domingo, 22 de maio de 2016

Reportagem: Messer Chups + The Japanese Girl [Sabotage Club - Lisboa]


Foi na semana passada, dia 13 de maio, que os Messer Chups vieram a Lisboa num sábado para encerrar a festa de aniversário do Sabotage Club. A noite estava amena, depois de umas semanas de temporal continuo, o verão finalmente já nos espreitava pela porta nesta última noite de festejos. O ambiente era o que se podia esperar no terceiro aniversário desta casa lisboeta, o Sabotage ia-se enchendo à medida que o tempo ia avançando, os que entravam iam aproveitando a sua imperial grátis, aproveitando para falar e socializar um pouco antes dos concertos. Foi neste clima relaxado que os portuenses The Japanese Girl subiram ao palco, onde vieram abrir a noite com algumas das malhas do seu álbum de estreia, Sonic-Shaped Life, que foi editado a novembro do ano passado. Com uma sonoridade entre o psych e o garage, a banda ofereceu aqui um bom concerto de abertura, onde reinaram guitarras hipnotizantes e uma bateria magnética, em que o público respondeu bem e de certeza não ficou desapontado.


The Japanese Girl

O Sabotage ia-se enchendo cada vez mais, lá dentro predominava aquela sensação que a festa ainda mal tinha começado, o que ficou comprovado quando os Messer Chups entraram em palco e iniciaram mais um concerto na nossa capital. A banda multinacional, isto pois tem membros da Rússia e da Alemanha, veio a Lisboa dar o terceiro concerto da sua passagem por Portugal, tendo ainda passado por Faro no dia seguinte.


Messer Chups

Acompanhados por um filme com zombies e raparigas nuas projectado na parede, os Messer Chups tocaram algumas das músicas dos seus dois últimos álbuns, Spooky Hook e The Incredible Crocotiger, ambos editados em 2015. A festa neste concerto atingiu o seu auge, o público mais solto juntava-se à frente do palco para dar uns bons passos de dança, alguns já com uns copos em cima, mas o que é completamente normal, pois faz tudo parte de uma festa de aniversário desta casa do Cais, que tão bem nos tem tratado nos seus 3 anos de existência. E foi neste ambiente enérgico que o concerto foi rumo ao fim, a banda ainda tocou 'Magneto', do álbum The Incredible Crocotiger, onde ainda houve espaço para um pequeno moshpit, e depois de um encore que sucedeu devido aos pedidos do público, os Messer Chups encerraram aqui esta excelente festa de aniversário, que teve todo o mérito do Sabotage Club.


Texto: Tiago Farinha
Fotografia: Carolina Colaço Pereira