sábado, 10 de janeiro de 2015

Vídeos da Semana #32


Esta semana há Rasputeen, The Afghan Whigs, Mirror Kisses, LVL UP e para recordar,
 BISPO. Tudo para ver em baixo.

1 - The Afghan Whigs - The Lottery


2 - LVL UP - "DBTS"


3 - BISPO - "Timeless Neon"


4 - Rasputeen - "Schweinerei"


5 - Mirror Kisses - "Keep A Secret"

+

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Calypso anunciam EP de estreia


Calypso é a nova banda de Jackson ScottSamantha Richman e Sheets Tucker. O trio divulgou recentemente o seu trabalho de estúdio, a sair em formato EP no final do ano e avançou igualmente a primeira amostra deste novo trabalho. "Isn't Now", traz um início à pos-punk, ganhando em segundos uma dimensão bastante mais grunge e lo-fi. A ouvir em baixo.

Oracle tem data de lançamento prevista para 27 de Janeiro pelo selo Atelier Ciseaux.


Oracle's Tracklist: 
1. Oracle 
2. Velvet Void 
3. Diablo Grins 
4. Psychoactive Basement Session #1 
5. Isn't Now 
6. Dichotomy

+

[Review] Mel Azul - Bonde do Esgoto

Bonde do Esgoto // Uivo Records // Outubro de 2014 
7.2/10

Formados em 2008, em São Paulo, os Mel Azul surgiram como uma banda de rock instrumental psicadélico, característica que influenciou os primeiros trabalhos de estúdio, nomeadamente o álbum de estreia Luz Alem (2012). Apesar de ser uma boa estreia, não só pelo facto de se tratar de um álbum instrumental e com arranjos musicais bastante interessantes, a banda ainda se encontrava numa fase experimental e este segundo álbum vem salientar isso mesmo. Fugindo às raízes instrumentais, Bonde do Esgoto podia ser facilmente visto como um álbum feito para trollar a indústria musical, não pela mudança brusca entre ambos os trabalhos, mas por este rock foda, termo cunhado pela própria banda, cujas letras falam por si.

Assim conjugando a electrónica ao rap, e inserindo muito rock psicadélico, a banda apresenta na lírica de "Essa É Pras Criança", não só um resumo do seu percurso ("começamos como uma banda instrumental, mas era só brisinha, não tinha vocal"), mas também uma introdução ao que se poderá ouvir ao longo das oito composições, ou seja, para aprendermos "como se faz". Agora, em formato 5 MC's de flows tão diversos e caóticos, o único pré requisito para audição do álbum, em análise, é o bom humor, na sua ausência, prosseguir na audição deste trabalho será tempo perdido. A menos que o leitor já se encontre medicado com "Erika".

Ainda numa introdução relativamente calma, "O Nome Dele é Garoto", apresenta-se como uma das faixas mais dançáveis do disco ao aproximar-se do seu fim. Os ingredientes na sua confecção são simples, e resultam numa das melhores faixas do álbum. "Chop", o single mais experimental do álbum é também o mais facilmente adaptável a qualquer ouvido. Numa sonoridade bastante acessível, aliada a uma boa produção, a banda consegue assim um single que serve para fazer uma pequena pausa à dose letal que este segundo trabalho de estúdio pode provocar. 

Em suma, Bonde do Esgoto marca uma sonoridade própria em Mel Azul, reflectindo assim, em formato LP, um retrato crítico da cidade nativa. Um álbum para ouvir nas noites onde o objectivo principal é "dar tudo".

+

Aphex Twin anuncia novo EP


Após o lançamento de SYRO em treze anos, parece  que o produtor Aphex Twin finalmente entrou em fase criativa e irá lançar um novo EP ainda no final deste mês, ironicamente um EP de 13 faixas, cuja tracklist pode ser consultada em baixo.

Computer Controlled Acoustic Instruments Pt. 2, é editado a 23 de janeiro, pela Warp Records. O EP segue ainda sem nenhuma música de avanço.

