terça-feira, 25 de julho de 2017

Oiçam: YAGMAR


Os YAGMAR tiveram início em 2014 quando Daniel Sallberg (Suécia) e Luís Fernandes (Portugal) decidiram montar um estúdio numa casa abandonada (antiga serralharia em ruínas), para umas sessões descomprometidas de improviso, onde o objectivo era criar composições que misturassem as influências de cada um, sem barreiras na escolha do género. Essa liberdade desde cedo cultivada permitiu que o processo de composição se tornasse criativo e rapidamente consolidaram o seu género, no primeiro tema oficial "Fugaz", um ensaio sobre sexualidade e identidade, dependência e decadência, explorado em vídeo, abaixo.

De uma forma resumida, "Fugaz" conta a história de um anti-herói e o seu quotidiano, cheio na agenda, e vazio no interior. Sem norte, sem medo e sem vergonha. O género é a vida que leva com a banda sonora sempre no ouvido. Vem de longe e fugaz, mas vai a lado nenhum.


Para uma banda que só agora está a dar os primeiros passos no panorama musical os YAGMAR destacam-se logo em "Fugaz" pelo seu baixo ritmado e dominante que os caracteriza numa sonoridade poderosa mas igualmente relaxante. Além desta conjugação de diferentes instrumentos, a introdução de sonoridades improvisadas e quebras de compasso, que os YAGMAR vão utilizando ao longo da sua música, fazem o ouvinte sentir várias emoções e criar uma espécie de ligação. O resultado da experimentação musical do quinteto lisboeta é apresentado agora no EP Dez Fruta, que ao longo das suas cinco músicas consegue entreter o ouvinte de forma muito eficiente. A título de exemplo oiçam-se singles como "Dizer" e "Oito", que facilmente ficam presos à memória de qualquer pessoa que carregar no play.

Como principais referências  nacionais a banda aponta Heróis do Mar, Os Golpes, Linda Martini, PAUS e Octa Push. Já a nível internacional destacam Foals e Two Door Cinema Club, sem deixar descurar a grande influência de música étnica Zairense e Cabo Verdiana presente na sua sonoridade.
 

Oriundos de Lisboa os YAGMAR são um quarteto composto por Luís Fernandes - baixista e vocalista, Daniel Sallberg - guitarrista e teclista, Gastão Beaumont - guitarrista e Cristovão Monteiro - bateria. O EP Dez Fruta foi editado oficialmente a 3 de julho e a banda encontra-se presentemente em ensaios para concertos ao vivo em setembro, podendo é ir.

+

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Rubyfruit - "Ivory Tower" (video) [Threshold Premiere]


As Rubyfruit, duo indie-pop americano que une Jenny Posnak e Kate Hamilton, começam agora a dar os primeiros passos na carreira musical e lançam hoje o vídeo para o single "Ivory Tower" retirado do seu EP de estreia Half Moon, a sair para as prateleiras em agosto. Com uma sonoridade semelhante a bandas como Girlpool e Beirut este novo vídeo para o mais recente single tem a direção e fotografia assinadas por  Mia Cioffi Henry, e produção de  Annie Bernstein, tendo sido gravado numa colaboração com a Box Art Films.

O novo EP, por sua vez, sintetiza instrumentação popular e ritmo, percussão de jazz, guitarra rock e baixo com conteúdo lírico. Half Moon contou com a colaboração de  Marc Lacuesta (produção, mixes e baixo) Justin Amaral (percussão), Nick Lerangis (guitarra) Chuck Burns (baixo) and Ruby Amanfu (vozes de fundo). O vídeo para "Ivory Tower" pode ser visto abaixo.


Half Moon tem data de lançamento oficial prevista para 5 de agosto.
.

