sábado, 4 de junho de 2016

Karma to Burn com duas datas em Portugal


Karma to Burn, a experiente banda de stoner/desert rock irá estar presente em Portugal nos dias 3 e 4 de julho, respectivamente, no Porto na Cave 45 e em Lisboa no Stairway Club.

A banda americana natural de Hicksville, West Virgínia, formada em 1997 conta já com sete álbuns em estúdio, incluindo Mountain Czar lançado a 26 de Fevereiro deste ano. Estes homens são conhecidos pela sua abordagem direta e bruta de fazer música inteiramente instrumental.

O preço dos bilhetes no Starway Club se forem comprados de forma antecipada ficam a 9€, à porta ficam a 12€, todavia, o preço dos bilhetes para a Cave 45 ainda não foram divulgados.

+

sexta-feira, 3 de junho de 2016

For Pete Sake editam álbum de estreia


Os For Pete Sake, banda de Lisboa baseada fundamentalmente no folk e rock anos 60/ 70 e indie rock, editaram na semana passada o seu 1º longa duração The Real Dream You Live. Três anos depois do EP de estreia Soothing Edge, sai o tão esperado LP, que conta com 12 temas totalmente originais,

Editado pela Rastilho Records, “a banda tentou procurar uma sonoridade mais contemporânea sem abdicar do que nos acompanhou desde os primeiros dias”, dizem os próprios. O disco já está disponível na íntegra para audição gratuita no Spotify.

+

Ryley Walker anuncia novo álbum Golden Sings That Have Been Sung



Ryley Walker, cantautor que vai encantar as margens do Rio Taboão no Festival Paredes de Coura, está a preparar o sucessor do bem aclamado pela crítica Primrose Green, editado no ano passado. O novo trabalho dá pelo nome de Golden Sings That Have Been Sung e reune oito faixas novas. Com edição agendada a 19 de agosto via Dead Oceans, foi composto e gravado no final do de 2015, em Chicago, depois de 10 meses de tour.

O regresso à Cidade Ventosa, como tipicamente é chamada Chicago, serviu de inspiração para este álbum, assim como alguns dos seus heróis locais, como Gastr del Sol e Tortoise. A produção deste álbum ficou pela primeira vez a cargo de um produtor exterior, um dos músicos que Ryley mais admira, LeRoy Bach, membro integrante dos Wilco entre 2002 e 2004.

Segundo a press release, Golden Sings That Have Been Sung é "a música que podemos imaginar que os animais da floresta compõem quando os humanos dormem". O músico disponibilizou o primeiro single deste trabalho, "The Halfwit In Me", assim como a artwork e a tracklist de Golden Sings That Have Been Sung, disponíveis em baixo.




Golden Sings That Have Been Sung Tracklist:
01. The Halfwit In Me
02. A Choir Apart
03. Funny Thing She Said
04. Sullen Mind
05. I Will Ask You Twice
06. The Roundabout
07. The Great And Undecided
08. Age Old Tale

+

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Stream: Blooms Every May - Lizzy's Husband


O projeto a solo de Renato Freitas (aka: Bruce Buckley), Lizzy's Husband está de regresso com Blooms Every May.
Este é o terceiro álbum que lançou na plataforma online Bandcamp.
O projeto deste jovem vimaranense apresenta uma tela de influencias bastante variadas que vão desde o post-rock à mais pura electrónica.
Este álbum é a musica certa para se ouvir após um longo dia onde a única vontade que impera é a de nos deitarmos na nossa cama e ouvir algo nos nossos headphones, no relaxante negrume do nosso quarto.

 

+

Nick Cave & the Bad Seeds: Skeleton Key


Nick Cave & the Bad Seeds anunciaram o seu décimo sexta álbum de estúdio, Skeleton Key, sucessor do aclamado Push the Sky Away, de 2013 (não são sempre aclamados os álbuns destes senhores?). 