Computer Controlled Acoustic Instruments Pt. 2 Tracklist

1 - diskhat ALL prepared1mixed 
2 - snar2( WAP375CD ) 
3 - diskhat1 
4 - piano un1 arpej 
5 - DISKPREPT4 
6 - hat 2b 2012b 
7 - disk aud1_12 
8 - 0035 1-Audio 
9 - disk prep calrec2 barn dance ( s l o ) 
10 - DISKPREPT1 
11 - diskhat2 
12 - piano un10 it happened 
13 - hat5c 0001 rec-4

+

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Action Bronson vai lançar novo álbum

Depois do lançamento no ano passado do single “Easy Rider”, habemus data de lançamento para o novo álbum de Action Bronson.
Este vai chamar-se Mr.Wonderful e junto com o anúncio do mesmo, Action Bronson disponibilizou a data — dia 24 de Março deste ano — e mais um single, chamado
“Actin Crazy”.
Este álbum conta com ilustres da magnitude de Chance The Rapper
e da dupla Party Supplies. Podemos recordar este último pela colaboração com Action Bronson na sua mixtape de 2013 Blue Chips 2.

Deixamo-vos com o link para a “Actin Crazy” AQUI, e abaixo deixamo-vos com a 
“Easy Rider” — também ela parte de Mr.Wonderful — e com a tracklist do LP.



Mr. Wonderful Tracklist:

1. Brand New Car
2. When I Rise [ft. Big Body Bes]
3. Terry
4. Actin Crazy
5. Falconry [ft. Meyhem Lauren & Big Body Bes]
6. THUG LOVE STORY 2017 THE MUSICAL (Interlude)
7. A. City Boy Blues [ft. Chauncy Sherod]
8. B. A Light in the Addict [ft. Party Supplies]
9. C. Baby Blue [ft. Chance the Rapper]
10. Only In America [ft. Party Supplies]
11. Galactic Love
12. The Road
13. Easy Rider 

+

Useless Eaters em estreia na Galeria ZDB


Os punkers Useless Eaters anunciaram recentemente uma tour europeia que tem data de estreia e única, em Portugal, na Galeria Zé Dos Bois em Lisboa. O anúncio foi dado pela banda pelo facebook oficial e avança com a data de estreia na capital a estar agendada para 21 de Março. 

A banda californiana apresentará assim Bleeding Moon, álbum editado em 2014 pela Castle Face Records. A primeira parte do concerto será assegurada por Duquesa. Os bilhetes têm um preço de 8€.


+

To Kill A King anunciam novo álbum


Os To Kill A King acabam de anunciar um novo álbum, homónimo, sucessor de Cannibals With Cutlery (2013), a sair em Março. Juntamente com o anúncio, a banda avançou ainda com a tracklist bem como a cover art e "Love Is Not Control", o primeiro single de avanço do mesmo.

To Kill a King, foi gravado no Distillery em Wiltshire com o produtor Mark Crew. A data de lançamento prevista é no próximo dia 2 de Março pelo selo Xtra Mile.


To Kill a King's Tracklist:

1. Compare Scars 
2. Love is not Control 
3. Oh My Love 
4. Friends 
5. The Chancer 
6. School Yard Rumours 
7. Good Times (A Rake's Progress) 
8. Musicians like Gamblers like Drunks like Me 
9. Grace at a Party 
10. World Of Joy (A List of Things To Do) 
11. Today

+

Oiçam: Minus

Hugo Oliveira é o mentor por de trás do projecto portuense Minus, onde separa as suas duas metade criativas que tendem a unir-se com o tempo para expor o seu crescimento musical e pessoal: Minus na rima e MrDolly nos instrumentais, na mesma pessoa criaram em 2014 o álbum Árvores, Pássaros & Almofadas.
Os trabalhos anteriores no EP Distracções (em 2012) e no álbum colaborativo Passeio em Ollgoody’s denunciam um ouvido minucioso no corte e cose, ou seja, na usual técnica de sampling. Minus é capaz de desenvolver a sua linguagem duma forma mais aproximada àquilo que sente: nos dois últimos anos houve um esforço pessoal no sentido de progredir no processo de composição passando o seu tempo a aprender piano jazz, uma das ferramentas indispensáveis na sua nova forma de expressão.

De Beats, Rhymes and Life a Árvores, Pássaros & Almofadas, há um tributo à arte exploratória do Hip Hop num contexto social e pessoal, criando pontes rítmicas do boom bap aprimorado de J Dilla à nostalgia cinzenta do Porto.
Neste registo, Minus conta com a participação de novos nomes do Hip Hop nacional como Keso, Virtus, Logos, Blasph, Enigma e Activa Som. 
Podem ouvir Árvores, Pássaros & Almofadas na íntegra:

+

Os Lilacs & Champagne vão lançar trabalho novo

Lilacs & Champagne, o projeto de Emil Amos (Grails, OM) e Alex Hall (Grails) juntam-se mais uma vez depois da edição do EP Midnight Features Vol.1: Shower Scene no ano passado para lançar o vindouro LP Midnight Features Vol. 2: Made Flesh.


