de agosto, sendo mais uma das estreias em território nacional.

Segundo nota de imprensa "Os HEILUNG (“Cura”, na língua alemã) proporcionam um espectáculo visualmente forte e imponente, com inúmeras referências tribalistas vikings e rituais de magia (negra?) que nos expurgam corpo e mente." Um espetáculo que apreciadores de bandas como Wardruna e Dead Can Dance não vão querer perder.



Além dos HEILUNG - cabeças de cartaz do primeiro dia -, CURRENT 93 e ULVER, o cartaz do EXTRAMURALHAS tem para já confirmados os franceses HORSKH, os russos SHORTPARIS, os suecos PRIEST, os espanhóis CAPTAINS e o alemão CHRISTIAN WOLZ. Todas as informações adicionais podem ser acompanhadas no site da Fade In. O line-up pode ser consultado abaixo.

Os bilhetes para os três concertos pagos do EXTRAMURALHAS começam a ser vendidos a partir de amanhã e estão limitados a 737 espectadores em cada dia (lugares sentados não marcados). 


EXTRAMURALHAS 2018 Line-Up 
23 AGOSTO 

21h30 – Teatro José Lúcio da Silva HEILUNG
00h00 - Stereogun BANDA A ANUNCIAR / TO BE ANNOUNCED  

24 AGOSTO 

18h00 – Igreja da Misericórdia CHRISTIAN WOLZ (Entrada Gratuita) 
21h00 – Teatro José Lúcio da Silva ULVER 
23h00 - Jardim Luís de Camões CAPTAINS (Entrada Gratuita) 
00h00 - Jardim Luís de Camões PRIEST (Entrada Gratuita) 

25 AGOSTO 
18H00 - Igreja da Misericórdia BANDA A ANUNCIAR / TO BE ANNOUNCED 
21h00 - Teatro José Lúcio da Silva CURRENT 93 
23h00 - Jardim Luís de Camões SHORTPARIS (Entrada Gratuita) 
00h00 – Jardim Luís de Camões HORSKH (Entrada Gratuita)

+

Master Boot Record lança novo single com Öxxö Xööx


Master Boot Record regressa este ano aos discos com Direct Memory Access e já se pode ouvir a primeira amostra deste novo trabalho através de "DMA 3 LPT1 ECP MODE", o primeiro tema de sete inéditos, que conta com a colaboração de Laurent Lunoir (Öxxö Xööx, Igorrr) na voz. "DMA 3 LPT1 ECP MODE" volta a demontrar o profissionalismo de Master Boot Record no domínio dos sintetizadores e além da voz obscura de Laurent Lunoir, cantada na língua dos Öxxö Xööx, traz um ritmo super potente e viciante. Direct Memory Access será o quinto disco de estúdio de Master Boot Record.

Sobre este o nome que inspirou este novo trabalho o produtor musical afirma em nota de imprensa que “Direct Memory Access is a method to transfer data from a device directly to the main system memory (RAM) bypassing the CPU. A new spellware programmed to bypass the firewall of conformity. Engraved on its hardware are the symbols for this new ritual. Ciphered is the message. For all knowing is forbidden and all things must be encrypted.”


Direct Memory Access tem data de lançamento prevista para 20 de abril pelo selo Blood Music. Podem fazer pre-order do disco aqui.

Direct Memory Access Tracklist:

DMA 0 DRAM REFRESH 
DMA 1 SOUND CARD 8-BIT 
DMA 2 FDD CONTROLLER 
DMA 3 LPT1 ECP MODE 
DMA 4 CASCADE 
DMA 5 HARD DISK 
DMA 6 SCSI HOST ADAPTER 
DMA 7 SOUND CARD 16-BIT

+

Hoje há Colleen Green e karaoke no Anjos70

Steele O'Neill
O pós São Valentim celebra-se esta noite no Anjos70 com a estreia absoluta de Colleen Green em Portugal. O evento, organizado pela Maternidade, traz a artista californiana à sala lisboeta para apresentar os temas do seu mais recente disco I Want To Grow Up, um conjunto descomprometido de canções ingénuas de rock açucarado editado em 2015 pela Hardly Art.