O novo álbum sai a 9 de setembro, acompanhado pelo filme One More Time With Feeling, de Andrew Dominik. Skeleton Key começou a ser gravado no final de 2014 nos Retreat Studios, Brighton, tendo sido concluído nos La Frette Studios, França, no outuno de 2015.

Cave tem andado ocupado nos últimos tempos, tendo editado um livro, The Sick Bag Song, e uma nova canção com os Bad Seeds, "Give Us a Kiss", pertencente à banda sonora do filme 20.000 Days on Earth.

Relembremos aqui um dos temas de Push the Sky Away que deixou o Parque da Cidade e o NOS Primavera Sound em completo delírio. Saudades.

+

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Favela au Lait #37 com Flamingos, Eosin e Sin Cereza


A residência da Favela Discos no Café Au Lait, Porto, decorre todas as quintas feiras desde setembro passado. Esta semana, #37, podemos contar com concertos de Flamingos, Eosin e Sin Cereza. Os concertos são na cave, sempre à pala.

2 3 H 0 0
Flamingos


0 0 H 0 0
Eosin


0 1 H 0 0
Sin Cereza

Infelizmente, junho será o último mês de residência da Favela Discos no Café Au Lait. Fiquem então com o cartaz das últimas quatros semanas.

+

Peter Murphy e Waterboys no Vilar de Mouros 2016


Depois de, há precisamente duas semanas, confirmar Echo & The BunnymenHappy MondaysPeter Hook e Tindersticks o Vilar de Mouros anunciou novos nomes que não ficam atrás em termos de qualidade ou importância.

Peter Murphy, o vocalista dos extintos Bauhaus, que já actuou em Portugal este ano, no passado mês de Maio, em Lisboa e no Porto onde os bilhetes esgotaram completamente, irá actuar no dia 25 de agosto.

The Waterboys, a banda do lendário Mike Scott, regressam, no dia 27 de agosto, depois de ter actuado no festival Laurus Nobilis em Famalicão, no ano passado, onde mostraram ainda ter o necessário para tocar os seus clássicos mas também para criar e tocar novas músicas(do 11º álbum, Modern Blues, lançado no inicio desse mesmo ano).

O nigeriano Bombino também fará parte da edição de 2016 deste festival. Relembramos que o Vilar de Mouros 2016 irá decorrer entre os dias 25 e 27 de agosto e os bilhetes estarão à venda a partir do dia 7 de junho.






+

Acid Acid apresenta novo álbum no Palácio do Príncipe Real a 3 de junho


No dia 3 de Junho sai finalmente o primeiro disco de Acid Acid, o alter-ego de Tiago Castro. O álbum é apresentado ao vivo nessa mesma noite, no Palácio do Príncipe Real a partir das 21h30 e conta com os convidados especiais: André Hencleeday (CRUA) nas percussões, João Paulo Daniel (Beautify Junkyards) nos sintetizadores analógicos e Violeta Azevedo (Jasmim) na flauta e efeitos.

Guitarras etéreas, órgãos cósmicos, drones e percussões exóticas povoam as duas faixas do disco, dois mantras psicadélicos e progressivos, onde Acid Acid revela um novo universo sónico surpreendente. Aqui não há singles, mas sim dois temas únicos, exploratórios, onde a melodia se funde com o experimentalismo.


O álbum, com selo Nariz Entupido, é produzido por Tiago Raposinho, misturado e masterizado por Pedro Barceló e conta com as percussões de Baltazar Molina. 

+

2ª Edição An experimental Jet Set, Trash & No Star Night! com Born a Lion, Then They Flew e Whales


A noite temática organizada pelo blogue BranMorrighan volta em 2016 ao Musicbox com Born a Lion, Then They Flew e Whales. A intenção desta noite de festa não é nada mais nada menos do que divulgar a melhor música que se faz em Portugal com o regresso de uma das maiores bandas de rock, os Born a Lion, e ainda com duas jovens promessas que já dão que falar - os Then They Flew, finalistas do concurso Sziget'16 e os Whales, vencedores do Festival Termómetro 2016.