As sonoridades do duo tomam como ponto de partida as batidas mais cruas do hip hop, conjugadas com sonoridades retiradas do psicadelismo europeu, emissões de rádio e bandas sonoras de filmes obscuros. 
Esse legado continua em Midnight Features Vol. 2: Made Flesh e 2015 (a julgar pelo single de abertura“Roses & Kisses”) parece ser o ano da consagração da dupla.
Dia 17 de Março deste ano é a data de lançamento prevista para Midnight Features Vol. 2: Made Flesh.


Abaixo deixamo-vos a tracklist do vindouro LP e aqui fica o "single Roses & Kisses":

Midnight Features Vol. 2: Made Flesh Tracklist

1. Roses & Kisses
2. Made Flesh
3. Longjohn's Lust
4. All The Room
5. Case Closed!
6. Playin' With Paul
7. Peril
8. Midnight Creeper II
9. Dreaded Stranger
10. Euro Blow
11. Burning Sensation
12. Wringing Hands
13. On Hold

+

O Heems vai lançar um álbum a solo

Depois dos Das Racist e da mixtape Wild Water Kingdom, Heems prepara-se para seguir o caminho do seu ex-companheiro Kool A.D. e vai lançar-se nas edições a solo, 
estreando-se com o LP Eat, Pray, Thug



O álbum tem data de lançamento prevista para o dia 10 de Março deste ano e conta com colaborações de ilustres como o produtor Harry Fraud e a guitarra de Dev Hynes, conhecido pelo seu trabalho nos Blood Orange.
Abaixo, deixamo-vos o single “Sometimes” que podem encontrar no Eat, Pray, Thug e algumas palavras que Heems usou para descrever o mesmo via Pitchfork:


"Sometimes" is about dualities, identity and the space between spaces. Like so many other people, as a first generation South Asian in the U.S. I often felt like I lived two lives, an Indian one and an American one. I lived, at once, in and between two spaces and outside them as well. On another level, I also often felt like in America I lived in the space between black and white. Dualities are normal though. As fun as rap is, I can't always feel happy. Sometimes I feel sad too. It also pays homage to hip-hop before me with cadences referencing both Nice and Smooth and Busta Rhymes.



+

Os Swervedriver vão lançar um álbum novo

Os Swervedriver, banda seminal do movimento Shoegaze vai lançar um novo longa duração, de nome I Wasn’t Born to Lose You.


Foi em 1998, com a edição de 99th Dream que começou a pausa de 17 anos dos Swervedriver nas edições. Essa pausa dava sinais de acabar em 2012 com a aparição do coletivo no Late Nights With Jimmy Fallon e a divulgação do single “Deep Wound” em 2013.
Ah, e eles vieram ao Reverence Valada o ano passado.


O lançamento de I Wasn’t Born to Lose You está previsto para dia 3 de Março deste ano.
Abaixo fica a tracklist do novo LP e AQUI fica o link para o novo single “Setting Sun”.

I Wasn’t Born to Lose You Tracklist:

1. Autodidact

2. Last Rites
3. For a Day Like Tomorrow
4. Setting Sun
5. Everso
6. English Subtitles
7. Red Queen Arms Race
8. Deep Wound
9. Lone Star
10. I Wonder?



+

HINDS é novo nome das antigas Deers


Deers, a banda feminina de Madrid viu-se obrigada a mudar de nome para evitar ser confundida com a banda de Montreal, Dears. O resultado sucedeu-se devido ao recebimento de um email de um advogado dos Dears, sendo que ontem, 7 de Janeiro, a banda passou oficialmente a ser reconhecida pelo seu novo nome, Hinds. 

Em comunicado a banda avançou "Recebemos um e-mail de um advogado canadense a dizer que o nosso nome criou confusão com o nome da sua banda. E esse nome não é mesmo Deers (LOL). Nós tentamos o nosso melhor, realmente, mas não temos escolha. Então ... Ok !!! Vamos levar isso com um sorriso !!!! "



+

Os The Body e os Thou fizeram uma cover dos NIN

Os The Body, a dupla de metal experimental que o ano passado colaboraram com o Haxan Cloak em I Shall Die Here, juntaram mais uma vez forças com os Thou (já tinham andado em tour com eles em 2014 e, nesse mesmo ano, lançaram em conjunto o EP Released from Love).


