quarta-feira, 8 de junho de 2016

[Review] French Sister Experience Records & Company - 1. Un


1. Un // French Sister Experience Records & Company // maio 2016
7.5/10

A French Sister Experience Records & Company editou no passado dia 15 de maio a sua primeira compilação 1. Un. Conta com a presença de quatro projetos desta comunidade: Panado, Tomás Gomes, Môno! e Alex Chinaskee, sendo que cada um tem direito a dois temas nesta compilação. 

Começemos então pelos Panado, banda de “roque felino”, que nos mostram as enérgicas “D.João” e “Charopes”. Trio composto por guitarra, baixo e bateria, cantam em português e apresentam uma sonoridade indie rock experimental, construções rítmicas poderosas e uma técnica bastante avançada para quem só ainda tem dois temas editados. Isso é facilmente verificável nas suas atuações ao vivo elétricas e espontâneas. 

O senhor que se segue é Tomás Gomes e o seu psicadelismo lo-fi. Em “Arabic Soul” os teclados têm um papel dominante e uma sonoridade arábica, fazendo jus ao seu nome. Por sua vez, “Old City” destaca-se pela sua simplicidade e pelos riffs alegres a la Real Estate, que aparecem a meio da música. 

Môno! é talvez o projeto que mais foge à sonoridade dos restantes – uma mistura de rock alternativo com stoner e psicadelia, que no final de contas não se torna muito memorável. A banda editou já em 2015 o primeiro EP homónimo

Por fim, falo de Alex Chinaskee, projeto a solo de Miguel Gomes. Compõe canções para "relaxar, mochar, dançar e tripar" e o seu primeiro EP, Campo, editado em março, é a prova disso. A sua sonoridade lo-fi envolvida em psicadelismo e experimentalismo está bem patente no tema “Sonhos Loucos”. 

Em suma, esta compilação mostra-nos projetos experimentais interessantes, cantados em português e com boa margem de progressão. Fiquem atentos a mais novidades destes senhores. Enquanto esperam, podem ir à festa oficial do lançamento desta compilação, no Sabotage Club a 15 de junho. Todas as informações disponíveis aqui.