sábado, 1 de outubro de 2016

Reportagem: Old Yellow Jack + Alex Chinaskee [Musicbox, Lisboa]


Na semana passada, 22 de setembro, fui até ao Musicbox, Lisboa, assistir à apresentação de Cut Corners, álbum de estreia dos lisboetas Old Yellow Jack.

Cheguei por volta das 22h15 à sala lisboeta que ainda se encontrava bastante despida, tal como o palco. A primeira parte ficou a cargo de Alex Chinaskee, projeto de Miguel Gomes, fundador da editora French Sisters Experience Records & Co. O artista fez-se acompanhar pelos seus Camponeses: Simões no baixo, Tojo no sintetizador, Ribeiro na guitarra e Oliveira na bateria. Alex Chinaskee tocou maioritariamente faixas do seu EP, Campo, editado no final de março. A banda lisboeta presenteou-nos com um ótimo concerto na qual se destacaram os temas "Sonhos Loucos" e "Já Não Vivo". Até houve tempo para Alex dar uma de Iggy Pop e ficar em tronco nu.

Setlist:

Sonhos Loucos
Dia de Praia
Assim Assim
Dá-me
Má Água
Já Não Vivo


Eram 23h15 quando o Guilherme, o Filipe, o Miguel e o Henrique entraram em palco fazendo-se acompanhar por um quinto elemento na percussão. A sala já se encontrava bem composta quando a banda começou o concerto com o single e faixa de abertura deste novo disco com a psicadélica "Glimmer". Foram-se seguindo vários temas de Cut Corners como "Jingle Jangle", "Svenn" e o tema título deste trabalho, a recordar os Real Estate, uma das influências deste trabalho segundo a banda. Houve também espaço para malhas mais antigas de Magnus(2015) como "Luanda" e "Two Lightbulbs in a Skull". A banda demonstrou sempre um grande à vontade em palco, provando que aprenderam bastante com todos os concertos que deram nestes últimos dois anos. O single "Tens Tons" foi outro dos destaques deste concerto, apresentando uma faceta mais agressiva que a sua versão de estúdio. "Inner City Sunburns", "Sailors Cellars Sellers" e "Beat Life" foram outras das músicas que Cut Corners apresentadas ao longo da noite, sendo que o concerto terminou com o tema mais conhecida da banda, "The Man Who Knew Too Much". As músicas dos Old Yellow Jack ao vivo têm mais espaço para respirar e isso torna os seus concertos bastante apelativos para o seu público. Este concerto não foi exceção e a banda conseguiu deixar os presentes na sala bastante contentes com o resultado final. 

Old Yellow Jack + Alex Chinaskee @ Musicbox

Texto e fotografia: Rui Gameiro

0 comentários:

Enviar um comentário