quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Reportagem: Liima + Vives Les Cônes [Jameson Urban Routes 2016, Musicbox - Lisboa]


O último dia do Jameson Urban Routes chegou e o cansaço de uma semana inteira a visitar o Musicbox já era visível. Mas, lá no fundo, ainda tínhamos alguma energia extra para aproveitar este dia gratuito do evento. Às 20h20 entraram em palco os Liima, quarteto que resultou da cooperação entre o percursionista Tatu Rönkkö e os dinamarqueses Efterklang. Inicialmente uma colaboração temporária, em 2014, para o festival Our Festival (Helsínquia), acabou por se tornar numa banda "permanente". 

Tal como a sua banda antecessora, focam-se sobretudo na vertente mais experimental da música, misturando pop com muita eletrónica e post-rock. Editaram em março deste ano o álbum de estreia II, escrito parcialmente numa residência artística na ilha da Madeira. A 30 de outubro regressaram ao nosso país, depois de uma passagem por Viseu em julho.

Apesar de sala estar só a metade, o concerto dos Liima teve uma excelente resposta por parte do público, talvez até um pouco exagerada. Houve algum moche, crowdsurf e o comboínho típico dos bailes populares. Gritou-se “Liima” a plenos pulmões como se estivéssemos a apoiar o nosso clube de futebol.

Setlist:
Life is D.
People Like You
Trains in the Dark
Russians
Woods
Kirby
The Shining
2-hearted
Roger Waters
Black Beach
Amerika
1982


Vive Les Cônes fizeram as honras de encerrar a décima edição do Jameson Urban Routes. Foi bonito o fim desta edição, a qual nos brindou com grandes surpresas como as excelentes atuações de The Comet is Coming e Mykki Blanco; a prova de que o post-rock é mais que guitarras com os 65daysofstatic; a estranheza atrativa de Cate Le Bon e o microhouse de facetas orientais de Gold Panda. As expectativas para a 11ª edição estão bem altas, só esperamos sair no final do Musicbox com a mesma cara alegre e satisfeita que esta semana de loucos nos proporcionou.

Liima @ Jameson Urban Routes 2016

Texto e fotografia: Rui Gameiro

0 comentários:

Enviar um comentário