sexta-feira, 17 de junho de 2016

Milhões de Festa - Expectativas #2


Depois de começarmos a mostrar nomes do cartaz, esta semana, vamos tentar conhecer um pouco melhor a cidade que acolhe o festival dos dias 20 a 24 de Julho. A cidade de Barcelos, que recebe já o festival pela décima vez, faz parte do distrito de Braga e tem cerca de 20000 habitantes actualmente. É conhecida por ser a cidade que nos deu o pai do teatro português, Gil Vicente e também por ser a terra do Galo de Barcelos. A existência de Barcelos remete, como em muitos documentos se pode ler, para o ao de 1177 com o rei D. Afonso Henriques.

Após este momento de conhecimento e história, passamos a apresentar mais nomes que farão a festa este ano:

Dan Deacon 



O compositor de música electrónica Dan Deacon já é um conhecido do público português e poderá dizer-se também um grande apreciador deste país de praias e sol. Após a sua primeira passagem no Serralves em Festa de 2009, o artista passou em 2015 pelo NOS Primavera Sound, onde o clima de festa foi instalado instantaneamente no Parque da Cidade deixando o público em êxtase. De recordar é também a passagem pelo Festival Tremor, nos Açores neste mesmo ano.

E no Milhões de Festa? O que esperar deste senhor? Muita diversão, muita dança, muitos sorrisos, não fossem os seus álbuns Gliss Riffer e America álbuns que deixam qualquer um a dar uns passos de dança.

Um artista a ter em atenção este ano graças ao seu poder de cativar a audiência.


THE HEADS



De Bristol para Barcelos numa viagem de stoner rock, os The Heads vêm preparados para deixar o público como a voz na primeira faixa “Legavaan Satellite” do álbum Everybody Knows We Got Nowhere nos diz: vão dar-nos uma verdadeira lição de como unir todos os nossos membros, como estar com o corpo verdadeiramente relaxado ao som de um rock duro, pesado.

São uma banda já antiga mas não estão para velhos. Um dos pesos pesados da música londrina e com álbuns com tendências para o rock psicadélico e stoner rock, The Heads conseguem ser também pesos pesados desta edição do festival Milhões de Festa.


Sun Araw



Prometendo levar qualquer um aos trópicos surgem os Sun Araw, uma banda com ritmos muito tropicais, calmos, que nos fazem lembrar jogos de uma consola antiga. Sempre muito dentro da experimentação, como um cientista no laboratório, é importante também notar algumas influências na sua música dos géneros afro-beat até ao krautrock.

Este ano a banda composta por Cameron Stallones e Alex Grey tem residência artística em Portugal, no gnration onde estão a trabalhar como Sun Araw BandNo Milhões de Festa entraremos na consola e jogaremos todos com uma banda sonora galáctica, que nos levará certamente a outro nível.


Nídia Minaj



Um dos nomes mais conhecidos na noite de Lisboa, Nídia Minaj será talvez a revelação mais recente a actuar neste festival. Com apenas 19 anos, Nídia já conta com o apoio da discográfica electrónica Príncipe Discos, que tem como caras DJ Marfox e ainda o DJ Niggafox, e com um EP de estreia Danger.

A artista conta com passagens em aclamados eventos da música electrónica como o Boiler Room e promete mostrar o que faz a noite lisboeta mexer, desta vez no Milhões de Festa.