Half Moon EP Tracklist:

1. Ivory Tower
2. Aberdeen7
3. Daddy Long Legs
4. Red Dog
5. HalfMoon

+

Novas confirmações para o Indie Music Fest


O Indie Music Fest apresenta mais cinco nomes para se juntarem ao Bosque do Choupal, em Baltar, nos dias 31 de Agosto, 1 e 2 de Setembro de 2017. Estes são Manuel Fúria, Marvel LimaJonny Abbey, Phantom Trio e Los LuchosA estes nomes juntam-se os já anunciados Conjunto Corona, Them Flying Monkeys, Twins Transistors, Heavy Cross of Flowers, Paraguaii, The Miami Flu, Lucky Who, Moon Preachers, Killadelphia e El Señor.

Esta será a 5ª edição do festival, cujos passes gerais estão à venda por 30 euros com oferta da t-shirt do festival (limitado a 150 unidades).

+

domingo, 23 de julho de 2017

Homem em Catarse está de regresso com "Portalegre"


Homem em Catarse, projeto a solo de Afonso Dorido, está de regresso aos trabalhos de estúdio e avançou este mês com o primeiro single, "Portalegre", retirado do anunciado novo disco, Viagem Interior, que vem dar sucessão ao conceituado Guarda-Rios(2015). Este novo disco conceptual visita 17 locais do interior de Portugal e a primeira homenagem vai para a cidade Portalegre. O novo single é apresentado em formato audiovisual e o resultado pode ser visto/ouvido, em baixo.

Segundo o músico, "Portalegre é um local de luz, a sul de onde o Tejo é selvagem, e porta de entrada de uma região icónica e símbolo primordial do interior e da ruralidade de Portugal, o Alentejo" e este novo single "aborda precisamente isso - um casal que larga a cidade no litoral, a correria, a azáfama e decide viver mais calmamente às portas de Portalegre numa casa típica e com espaço para as crianças que aí virão, poderem crescer. Uma mudança de vida, o início de algo, a busca reflexiva de que viver mais, é viver melhor".

Viagem Interior tem data de lançamento prevista para setembro.



+

Laura Carbone lança vídeo para "Cellophane Skin"


Sediada em Berlim, a artista Laura Carbone andou recentemente em tour pela Europa com os lendários Jesus and Mary Chain e está a preparar agora um novo disco que dá sucessão ao álbum de estreia Sirens, editado em 2015.

O novo single, "Cellophane Skin", que antecede  este novo disco, já circula por aí desde junho mas só agora a artista lançou o trabalho audiovisual respetivo. A artista nomeia Sonic Youth e PJ Harvey como principais referências na composição de "Cellophane Skin", admitindo que este que funciona como um jogo de ruído, feedbacks e caos. O single foi editado oficialmente pela Duchess Box Records e o vídeo está disponível em baixo.

+

Faltam dois meses para o Post-Punk invadir a Invicta

Cover-art de Lows EP  dos Bleib Modern


O Post-Punk Strikes (Back) Again está de regresso à Invicta a 23 de setembro, repetindo a fórmula de sucesso do ano anterior, ao apostar em seis projetos da vertente noir - cinco internacionais e um nacional - que sobem ao palco do Hard Club, num mini-festival que promove e perpetua a cultura musical underground na cidade do Porto.

Para quem não teve a oportunidade de viver a experiência no passado ano, o conceito mantém-se e nesta edição estreiam-se no festival os argentinos Mueran Humanos, o inglês M!R!M, os portugueses Ghost Hunt, os franceses Tisiphone e os belgas Charnier. A repetir a dose estão os alemães Bleib Modern, que regressam um ano depois para apresentar o novo disco Antagonism, editado em abril deste ano. É portanto um evento aberto ao pluralismo cultural, a não perder.
 .

Mueran Humanos

Os Mueran Humanos são Carmen Burguess (voz, caixas de ritmos, sintetizadores) e Tomas Nochteff (voz, baixo, tambores). Juntos fazem músicas propulsivas e inesquecíveis cantadas em espanhol e com recurso a métodos experimentais, punk e vanguardistas. Atualmente sediados em Berlim e, depois da passagem pelo NOS Primavera Sound (2016), encabeçam esta edição do Post-Punk Strikes Back Again para apresentar o seu mais recente trabalho homónimo Mueran Humanos, editado em 2014.