A noite de concertos começa às 22h e os bilhetes têm o custo de 5€.



+

Orchestra Of Spheres no Rivoli a 3 de junho


Os neozelandeses Orchestra Of Spheres apresentam-se na próxima sexta-feira, 3 de junho, no Sub-Palco do Teatro Rivoli, para mais um concerto UNDERSTAGE, em parceria com a Lovers & Lollypops.

Levando o conceito de DIY ao extremo, os Orchestra of Spheres são quase uma reminiscência neozelandesa e caricata dos Talking Heads, mas com instrumentos feitos a partir de aspiradores e de caixas de bolachas que têm lá por casa. Detêm uma das mais variadas prateleiras de influências musicais, algumas inventadas por eles, como "disco psicadélico de escola primária" e outras nem tanto, como o Electro Shangaan, o kwaito e qualquer uma que tenha sinos.

O quarteto chega ao Porto com explorações sonoras e com música de dança, como evoca o seu último álbum Brothers and Sisters of the Black Lagoon, da Fire Records, lançado no início do mês de maio. A banda passa, no dia anterior (2), pelo DAMAS, com a bandeira L&L bem hasteada no ciclo do Mundo Quesadilla e para um dos primeiros Isto Não É o Milhões de Festa.

Os bilhetes para o concerto no Teatro Rivoli já estão disponíveis aqui.

+

terça-feira, 31 de maio de 2016

"Noites Pano de Xita" no Sabotage com Pega Monstro, Primeira Dama e Lucía Vives


As "Noites Pano de Xita” são noites de curadoria entre o Sabotage e a Xita Records como modo de celebração às bandas, cantautores ou projetos que se têm vindo a destacar na sua turma ao longo dos meses. 

A segunda edição, que decorre a 2 de junho, contará com os concertos de Lucía Vives, baterista no quarteto de rock “rafeiro" ‘NinazPrimeira Dama e Pega Monstro. O evento inicia pelas 22h e tem o custo de 5€.






+

Super Bock Super Rock: Palco Antena 3 fecha alinhamento com Capitão Fausto


O cartaz da 22ª edição do Super Bock Super Rock encerrou hoje com a confirmação dos Capitão Fausto, que atuam Palco Antena 3 no dia 15 de julho. O palco com curadoria da rádio alternativa pop vai contar também com a presença de Samuel Úria, peixe:avião, Benjamim e Alek Rein (14 de julho), Glockenwise, Pista e Basset Hounds (15 de julho), e “A Purple Experience” por Moullinex, Salto, Mike El Nite Slow J (16 de julho).



O Super Bock Super Rock decorre nos próximos dias 14, 15, 16 de julho, no Parque das Nações, Lisboa e o cartaz completo pode ser consultado em baixo.

14 de julho

Palco Super Bock - Disclosure, The National, The Temper Trap
Palco EDP - Jamie XX, Kurt Vile, Villagers, Lucius, Surma (artista recomendada Tradiio)
Palco Carlsberg - DJ Shadow, Bomba Estéreo, RIOT
Palco Antena 3 - Samuel Úria, peixe : avião, Benjamim, Alek Rein

15 de julho

Palco Super Bock - Iggy Pop, Massive Attack & Young Fathers, Bloc Party
Palco EDP - Mac DeMarco, Rhye, Kwabs, Petite Noir,Pás de Problème
Palco Carlsberg - Lion Babe, Moullinex, Trikk
Palco Antena 3 – Capitão Fausto, Glockenwise, Pista, Basset Hounds


