sexta-feira, 8 de abril de 2016

IndieLisboa apresenta documentários sobre Janis Joplin, Parkinsons e Sharon Jones


O IndieLisboa tem uma programação bastante apelativa para os fãs da música. Trata-se do IndieMusic que este ano explora temas sobre música, juventude, resistência, drogas, alucinações, doença, caos e morte com documentários de artistas como Janis Joplin, The Parkinsons e Sharon Jones.

O caos selvagem dos The Parkinsons, que os levou tão rápido até à ribalta quanto os devorou por dentro, chega-nos em imagens e sons inéditos reunidos no documentário de Caroline Richards - A Long Way to Nowhere que é exibido a 22 de abril, sexta-feira, às 21h15, no Cinema São Jorge. A realizadora estará presente na sessão. Os The Parkinsons - banda punk de Coimbra - atuam depois da sessão no âmbito do IndiebyNight, a partir das 23h00, na Taberna das Almas.

Janis Joplin revela-se, além-túmulo, num conjunto de cartas que enviou a pais, amigos e colaboradores. Em Janis: Little Girl Blue a ser exibido às 21h30 do dia 22, no Cinema São Jorge. As palavras secretas de Joplin são lidas por Cat Power sobre imagens da “rainha do rock and roll”. 


Miss Sharon Shones, a ser exibido dia 26, às 21h45, é o documentário mais recente da oscarizada Barbara Kopple. Trata-se da história inspiradora da vocalista dos The Dap-Kings - Sharon Jones - que luta contra um cancro no pâncreas enquanto procura usufruir do sucesso que lhe escapou ao longo da vida.

A pop electrónica portuguesa é olhada (e ouvida) em Tecla Tónica dia 30 de abril, sábado, às 21h30, na Culturgest, o mais recente filme de Eduardo Morais. Este filme alicerça-se em intervenções preciosas de alguns notáveis, tais como DJ Vibe, Vítor Rua ou José Cid. A festa de encerramento do festival, que regressa à garagem da Culturgest, às 24h00 do mesmo dia traz Ghost Hunt, W.A.S.T.E. Club, Nunchuck DJ set e Lena Huracán VJ set no cartaz.

A programação completa do IndieMusic encontra-se aqui; a do  IndiebyNight pode ser consultada aqui.