;

Bleib Modern 

Os Bleib Modern são um quinteto alemão fundado por Philipp Läufer, por volta de 2014, e mais tarde juntaram-se à banda Vinz Eberlein, Leo, Pete e Tommy.  A sua música é categorizada essencialmente dentro dos géneros post-punk, cold wave e shoegaze, embora também se encontrem alguns espetros do psychedelic-rock.
São os únicos repetentes do mini festival e este ano trazem na bagagem o disco Antagonism que molda uma nova sonoridade pronta a ser assimilada por uma audiência maior.



M!R!M
.
M!R!M, projeto a solo do engenheiro de som Jack Milwaukee, é a aventura musical do italiano convertido em londrino que passa por sons carregados de melancolia e escuridão, mas nos quais se misturam sons ambient e eletrónicos. O artista é fortemente inspirado pela década de 80, tanto por uma vertente old school do hip-hop, mas também industrial e post-punk. M!R!M faz agora nova passagem em Portugal para a sua estreia no Post-Punk Strikes Back Again, onde apresenta o seu segundo álbum de estúdio, Iuvenis, lançado este ano.


  
Ghost Hunt
.
Pedro Chau (The Parkinsons) e Pedro Oliveira (ex-Spider/ Blarmino) são as caras por trás de Ghost Hunt, projeto de sintetizadores, guitarra e baixo iniciado no final de  2014. Com Kraftwerk, Klaus Schulze, Cluster, Cabaret Voltaire, The Human League, Juan Atkins, Drexciya e 808 State como principais referências, os Ghost Hunt produzem música instrumental nos campos da eletrónica. A dupla sobe ao palco do Hard Club para apresentar o disco de estreia homónimo, editado pela Lux Records, em 2016, entre outros temas.


Tisiphone

Os gauleses Tisiphone são uma das grandes surpresas desta edição do Post-Punk Strikes Back Again. O trio é detentor de uma sonoridade rítmica peculiar (a vocalista toca, em pé - uma bateria desprovida de bombo - que é tocado, ao lado, pela baixista) onde podemos encontrar influências da cold wave de uns Clair Obscur, da dicotomia masculina/feminina com nuances que evocam uns Sleeping Dogs Wake, ou do revivalismo post-punk de umas Savages. Ao Porto o trio traz o seu LP de estreia homónimo editado o ano passado.



Charnier
.
Vindos diretamente do coração da Europa, mais precisamente de Bruxelas, os Charnier estreiam-se nesta segunda edição do mini-festival para cumprir a sua estreia absoluta em terras lusas. O quarteto belga traz na bagagem o seu primeiro trabalho de estúdio, editado em maio deste ano. Apesar da acentuada bateria e o uso de riffs de guitarra sujos mas incisivos, os vocais sobrepõem-se e dominam os temas da banda, numa sonoridade tipicamente post-punk, agressiva e crua.



Os concertos têm início marcado para as 18h00 e os bilhetes já se encontram à venda no Hard Club, Piranha, Louie Louie e Bunkerstore, tendo um custo de 20€. Todas as informações adicionais podem ser encontradas aqui.

+

sexta-feira, 21 de julho de 2017

L’Agosto é o novo festival urbano de Guimarães


"Em agosto há L’Agosto" é o mote de apresentação do novo festival urbano de Guimarães - L'Agosto - que decorre entre o fim-de-semana de 10 a 12 de agosto no Museu Alberto Sampaio. Nesta primeira edição, onde world music, electrónica e rock são as três pautas que marcam o ritmo dos três dias de concertos, o L'Agosto apresenta Octa Push, Riding Pânico, 10 000 Russos e Kimi Djabaté como principais atrações.

O primeiro dia de festival conta com as brasileiras Spicy Noodles (Brasil) - numa explosão de samplers, guitarras e teclados - e, centrado nos ambientes world, traz também os vimaranenses El Rupe, acabados de editar Suite 3,14, e o guineense Kimi Djabaté.  


A saga continua, a 11 de agosto, com o carrossel rockeiro dos RATERE, a ruralidade psicadélica dos Ganso, as incursões de post-punk psicadélico dos 10 000 Russos e a super-banda Riding Pânico.  


