terça-feira, 17 de maio de 2016

Reportagem: Favela Au Lait #33 [Café Au Lait - Porto]


Nesta semana (há duas semanas) o Favela Au Lait trouxe um trio de música experimental que, apesar de se ter juntado há pouco tempo, tem bastante importância graças aos seus constituintes: Alex Zhang Hungtai, mentor do projecto Dirty Beaches, David Maranha e Gabriel Ferrandini, que contam com várias colaborações com enormes músicos nacionais e internacionais.

Antes do concerto começar a cave do Café Au Lait já se encontrava cheia. No inicio os três músicos tocaram apenas instrumentos de percussão. Ocasionalmente Alex Hungtai juntava à mistura musical, impossível de causar indiferença, o seu saxofone ou a sua voz, mantendo, assim, o ritmo alucinante que todo o concerto teve. A energia dos instrumentos era transmitida para o público e para o ambiente, ficando um calor quase insuportável na cave. O melhor momento do concerto foi uma, provável, invocação da Patty Smith quando Alex agarrou o microfone e começou a cantar "Horses, Horses, Horses[...]Horses". O concerto durou cerca de 40 minutos e apesar de difícil de classificar ou definir foi excelente principalmente devido à sinergia entre os músicos e à enorme demonstração da qualidade dos mesmos. 





Pouco depois entraram em palco os Vozzyow, uma banda que mal conhecia (apenas sabia que tinham sido confirmados no Milhões de Festa 2016). Foi a estreia da banda galega em território português e, apesar de já estar menos público, a sala ainda se encontrava bastante composta. O segundo trio da noite tinha um género bem definido e bastante diferente do que se tinha ouvido anteriormente, punk-rock. Pouco ou nada o concerto anterior tinha preparado para esta continuação, guitarradas que lembram claramente Rage Against The Machine e uma voz com alguma distorção à qual não é dada grande importância porque, tal como a banda me disse posteriormente, "o foco são os instrumentos". Era possível perceber a importância que este concerto estava a ter para a banda, o seu primeiro fora de Espanha, pois todas as pausas existentes foram dedicadas a agradecer aos presentes.

Setlist:
Infusion
Al igual sufres tu mucho Chopin

Las magnificas aventuras de Lord Tuges el autentico hijastro

Calorias
Severo revés
Bócio
Dadoobos
Fagot si
Pelo peligro
El Pueblo


Depois do concerto ainda tive oportunidade de falar, mesmo que com alguma dificuldade pois o meu espanhol não é o melhor, com a banda. Mostraram-se entusiasmados em relação ao concerto no Milhões de Festa 2016 e disseram querer ver El Guincho e GOAT, neste mesmo festival. Também mencionaram um novo EP, a sair em setembro, Phil Collins' Boys EP. Mais uma vez fui sem saber o que esperar dos concertos do Favela Au Lait e fui surpreendido pela positiva. Esta quinta-feira será a sua 35ª edição e contará com Tomba Lobos, HHY & Favela e Disco Transistor.