Este novo trabalho é um longa duração de nome You, Whom I Always Hated.
A música divulgada é uma cover da “Terrible Lie”, faixa original dos NIN, tirada do seminal Pretty Hate Machine.

Nesta cover, o industrial fica ainda mais pesado (culpa dos the body que, curiosamente, são apenas dois homens) e mais sujo (os Thou portam toda a força, crueza e sujidade do sludge característico do sul dos EUA).
27 de Janeiro é a data prevista para o lançamento de 
You, Whom I Always Hated.
Esperemos por mais.

+

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

dB + PZ editam vinil de 7'' de single duplo


"Cara de Cheebacca" é um single editado, agora, em vinil que representa a maturação física de um amor que começou no Youtube, através do videoclip realizado pelo próprio PZ, e que atingiu as 500.000 visualizações. Desta colaboração entre dB e PZ resultou entretanto, uma nova música que representa o Lado B deste vinil de 7 polegadas.

"Tu És A Minha Gaja" é o nome do single cujo trabalho audiovisual saiu no passado dia 1 de Janeiro. Esta edição representa o primeiro lançamento da editora Meifumado numa sonoridade mais old-school dos beats protagonizados por dB numa lírica non-sense de PZ.



dB + PZ "Cara de Chewbacca" (Vinil 7") 
Lado A - Cara de Chewbacca Lado 
B - Tu És A Minha Gaja

+

Jacco Gardner, Mount Kimbie entre outros no Musicbox Lisboa


O Musicbox avançou com uma programação para 2015, que, embora ainda não completa já deixa os olhos de muitos fãs da música com o brilho no canto. Entre os nomes em destaque encontra-se a dupla Mount Kimbie que se apresentará na noite de 24 de Janeiro em formato DJ Set. No mesmo dia estreiam-se em palcos nacionais Cristobal and the Sea. Segue-se posteriormente Slow Magic, a 7 de Feverreiro em apresentação de How To Run Away, e posteriormente o já habitual Jacco Gardner, a 16 de Maio.

Durante o respectivo mês de Janeiro a sala continua a promover concertos, tendo amanhã início "o primeiro" onde Coelho Radioactivo, em apresentação do novo disco, Canções Mortass e Moxila . Ainda durante o mês, o Tradiio levará à sala lisboeta MGDRV, Darksunn, Imploding Stars e Toulouse, nos dias 14 e 21 de Janeiro.  A somar à programação, os portugueses HHY & Macumbas que, a 17 de Janeiro, apresentarão The Throat Permission Cut. A 31 de Janeiro o MusicBox vê o mês encerrar com a presença de Falty DL.

Em Março é ainda possível contar com três concertos dos Linda Martini entre 26 e 28 de Março em mote da reedição dos seus trabalhos de estúdio.

+

The White Stripes anunciam disco ao vivo


Apesar de já não se encontrarem em actividade, parece que os The White Stripes continuam a gostar de surpreender os fãs e acabam assim de anunciar a edição de um disco gravado ao vivo. Em mote, a comemoração dos dez anos da tour Get Me Behind Satan

Under Amazonian Lights, que trará a apresentação de 2005 no Teatro Amazonas (Brasil) será editado em formato duplo vinil e DVD, e embora ainda não esteja  disponível nas lojas, é possível obtê-lo através de uma assinatura no site da Third Man Records, ou aqui.



Under Amazonian Lights's Tracklist:

1. Blue Orchid 
2. Dead Leaves and the Dirty Ground 
3. Black Math 
4. Lovesick Blues (Bob Dylan cover) 
5. My Doorbell 
6. Passive Manipulation' 
7. Hotel Yorba 
8. The Same Boy You’ve Always Known (electric) 
9. The Same Boy You’ve Always Known (acoustic) 
10. Little Ghost 
11. When I Hear My Name 
13. I Asked For Water (Howlin Wolf) 
13. Fell in Love With a Girl 
14. The Nurse 
15. Little Bird 
16. Death Letter (Son House) 
17. St. James Infirmary (traditional) 
18. Screwdriver 
19. Passive Manipulation (reprise) 
20. I Just Don’t Know What to Do With Myself 
21. (I’ll Be With You) In Apple Blossom Time (Albert Von Tilzer/Neville Fleeson) 
22. I Just Don’t Know What to Do With Myself 
23. Seven Nation Army

+

STREAM: Jacketx - 1zero1zero

Jacketx, projeto  de Francisco Lima, que subiu recentemente aos palcos da última edição do Cosmic Mess, acaba de editar o seu primeiro trabalho de estúdio gravado ao vivo. Lançado como factor surpresa, o álbum vem assim antes de Colateral, o novo trabalho do artista que segue ainda sem data de estúdio avançada.