O cartaz do L'Agosto encerra a 12 de agosto numa festa electrónica pautada pela miscelânea de ritmos de O Gringo Sou Eu, White Haus e Octa Push. A entrada para todos os concertos é livre. Todas as informações adicionais aqui.


O festival conta com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães e do Museu Alberto Sampaio e é organizado pela Elephante MUSIK e Estúdio Lobo Mau.

+

Other States lançam vídeo oficial para "My Beau"


Oriundos de Brighton os Other States são um sexteto que começa agora a dar as primeiras pisadas na sua discografia. Depois de terem lançado o primeiro single oficial em junho, "My Beau", que traz semelhanças a algum do trabalho de Nick Cave a banda que une Mark. S. Aaron (voz principal) Mike Lord (piano, voz secundária) Cameron Dawson (baixo) Max Numajiri (guitarra) Chris Boot (bateria) e Lb - (percussão, voz secundária) apresenta agora o trabalho audiovisual para o lado B do single de 7'' "Make Amends/My Beau".

O projeto teve início durante uma viagem de 10 horas entre Dallas e El Paso, enquanto o teclista Mike Lord estava a a trabalhar como engenheiro de som numa tour mundial para as lendas post-punk The Cure. Ao juntar-se a Mark Aaron, os Other States ganharam vida enquanto as ideias das músicas preenchiam um bloco de notas  numa viagem de autocarro ao exterior americano, que inspirou as visões pecaminosas e contos góticos, agora apresentados neste primeiro tema da banda. O vídeo de "My Beau" simula as sensações sentidas durante essa viagem, por forma a colocar o ouvinte no mesmo processo e patamar dos músicos. Podem ver o resultado ali em baixo.




+

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Atari Teenage Riot substituem Tuxedomoon no Entremuralhas


Esta semana foi marcada pela trágica morte do baixista Peter Principle Dachert dos Tuxedomoon e consequente cancelamento da tour europeia, que tinha uma data agendada em Portugal na oitava edição do Entremuralhas. Face ao cancelamento da histórica banda, a Fade In confirmou ontem, 19 de julho, que os alemães Atari Teenage Riot seriam a banda encarregue de substituir os americanos a 26 de agosto, último dia do festival.

Os Atari Teenage Riot formaram-se em 1992 e desde cedo se destacaram pelas suas marcantes prestações ao vivo. Percursores do chamado digital-hardcore, "um estilo de música que mistura noise, ritmos electrónicos ultra-rápidos, samples de riffs de guitarra, elementos techno e vocalizações tipicamente punk"*, os Atari Teenage Riot geram concertos avassaladores que prometem fazer tremer o Castelo de Leiria.

Para fãs de: Kap Bambino, Ultraviolence, Public Enemy, Masonna, Prodigy, Ministry, Merzbow.


Com este novo nome no cartaz o alinhamento do festival também sofre uma pequena alteração e o concerto da sueca Nicole Sabouné, previsto para o Palco Corpo, passa agora para o Palco Alma, com início marcado para as 22h30.

A oitava edição do festival Entremuralhas toma lugar no fim-de-semana de 24, 25 e 26 de agosto no habitual e icónico Castelo de Leiria. Os bilhetes gerais já se encontram à venda tendo um preço de 85€ e podem ser adquiridos aqui. Também se encontra à venda o passe combinado para os dias 25 e 26 agosto, podendo ser adquirido por 65€. O bilhete para o primeiro dia custa 25€, para o segundo, 35€ e para o terceiro, 40€. O alinhamento das bandas divulgadas por dia já é conhecido e pode ser consultado abaixo. 
  
*Fonte: Fade In

+

O Rodellus está quase a chegar ao campo




O Rodellus, festival de música urbana em cenário campestre inicialmente conhecido por Rodellus Music Fest, regressa novamente à freguesia de Ruílhe, em Braga, para a sua terceira edição, a acontecer já na próxima semana entre os dias 27, 28 e 29 de julho. 

