sábado, 24 de outubro de 2015

Reportagem: Trêsporcento + Madame Luci [Musicbox - Lisboa]


Na passada sexta feira fomos até ao MusicBox, Lisboa, assistir aos concertos de Trêsporcento e Madame Luci

Chegámos à sala lisboeta por volta das 22h45 e já estavam em palco os Madame Luci, quarteto formado por João Bicho na voz, Hugo Furtado na guitarra, Nuno Canina na bateria e Nuno Lacerda no baixo. Os Madame Luci nasceram em 2012 e caracterizam-se por uma sonoridade rock. A banda prepara-se para editar o seu primeiro EP, Cara, no início de 2016.

As músicas são cantadas em português e apresentam uma boa lírica, a fazer recordar Ornatos Violeta da fase Cão! ou uns TV Rural. O single “Embuste” foi o grande destaque do concerto, tendo sido a última música interpretada. O público ajudou a entoar o refrão, dançando ao som da bateria.

Trêsporcento + Madame Luci @ Musicbox, Lisboa

Por volta das 23h45, os Trêsporcento entraram em palco com casa quase cheia. A banda começou o concerto com o seu mais recente single “Aguentem-se fracos” , na qual o guitarrista e vocalista Tiago Esteves partiu uma corda da sua guitarra. Seguiram-se duas músicas mais conhecida, “Elefantes Azuis” e “Não Chegues Tarde”, do primeiro álbum editado pela banda em 2011, Hora extraordinária. O público já estava bem aquecido e foi altura de lançar mais um tema bastante recente editado este ano. Falamos pois de “Homem Novo”. O concerto foi prosseguindo com um público bem animado e bem sabedor das letras da banda lisboeta. Foi com “Quero Que Sejas Minha” que chegou o primeiro momento mais “punk” do concerto. Tiago pegou no microfone e à Yannis Philippakis (para quem não sabe, vocalista dos Foals) desceu do palco e decidiu partilhar este momento intenso com o público. Este foi certamente um dos momentos da noite. “Veludo”, talvez um dos temas mais conhecidos da banda, mostrou-nos uma faceta mais melódica e pop dos Trêsporcento, e o público mais uma vez correspondeu energicamente entre saltos e palmas, entoando o refrão. Parecia ser a última da noite mas a banda voltou para um encore. “Cascatas”, com a ajuda dos Madame Luci, foi outro dos pontos altos da noite, terminando da melhor maneira esta bela noite de sexta-feira.

Texto e fotografia: Rui Gameiro