Gravado no Matadouro, 1zero1zero, segue assim o conhecido SeaFuzz (2014), e abre-nos portas para um ambiente bastante atmosférico e mais calmo relativamente aos trabalhos anteriores, e respectivas apresentações ao vivo. A ouvir na íntegra, em baixo.


+

Linda Martini reeditam em Março os seus primeiros trabalhos

Boas notícias para os fãs de Linda Martini!
A banda vai reeditar em Março todos os trabalhos anteriores ao mais recente Turbo Lento. Estas reedições têm o intuito de dar aos mais recentes fãs a oportunidade de adquirir os primeiros EPs e álbuns, frequentemente esgotados devido a 
As três reedições são:
1- Linda Martini (2005) + Marsupial (2008) , em formato vinil duplo
2-Olhos de Mongol (2006) , em formato Cd e Vinil
3-Casa Ocupada (2010), em formato Cd e Vinil

Para comemorar essas reedições, estão agendados 6 concertos:
19 Março - Teatro Vila Real, Vila Real
20 Março - Teatro Municipal da Guarda, Guarda
21 de Março - Teatro Aveirense, Aveiro
É a primeira vez que a banda toca nestas cidades. 

Os outros três concertos realizam-se no MusicBox, Lisboa, e cada um deles é dedicado a uma das reedições.
26 Março - MusicBox, Lisboa - Linda Martini Marsupial 
27 Março - MusicBox, Lisboa - Olhos de Mongol
28 Março, MusicBox, Lisboa - Casa Ocupada
Os bilhetes diários para os concertos no MusicBox custam 10€.

+

The King Khan & BBQ Show voltam a juntar-se e anunciam novo álbum – Bad News Boys



Se existiam rumores de turras entre King Khan e MarkSultan (BBQ), estão neste momento bem esquecidos e, quaisquer mal entendidos entre o duo, bem enterrados. Seis anos deverão ter curado mágoas e proporcionado um bom banho-maria para novas malhas. Bad Boys News é o 4º álbum da banda, sucessora de Invisible Girl (2009), com data de lançamento marcada para 24 de Fevereiro, pela In The Red Records – uma vez mais. Acreditamos que a recente tour com os Black Lips tenha servido como uma injecção enérgica e revigorante para um novo retorno.

O novo single – “Alone Again” – já pode ser ouvido no SoundCloud.

 Aqui fica o alinhamento do álbum:

01 Alone Again
02 Illuminations
03 Kiss My Sister's Fist
04 Buy Bye Bhai
05 D.F.O.
06 We Are the Champion
07 When Will I Be Tamed?
08 Ocean of Love
09 Snackin' After Midnight
10 Killing the Wolfman
11 Never Felt Like This
12 Zen Machines

+

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Motorama mostram novo single de 'Poverty'


Em Novembro os russos Motorama anunciaram o seu regresso aos trabalhos de estúdio com Poverty, sucessor de Calendar (2012), mostrando igualmente o primeiro single de avanço, "Dispersed Eneregy", com um retorno notável às raízes do post-punk presentes no seu primeiro EP. 

Desta vez, a banda apresenta "Heavy Wave", segunda amostra deste registo que pode ser ouvida em baixo. Poverty tem data de lançamento agendada para 26 de Janeiro pelo selo francês Talitres.


Poverty's Tracklist:

1. Corona 
2. Dispersed Energy 
3. Red Drop 
4. Heavy Wave 
5. Impractical Advice 
6. Lottery 
7. Old 
8. Similar Way 
9. Write To Me

+

STREAM: Aesop Rock - Cat Food EP


Aesop Rock está de volta com um novo EP, que na volta não é bem novo. Cat Food EP tem Dezembro como mês de edição, tendo sido lançado em formato vinil de 7 polegadas, no entanto, o seu formato digital só chegou esta semana à internet. O EP tem o formato de duplo single e pode agora ser ouvido na íntegra, em baixo.