16 de julho

Palco Super Bock - Kendrick Lamar, De La Soul, Orelha Negra
Palco EDP - GNR - Psicopátria, FIDLAR, Capicua, Kelela, The Parrots
Palco Carlsberg - DJ Ride Live + DJ Set, Batida – Uma Lata DJ Set, Daniel Haaksman
Palco Antena 3 - “A Purple Experience” por Moullinex, Salto, Mike El Nite, Slow J

Os bilhetes têm o custo de 95€ para passe de 3 dias e 50€ para bilhete diário. Podem ser adquiridos nos seguintes locais: Blueticket, Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), no Facebook, FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês, ABEP, Portimão Arena; Turismo de Lisboa; lojas Media Markt; Bilheteiras MEO Arena; rede PAGAQUI; Agências Top Atlântico. Place & Tickets

+

The Black Heart Rebellion e CHVE fecham cartaz do Amplifest 2016


The Black Heart Rebellion e CHVE, dois dos projectos integrados no colectivo artístico belga Church of Ra, completam o alinhamenta da edição de 2016 do Amplifest.

Como o Amplifest não se resume só à música, em breve serão anunciadas outras actividades como a projecção de filmes, as habituais palestras "Amplitalks" e exposições.

Após ter subido ao palco do Amplifest já por duas vezes (em 2012 e 2015), ao leme dos belgas Amenra, Colin Van Eeckhout estará de volta em 2016, desta vez para apresentar seu trabalho a solo, lançado sob o moniker CHVE. Rompendo com a agressão atormentada dos Amenra, mas carregando a mesma profundidade emocional, a música de CHVE é construída sobre camadas da voz de Colin, percussão ritualista e os drones de uma viola de corda; o resultado pode ser ouvido em RASA, o recentemente lançado primeiro disco, e também ao vivo, no Amplifest, no Domingo 21 de Agosto.



Membros do colectivo artístico belga Church of Ra, os The Black Heart Rebellion têm, tal como os seus pares, as suas raízes musicais no hardcore; o seu afastamento dessas raízes, no entanto, foi o mais extremo. Ambient, drones ritualísticos, percussão tribal, neofolk e outras linguagens convergem numa sonoridade que é tão única como o é negra e desconfortável, e o mais recente registo People, when you see the smoke, do not think it is the fields they’re burning mostra os belgas no seu ponto mais alto até então. Os The Black Heart Rebellion sobem ao palco do Amplifest 2016 no dia 21 de Agosto, Domingo.



O evento estende-se aos dias 19 e 22 de Agosto, com o início a ter lugar na Cave 45 com os Aluk Todolo e a despedida a ficar a cargo de Steve Von Till e ainda The Leaving, no Passos Manuel. 

Os bilhetes para a Weekend Experience custam 75€ e para a Extended Experience, que englobam os concertos de 19 e 22 de Agosto, custam 89€, estando limitadas a 200 ingressos. Ambas as modalidades estão disponíveis via AMPLISTORE, e os bilhetes para a Weekend Experience podem também ser adquiridos nas lojas Hard Club, Louie Louie, Matéria Prima, Piranha, Bunker Store e Black Mamba, no Porto, e Flur, Glamorama e Vinil Experience, em Lisboa.

O alinhamento completo do Amplifest 2016 pode ser consultado em baixo:


+

Pointlist anuncia as Greasy Nights


A promotora eborense Pointlist, responsável pelo Black Bass Fest e muitos outros eventos, vai organizar uma série de festas por diversas cidades do país, com o nome Greasy Nights. Estas noites de pura jarda vão ter duas datas em 2016, de modo a criar um arranque sólido para as próximas edições deste eventos, sendo a primeira das Greasy Nights em Évora, na Sociedade Harmonia Eborense.

 As primeiras bandas anunciadas para este nano-festival foram os 800 Gondomar, os Ghost Hunt, os The Sunflowers, e para quem quiser ficar a madrugar, ainda há DJ A Boy Named Sue até às tantas da manhã. 

