segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Oiçam: Bruno Morgado



Bruno Morgado editou no passado dia 9 de Novembro o seu primeiro álbum de estúdio intitulado O Grande Phinal de Bruno Morgado mas já desde 2000 que o artista  está presente em discos editados pela FlorCaveira, como foi o caso de A Sessão Morgado-Úria-Guillul, onde se reuniu com Samuel Úria e Tiago Guillul



Só após 10 anos é voltámos a ouvir falar de Bruno Morgado no mundo da música, com o seu tema "Cança da Despedida" na colectânea nos "Novos Talentos FNAC". 

Em 2012, Bruno Morgado editou o seu primeiro trabalho a solo, o EP As Oportunidades Perdidas de Bruno Morgado, produzido por João Coração e editado também pela FlorCaveira, a qual foi também responsável pela antologia Introdução a Bruno Morgado (2013), disco óctuplo retrospectivo da sua obra.



O Grande Phinal de Bruno Morgado conta com Júlia Reis na voz em "Pra trás do Mar" e "Lá no céu", Nuno Damião na trompete em "Apocalípticas" e "E Agora", O Cão da Morte, Éme, Filipe Sambado na voz em "Se eu pudesse" e João Coração na percussão em "Apocalípticas", slide em "Chao Min", voz em "Se eu pudesse" e "Lá no céu". Foi gravado no estúdio de O Cão da Morte em Odivelas entre Setembro e Outubro de 2013 e produzido pelo próprio e João Coração.


Alinhamento do disco:
1-Apocalípticas
2-Se eu pudesse
3-Lá no céu (com Júlia Reis e João Coração)
4-Pra trás do mar
5-Levar-te-ei
6-Chao Min
7-Tu nasceste
8-Quando vieste do espaço
9-E agora...
10-So quero amar (Ao vivo no Chapitô)