Depois de três anos de cultivo intensivo o festival regressa com bandas já conhecidas do público festivaleiro como Stone Dead, Conjunto Corona, First Breath After Coma ou The Sunflowers e outras tantas que já andam a despertar interesse aos ouvidos mais curiosos como os estrangeiros Fai Baba, nascidos de adubo suíço e nova iorquino, que anunciam em bom tom a descoberta de novas sonoridades e os portugueses Mira, un Lobo!


Além do espírito festeiro serão introduzidas este ano as Sessões Rurais, que promovem a solidariedade e a inclusão. Tudo isto por uma módica quantia de 15€ e a uma distância encurtada por parcerias com a CP e a TUB - Transportes Urbanos de Braga, para que ninguém se veja perdido no meio de um outro milharal que não traz música.

Na próxima segunda-feira, dia 24 de julho, o Rodellus apresenta-se oficialmente (e novamente) ao mundo numa conferência de imprensa a ser realizada na Junta de Freguesia de Ruílhe, às 16h00 e aberta ao público. Os horários de atuação por banda podem ser consultados abaixo.



+

Reverence Santarém já tem alinhamento divulgado


O Reverence Santarém anunciou na passada semana os horários definitivos para a quarta edição do festival, que este ano tem lugar Parque da Ribeira de Santarém entre 8 e 9 de setembro. Entre os nomes que farão parte do certame destaque para Amenra, Oathbreaker, MONO, Gang Of Four e os suecos Träd Gräs Och Stenar que encerram o festival no sábado. No total serão 42 os concertos que podem ser vistos na vasta zona de areal junto ao Tejo entre o largo de Santa Iria e a centenária ponte D. Luís, em Santarém.

Além dos nomes referidos, no primeiro dia de festival, sexta-feira dia 8 de setembro, atuam as bandas Moonspell, Sinistro, Bo Ningen, 10000 Russos, Desert Mountain Tribe, Névoa, Wildnorthe, The Gluts, Dead Rabbits, Pretty Lightning, Zarco, Gossamers, Tren Go! Soundsystem, The Melancholic Youth of Jesus, Cut, Two Pirates and a Dead Ship, Quentin Gas & los Zíngaros, Iguana e F'rrugem.


Já no segundo dia do evento, sábado dia 9 de setembro, a organização destaca The Underground Youth, Siena Root, Esben and the Witch, Lobo, Hills, Throw Down Bones, Is Bliss, The Janitors, Nonn, Pás de Problème, Asimov & the Hidden Circus, Conjunto!Evite, Cows Caos, Chinaskee & os Camponeses, Royal Bermuda, I am the Ghost of Mars, Dr Space e Groal


O passe de dois dias tem um preço de 55€ até 31 de agosto, sendo que a partir de 1 de setembro, o preço fixa-se nos 65€. Os bilhetes diários custam 35€ até 31 de agosto data a partir da qual o preço passa a fixar-se nos 40€. Podem comprar os bilhetes online aqui. O festival situa-se a 5 minutos a pé da estação de comboios, no coração do charme rústico da cidade velha, entre o rio e campos de tomate, incluindo um parque de campismo. Todas as informações adicionais aqui.

+

TRC Zigurfest anuncia primeiros nomes


O TRC ZigurFest regressa a Lamego, para a sétima edição  que acontece entre os dias 31 de agosto a 2 de setembro. Depois de uma longa espera por novidades a organização divulgou recentmente os três primeiros nomes que farão parte do lineup: Stone Dead, The Rite Of Trio e Harmonies (Joana Gama, Ricardo Jacinto e Luís Fernandes), que atuarão em Lamego ainda em locais a divulgar. Todas as informações relativas ao festival podem ser consultadas aqui.

Para antevisão do festival a organização estende a festa até ao Porto num aquecimento que contará com BlacKoyote, Galo Cant'Às Duas, Baleia Baleia Baleia e dj-set de MoneyHoney. O Warm-Up tem data marcada para 28 de julho no Maus Hábitos, Porto e tem início previsto para as 23h00. Todas as informações adicionais podem ser encontradas aqui.


+