Este evento vai acontecer no dia 18 de junho, com os bilhetes gratuitos nesta primeira edição, e começo marcado por volta das 16 horas.



800 Gondomar



Ghost Hunt



The Sunflowers

+

Galgo apresentam novo single, "Skela"


Os Galgo vão lançar o seu primeiro longa duração em Setembro e mostram-nos o single do disco para nos fazer berrar neste verão, "Skela".

O vídeo foi realizado por Martim Braz Teixeira e filmado entre a fábrica da Cerveja Musa e o verde de Monsanto. A ilustração é da Rute Soares.

O tema já pode ser ouvido e visualizado no seu canal de youtube.



Os Galgo podem ser avistados no seu habitat natural de palco nas seguintes datas:


+

Jibóia e Máquina del Amor juntam-se ao Ponte Party People


O Ponte Party People está de volta à cidade de Braga já no início de julho e anunciou mais dois nomes a ingressar o cartaz: Jibóia e Máquina del Amor. O evento, de dia único, ocorre este ano a 2 de julho, no Parque da Ponte, para mais seis horas de música seguida, intercalada entre piscina, à tarde, e o palco principal, à noite. 

Enfiando o capuz de “Príncipe da Pérsia em ácidos”, Jibóia é o resultado de um multiculturalismo desenfreado, um sistema de GPS esquizofrénico e uma música electrónica que assalta impiedosamente as mais variadas sensações humanas. A viagem da cobra segue até Braga com o baterista Ricardo Martins. 


O manifesto da Máquina é tão complexo como o combustível que lhe corre nas veias. Se por um lado somos afrontados pela magnitude da Masala de Jibóia, por outro somos consumidos pela diabrura dos Máquina del Amor, que se faz sentir no espaçamento dos ritmos, das melodias, brotando numa verdadeira máquina do tempo que ora é experimental, como industrial, sempre inebriada pelo post-rock. 


O Ponte Party People é organizado pela Câmara Municipal de Braga, a Lotação Variável e a Lovers & Lollypops. A entrada é gratuita. 

+

Big Red Panda apresentam novo single "Arrival Pt. II"


Vindos da vila mais antiga de Portugal, os Big Red Panda são um coletivo, todos com a mesma vontade de devorar os instrumentos, fazendo-os explodir em paisagens de outros lugares, distorcidas pela energia incansável que lhes é natural.

Tendo como influência bandas como Earthless, Pink Floyd, Causa Sui, Yes, entre outras experiências, nasceu o EP de estreia auto-intitulado, repleto de viagens intermináveis, riffs esmagadores e lavagens mentais refrescantes.

Depois de quase um ano a percorrer o país de origem e o norte de Espanha apresentando o seu EP de estreia, atuando em festivais como o Vodafone Mexefest, SonicBlast Moledo, e Indie Music Fest, os Big Red Panda chegam agora com o novíssimo trabalho Grand Orbiter, caracterizado pelos riffs progressivos e psicadélicos,

Oiçam em baixo o novo single "Arrival Pt. II".

+

Cass McCombs regressa com "Mangy Love"


Cass McCombs, cantautor de Chicago, vai editar o seu oitavo álbum de estúdio, Mangy Love. O novo trabalho sucede a Big Wheel and Others, de 2013, e chega às lojas a 26 de agosto via ANTI. O artista teve a companhia de vários convidados em Mangy Love, tal como Angel Olsen, no primeiro single divulgado abaixo, "Opposite House", e Blake Mills.



Mangy Love foi gravado maioritariamente durante uma inverno amargo em Nova Iorque e enquanto viajva na Irlanda, resultando no álbum mais provocativo e liricalmente criativo de Cass McCombs até à data.

O músico vai estar em tour na europa, tendo atuação marcado no NOS Primavera Sound a 10 de junho.