A festa não se fica por aqui já que haverá karaoke aberto ao público antes do concerto, convidando os mais corajosos a cantarem os seus amores e desamores em pleno palco. O vencedor levará um cabaz muito especial feito pelo catálogo de artistas da Maternidade, assim como a devolução do valor bilhete. Parece imperdível, não é? Tudo por apenas 5 euros.

+

Courtney Barnett anuncia novo álbum, Tell Me How You Really Feel


A australiana Courtney Barnett está de volta aos trabalhos a solo com Tell Me How You Really Feel, que sucede a Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit, editado em 2015, e a Lotta Sea Lice, uma colaboração com Kurt Vile lançada no ano passado.

A sua última passagem por Portugal aconteceu na edição de 2016 do festival NOS Alive mas para já ainda não há nenhuma data em solo português nas já anunciadas. A cantora e compositora revelou também o primeiro single desta obra, "Nameless, Faceless", que pode ser escutado abaixo:



Tell Me How You Really Feel tem lançamento marcado para 18 de maio, pelas editoras Mom + Pop, Marathon Artists e Milk! Records, com pre-order a poder ser feita aqui


Tell Me How You Really Feel tracklist:

01. Hopefulessness
02. City Looks Pretty
03. Charity
04. Need a Little Time
05. Nameless, Faceless
06. I’m Not Your Mother, I’m Not Your Bitch
07. Crippling Self Doubt and a General Lack of Self-Confidence
08. Help Your Self
09. Walkin’ on Eggshells
10. Sunday Roast

+

Os SEXTILE estão aí à porta em 10 dias

© Raw Journey

Porto e Lisboa vão receber na próxima semana quatro anjos caídos que possuem como doutrina ideológica, o lado negro das questões políticas americanas, a revolta e o inconformismo que lhes vêm associados. São os norte-americanos SEXTILE e do seu porta estandarte fazem parte sentimentos como a raiva, a indignação e a contestação, que são mais que fatores suficientes para garantir dois concertos enormes.

Com dois álbuns na cartilha, A Thousand Hands (Felte, 2015) e, mais recentmente, Albeit Living (Felte, 2017) e com influências de Suicide, The Cramps e The Birthday Party, com uma batida incansável a colocar sempre as RPM bem elevadas, numa sonoridade compreendida entre o post-punk, a no wave e o surf rock. Espera-se muita agitação social para os lados do Cais do Sodré (26 de fevereiro) e Praça do Infante, no Porto (25 de fevereiro). Aguarda-se o Manifesto dos SEXTILE.

Os bilhetes para o concerto no Sabotage Club, estão à venda por 8€ em pré-venda e 10€ no próprio dia. As informações do concerto de Lisboa podem ser encontradas aqui. Já no Hard Club, Porto as entradas custam 10€. Para quem já tiver comprado bilhete para Tricky a entrada é gratuita se ainda forem a tempo de ser um dos 100 primeiros a enviar email para attherollercoaster@gmail.com. Informações adicionais aqui.


+

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

BALLA abrem para OMD esta sexta-feira, em Lisboa

© Paulo Romão Brás 

Os Orchestral Manoeuvres In The Dark (OMD) passam já esta sexta-feira, 16 de fevereiro, pela Aula Magna num concerto único no país inserido na The Punishment Of Luxury Tour. Esta quarta-feira (14 de fevereiro) passa-se a saber que os portugueses BALLA vão ser os responsáveis pela abertura do concerto dos OMD, que tem início previsto para as 21h00. 

A banda portuguesa composta por Armando Teixeira, Pedro Monteiro, Miguel Cervini, Duarte Cabaça e João Tiago encontra-se no ativo desde 2000 e à Aula Magna apresentará a sua "música eletrónica cantada em português".

Os bilhetes ainda estão à venda, nos locais habituais, a preços que vão dos 28€ aos 40€. Online podem ser adquiridos aqui. Todas as informações adicionais podem ser encontradas aqui.

+