segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Reportagem: Pedro Lucas + Modernos + BISPO [Plano B - Porto]


Sexta-feira, no Plano B, Modernos e BISPO, bandas formadas por membros dos Capitão Fausto, tocaram pela primeira vez no Porto. A acompanhá-las esteve Pedro Lucas, que deu o primeiro concerto da noite. 

O cantautor, cujo último álbum foi produzido por Walter Benjamin, entrou sozinho em palco e, acompanhado pela sua guitarra, deu um concerto curto, mas agradável. As suas canções simples com influências folk, como "Casa das Águas Livres", foram uma boa maneira de iniciar a noite antes de entrarem em palco os Modernos, com a sua sonoridade indie rock.


A banda de Tomás Wallenstein (voz e guitarra), Manuel Palha (baixo) e Salvador Seabra (bateria) levou o público ao rubro. O concerto começou com "Só Se Te Parecer Bem II", a faixa de abertura do novo EP da banda, e continuou com "24", que pôs quase toda a gente a saltar. 

A animação continuou e crowdsurfing, mãos no ar e pessoas a cantar não faltaram durante o resto da actuação. As músicas de #1, como a instrumental "Panado Cister" e a conhecida "Só Se Te Parecer Bem", foram especialmente bem recebidas pelos fãs do trio lisboeta, mas as canções de #2 soaram melhor ao vivo do que em estúdio e não ficaram muito atrás. 

A banda deu tudo em palco e despediu-se com "Sexta-Feira", terminando da melhor maneira um concerto muito bom. Esperemos que voltem em breve.


Os BISPO, com Manuel Palha e Francisco Ferreira nos teclados e Domingos Coimbra na bateria, acabaram a noite em grande. Os teclados de músicas como "Cancun", a fazer lembrar muitas vezes as bandas sonoras de videojogos dos anos 90, puseram toda a gente a dançar num concerto tão bom ou melhor que o anterior. 


O trio criou um ambiente excelente e chegou mesmo a convidar o público para subir ao palco enquanto tocavam uma das últimas músicas do alinhamento. Os autores de "Timeless Neon" provaram que são um projecto muito promissor e com uma sonoridade única em Portugal. Por bispos destes vale a pena ser abençoado!


La piña colada c'est la maldicion!



Texto e fotografia por: Rui Santos

0 comentários:

Enviar um comentário