quarta-feira, 2 de setembro de 2015

[Indie Music Fest - Reviews] The Sunflowers + Eat Bear


Ghosts, Witches and PB&Js / MOOH / fevereiro de 2015

Ghosts, Witches and PB&Js é o segundo EP dos The Sunflowers, banda que tocará dia 5 de setembro às 21h00 no Indie Music Fest. O EP começa com “Mama Kim”, o tema mais conhecido da banda, uma das músicas mais calmas que em nada prevê as restantes faixas. Segue-se “The Witch”, com bastante mais energia, e com bastantes traços de garage rock, trazendo à memória alguns trabalhos de Ty Segall. “I Saw A Ghost” e “ PB&J” utilizam um processo semelhante. Finalmente, chegando a “Scream”, uma canção que aparenta ser mais “negra” e pesada que as anteriores, mas que, no refrão, volta a mostrar alguns dos elementos caracterizantes das músicas anteriores. Ghosts, Witches and PB&Js apresenta-se como um EP jovem e energético. Para além deste EP, os The Sunflowers lançaram um primeiro homónimo e, recentemente lançaram o single “Charlie Can't Surf”. The Sunflowers é mais uma banda a não perder no Indie Music Fest.

Francisco Lobo de Ávila


Trust Found / self-released / outubro de 2013

Trust Found, lançado em 2013, é o álbum de estreia dos Eat Bear, banda que tocará dia 3 de setembro às 23h00 no Indie Music Fest. Trust Found saúda-nos com “Corona #1”, um tema completamente instrumental e um dos melhores deste disco, introduzindo-o da melhor maneira. Segue-se "Higher Place", já com vocais embora relativamente simples, e mantendo-se com muitos traços de post-punk, sentido em que “Corona #1” já apontava. Todas as outras faixas seguem a mesma receita, destacando-se em “As Wet As You May Bet” e “Trust Found” os refrões que são bastante “catchy”, ficando, facilmente, no ouvido. Trust Found é uma grande demonstração do talento da banda portuense, que conseguiu criar um álbum coeso e interessante no seu todo. Para além do seu álbum inicial, os Eat Bear, têm dois singles recentes “July”, “Skip/Off” e preparam um EP que, certamente, poderá ser conhecido no concerto do Indie Music Fest.

Francisco Lobo de Ávila