quinta-feira, 17 de março de 2016

Quentin Sirjacq com dois concertos em Portugal


Quentin Sirjacq estreia-se a solo em Portugal com a apresentação do novo álbum Far Islands and Near Places amanhã no Salão Brazil, em Coimbra. No dia seguinte, 19 de março, ruma até Lisboa onde atuará no O Bom O Mau e O Vilão. O concertos têm início marcado para as 22h30 com os bilhetes a custarem 7€ no dia do concerto e 6€ até lá.

Quentin Sirjacq revela no seu piano a harmonia entre o clássico, a experimentação de ritmos modernos e o minimalismo. A conjugação da melancolia de Erik Satie com o transe minimalista de Steve Reich e a ascensão rítmica de Philip Glass resulta na originalidade das composições do pianista parisiense. 

O francês surgiu no circuito avant-garde em Amesterdão depois de completar os estudos no Royal Conservatory of the Hague, na Holanda, actuando por diversas vezes com o guitarrista avant-rock, Fred Frith, que o levou a estudar composição no Mills College, em Oakland, Califórnia. O seu talento e destreza culminaram em concertos com grandes nomes da música experimental, como Joëlle Léandre e William Winant.