terça-feira, 16 de agosto de 2016

Bruno Pernadas apresenta nova música "Anywhere in Spacetime"


Bruno Pernadas maravilhou-nos em 2014 com o seu excelente álbum de estreia How can we be joyful in a world full of knowledge, sendo bastante reconhecido pela crítica nacional como um dos melhores discos, incluindo a nossa redação. Em 2016, Bruno Pernadas decidiu agraciar-nos não com um mas com dois álbuns.

Those who throw objects at the crocodiles will be asked to retrieve them segue a mesma linha artísitca do disco anterior. Gravado tal como o primeiro nos Estúdios 15A, com a colaboração de João Correia, Nuno Lucas, Margarida Campelo, Afonso Cabral, Francisca Cortesão, Diogo Duque, Diana Mortágua, João Capinha e Raimundo Semedo, este novo trabalho vai mais longe que o seu antecessor na exploração dos formatos, dos arranjos, das técnicas de estúdio e das próprias capacidades instrumentais da banda que o acompanha. 


Constituído por oito temas novos e dois poemas, Those who throw objects at the crocodiles will be asked to retrieve them dá-nos as coordenadas para a viagem espacial no fantástico universo musical de Bruno Pernadas.

"Anywhere in Spacetime" é o primeiro single do álbum e pode ser escutado abaixo.


Worst Summer Ever é toda uma outra história. Reúne oito temas nos quais Bruno Pernadas explora a linguagem do jazz mais clássico. Não chega a ser o outro lado do espelho de Bruno Pernadas, porque muito do seu jazz habita desde logo o seu mundo pop e porque o reverso acaba também por acontecer. 

O disco foi gravado nos Estúdios Valentim de Carvalho e na Blackbox do CCB recorrendo a formações variáveis, do trio ao sexteto de jazz: Bruno Pernadas (guitarra), Francisco Brito / Pedro Pinto (contrabaixo), Joel Silva / David Pires (bateria), Sérgio Rodrigues (piano), João Mortágua (Saxofone Alto), Desidério Lázaro (Saxofone Tenor).

Ambos os discos têm o selo da Pataca Discos.

O artista vai apresentar estes dois novos trabalhos ao vivo no Teatro Maria Matos. A 13 de setembro vai interpretar Those who throw objects at the crocodiles will be asked to retrieve them e a 20 de setembro é a vez de Worst Summer Ever. Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais.