quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Paper Beat Scissors atuam n'O Meu Mercedes a 12 de fevereiro


Paper Beat Scissors, projeto de Tim Crabtre, vem a Portugal pela primeira vez para mostrar o seu mais recente trabalho Go On, editado no ano passado.

Depois de se mudar para o Canadá, não foi difícil destacar-se, tendo imediatamente chamado a atenção do produtor Michael Fuerstack (Snailhouse, Bell Orchestre, the Luyas) e de Jeremy Gara (baterista dos Arcade Fire) que, respectivamente produziram e misturaram o álbum de estreia de Paper Beat Scissors. Seguiram-se inúmeros concertos pelo Canadá e pela Europa, nos quais partilhou o palco com nomes como Mark Kozelek, Owen Pallett, Tanya Tagaq, Great Lake Swimmers ou Dan Mangan.

Tim Crabtree abraça o cântico como se só para isso tivesse nascido. Quando o escutamos, não pedimos aos olhos para se fecharem. Há algo, ali, que facilmente nos leva a concentrar-nos na sua voz. Há qualquer coisa, ali, que mexe para além do que ouvimos e deixamos-nos convencer. Naquela voz mora a flor do olhar, o bem das coisas que sentimos no peito. Um aviso perfeito que à flor da pele se estaciona descaradamente pelas artérias.



Os bilhetes custam 5€ e o concerto tem início às 22h30, ficando a cargo da Festa Productions. O projecto passará ainda pelo Club de Vila Real, no dia 13.