segunda-feira, 6 de junho de 2016

Concerto para o (Des)envolvimento acontece esta quarta no Porto


Miguel Araújo, VIA, Diogo Brito e Faro, HK & Friends e Meninos do Coro, serão os artistas do concerto solidário organizado pelos Leigos para o Desenvolvimento, que acontece no próximo dia 8 de junho, às 21h30, no auditório do Seminário de Vilar, no Porto. Para que o envolvimento se transforme em desenvolvimento! 

Os Leigos para o Desenvolvimento (LD), são uma Organização Não-Governamental de Cooperação para o Desenvolvimento (ONGD). Hoje conta com projetos em Angola, Moçambique, S. Tomé e Príncipe e Portugal. O próximo dia 8 de junho, será uma noite a cantar pelo Desenvolvimento. 

Pelas 21h30, no Seminário de Vilar, no Porto, ecoarão as vozes pelo envolvimento de todos por uma causa que já faz história há 30 anos. Os bilhetes estão à venda na ticketline e parceiros habituais, bem como no CREU no Porto, a partir de 15 €. 

Os fundos angariados com o concerto vão apoiar as 5 missões e 18 projetos que os Leigos para o Desenvolvimento têm em curso.


Miguel Araújo 
Tripeiro de gema, Miguel Araújo é cantor, músico e compositor. Dispensa apresentações: nos ouvidos dos portugueses ecoam “Os Maridos das Outras”, “Capitão Fantástico”, "Fizz Limão" ou “Balada Astral” entre tantas outras. Nesta noite, junta-se a esta causa para apoiar as missões dos Leigos para o Desenvolvimento 2016/2017. 

VIA 
De quatro portuenses bons amigos nasceu este projeto de originais. Simples mas versáteis, o seu lema é não fugir ao que é tradicional e musical e a, sempre que possível, produzir um efeito positivo nas pessoas que os ouvem. 

Diogo Brito e Faro 
Piano, guitarra, letra e voz, descreve-se como artista que canta “Pop e Blues misturados com vinho do Porto e letras em Português”. Seguindo influências musicais diversas, associa os sons de Jimi Hendrix, João Gilberto, John Mayer, Chet Baker, e tantos outros, a esta causa nobre.

HK & Friends 
HK de Helena Kendall, esta jovem compositora e cantora dá corpo a este projeto. Jovens recém-lançados no mundo musical, abraçam o desafio do envolvimento por todos, nesta noite solidária. 

Meninos do Coro 
Ainda no século XX, a pedido de amigos e conhecidos que não queriam casar sem coro, nasce o projeto. Nessa altura, 4 amigas, uma guitarra, um djembê, vontade e à-vontade para cantar. Hoje em dia são mais de 30 e já mais de 100 pessoas passaram pelo projeto. Todos gostam de música e de a levar às pessoas e é por isso que aceitam o desafio de fazer parte do mesmo banco de músicos que são Os Meninos do Coro.