+

Norberto Lobo e Nuno Prata em Janeiro na ZDB


A Galeria Zé dos Bois apresentou a sua programação de Janeiro que contará com nomes como Norberto Lobo e Nuno Prata (Ornatos Violeta), que se juntam a Plume, Tratado de Cardiew e à novo edição do Sonic Scope Festival

Parece que por mais prosa e poesia que surjam em redor de Norberto Lobo a sua arte reservará sempre uma epopeia maior do que alguma vez possamos imaginar. Deste modo, dia 15 de Janeiro, Norberto Lobo dirige-se à Igreja St. George onde irá apresentar o seu novo registo Fornalha, um dos nossos discos de 2014. Por fim a 30 de Janeiro, Nuno Prata, baixista dos Ornatos Violeta sobe ao palco em apresentação do seu novo homónimo disco.

A programação completa segue em baixo, juntamente com os respectivos preços de entrada.

Sábado, 10 às 22h 
Tratado de Cardew (PT) 
Plume (PT/SE)  
Entrada: 6€ | livre a sócios

Quinta, 15 às 22h na Igreja St. George
 Norberto Lobo (PT) 
Entrada: 10€

Sexta e Sábado, 23 e 24 às 22h 
Sonic Scope Festival 2015 
Entrada: 6€/dia || 8€/passe

Sexta, 30 às 22h 
Nuno Prata (PT)
Entrada: 8€


+

[Review] Death Grips - Fashion Week

Fashion Week // Self Released // Janeiro de 2015 
8.4/10

Os Death Grips, dupla controversa que teria dado o seu fim, supostamente, em Julho de 2014, parece estar de regresso não só pela edição da segunda metade do álbum duplo The Powers That B, mas também pelo inédito Fashion Week, o último álbum do duo, lançado como factor surpresa. Fashion Week marca o regresso dos Death Grips aos trabalhos de estúdio, e inicia-os a uma musicalidade mais facilmente mastigável para os não fãs mostrando igualmente uma fase instrumentalista aos conhecedores dos seus anteriores trabalhos. Em formato catorze canções, onde os nomes dos singles se repetem e têm em comum o início "Runway", a dupla que junta o baterista Zach Hill ao produtor Andy Morin coloca-nos perante um ambiente mais chill out, ainda que numa produção bastante arrojada. Ideal para passar naquela noite cujo principal objectivo é dançar.

"Runway N", no seu formato single número quatro da tracklist, pode ver-se como aquele que seria o excelente single de avanço. O que  acontece aqui, antes de se prosseguir para as anteriores "Runway J", "Runway E" e novamente "Runway N". A distorção constante ao longo do single, com amostras da electrónica daft punkiana da primeira década do séc.XXI, serve como introdução ao presente álbum. Ainda nesta introdução é possível denotar as reverberadas semelhanças de "Runway J" com o single "This Is Violence Now (Don't Get Me Wrong)", a prova de que os Death Grips são uma das melhores bandas da actualidade. Tudo através da fórmula que preserva na base a sua tradicional sonoridade, acrescentando-lhe apenas novos detalhes.

Apresentar cada single deste álbum acabaria por reduzir esta crítica a uma monotonia da viagem que Fashion Week nos provoca, talvez porque também o leitor acabaria por se perder na "trip" que resulta ao ouvir este trabalho na íntegra. Sem mais a acrescentar, é no fundo importante levar como trabalho de casa, a análise por detrás da cover art e a mensagem reproduzida instrumentalmente nas catorze faixas deste novo trabalho.

"JENNY DEATH WHEN" tem, em suma, uma mistura incrível de sonoridades, intrínsecas e extrínsecas, que lhe promovem o seu aspecto do "fruto proibido". A verdade é que até ele própio acabou por se tornar isso mesmo, ao longo das suas audições constantes: o primeiro álbum de 2015 a levar o rótulo de "disco do ano".

+

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

STREAM: Death Grips - Fashion Week


Os Death Grips disponibilizaram para download gratuito Fashion Week, o novo álbum da dupla que segue as linhas do instrumental e que sai de forma surpresa, logo após o anúncio da edição do mais recente álbum duplo The Powers That B, a 10 de Fevereiro.

Fashion Week tem catorze faixas, e pode ser ouvido e baixado em baixo.


+

KELUAR são a nova confirmação do Entremuralhas


Depois de terem sido revelados, na semana passada, os italianos Ash Code como o primeiro nome da edição de 2015 do festival gótico Entremuralhas, a organização avançou hoje com mais um nome, Keluar, duo composto pela londrina Alison Lewis (Linea Aspera) e pelo alemão Jonas Förster. Na bagagem trazem o EP Vitreum e o álbum homónimo, ambos editados em Junho do ano passado.



A sexta edição do Entremuralhas decorre este ano entre os dias 27 e 29 de Agosto no habitual castelo de Leiria. Os preços ainda não são conhecidos.




+