quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Oiçam: Zimbra


Os Zimbra formaram-se em Santos, cidade no litoral de São Paulo, em 2007 pelo vocalista Rafael Costa e pelo guitarrista Vitor Fernandes, que mais tarde convidaram Pedro Furtado e Guilherme Goes para assumirem a bateria e o baixo, respetivamente. Com uma sonoridade que abraça o pop-rock, a banda tem como principais influências os artistas de apelo popular e recebe agora destaque pelo segundo trabalho de originais, Azul, que ganhou lançamento em junho do presente ano.

Contando para já com uma demo (2010), dois EP's (Cronograma, de 2012 e Mocado, de 2014) e um disco (O Tudo, O nada e O mundo de 2013) na bagagem, o segundo disco de estúdio do quarteto, Azul, apresenta o formato clássico das bandas de rock com músicos convidados no trompete e trombone, sem perder a originalidade e contemporaneidade. 




Azul foi produzido por Agildo Lásaro aka Lampadinha (Charlie Brown Jr, Los Hermanos) e apresenta uma banda que reforça a procura de uma personalidade musical própria. Com letras de poesia, melodias envolventes e cadências marcantes, a sonoridade do álbum é sincera e orgânica. 

Sobre a história dos Zimbra com o produtor Lampadinha, Rafael Costa (vocalista e guitarrista) comentou que "Ele ouviu nosso EP e entrou em contato com a gente. Se interessou em gravar um disco cheio nosso, e topamos na hora", que resultou no primeiro disco de estúdio da banda, O Tudo, O nada e O mundo




Além dos discos Azul O Tudo, O nada e O mundo, os restantes trabalhos dos Zimbra encontram-se disponíveis para audição gratuita através da plataforma soundcloud. Poderão ouvir toda a discografia aqui