Mangy Love Tracklisting:
01. Bum Bum Bum
02. Rancid Girl
03. Laughter Is The Best Medicine
04. Opposite House
05. Medusa’s Outhouse
06. Low Flyin Bird
07. Cry
08. Run Sister Run
09. In A Chinese Alley
10. It
11. Switch
12. I’m A Shoe

+

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Milhões de Festa com Marshstepper entre os confirmados


Esta terça-feira o festival Milhões de Festa voltou à carga com mais 6 confirmações de peso, entre as quais se destacam Ho99o9 e Marshstepper


As restantes que se juntam as estes dois nomes são, MADA TREKU, Eat The Turnbuckle, CHERYL Jonathan Uliel Saldanha HHY.



Começam-se então a ver tendências hip-hop já com Goth Money Records a surgirem e também mais metal com Eat The Turnbuckle a juntar-se a Part Chimp e The Heads.



O cartaz está assim a compor-se e a festa quase a começar. O Milhões de Festa decorrerá dos dias 21 a 24 de julho, em Barcelos e os bilhetes encontram-se a 55 euros.





+

800 Sensations PARTY com Primeira Dama, Victor Torpedo Karaoke e DJ Euro 2004


Os portuenses 800 Gondomar, que têm andado em tour do seu novo EP nos últimos tempos, vão organizar a sua própria festa na cidade Invicta. Este evento, batizado com o nome 800 Sensations PARTY, vai ter lugar todas as quartas-feiras de junho no Café au Lait, com bandas escolhidas a dedo pelos 800 Gondomar, e entradas grátis a todos os que decidirem aparecer. 

A primeira edição das Sensations Parties vai contar com Manel Lourenço, a.k.a. Primeira Dama, projecto de bedroom pop da Xita Records, e também com Victor Torpedo Karaoke, o side-project do guitarrista dos míticos The Parkinsons. Para quem quiser continuar a festa depois destes concertos, ainda vai haver set do misterioso DJ Euro 2004 para fechar esta noite.


Primeira Dama

+

B Fachada e Éme visitam Torres Vedras no próximo sábado


O Margem regressa, após o sucesso do primeiro evento com os Capitão Fausto, já no próximo dia 4 de junho com mais dois grandes nomes do panorama musical português. São eles B Fachada e Éme. Os bilhetes têm o custo de 5€ com oferta de 1 bebida simples e estão disponíveis no Posto de Turismo de Torres Vedras, lojas Carsportif e à porta (no dia do evento). 


+

domingo, 29 de maio de 2016

STREAM: Janrik - The Eye


Após o lnçamento de Ode e Música para ouvir com fones, Janrik lançou este mês mais um conjunto de músicas que a Threshold Magazine tem o privilégio de apresentar. Desta feita, traz-nos algo diferente do que estamos habituados na sua sonoridade.

Em The Eye, novo lançamento do cantautor madeirense a viver em Lisboa, consegue-se observar uma exploração de sons mais ambiente, uma continuidade rítmica entre sintetizadores, uma guitarra que joga dum lado para o outro, que dança.

É um álbum composto por 8 faixas e assim podemos confirmar que este artista está cada vez mais perto de encontrar talvez o que poderá ser o seu som, um jogo de guitarras e sintetizadores.


                   Fotografia: José Duarte

+

White Fence e Steve Gunn passam amanhã pelo gnration


Dois dos mais interessantes nomes da cena rock’n’roll norte-americana passam por Braga já amanhã. Estamos a falar de White Fence, de Tim Presley, e Steve Gunn, artistas que atuam na Black Box do gnration. 

Tim Presley, colaborador de Ty Segall, com quem gravou em 2012 o aclamado disco Hair, é conhecido também por colaborar com outros nomes referência da praça. O artista regressa ao nosso país 3 anos depois da sua passagem pelo NOS Primavera Sound, com duas datas nacionais, atuando hoje na ZDB.  


Teremos também a oportunidade de reencontrar Steve Gunn, guitarrista extraordinário. A música de Gunn fermentou no experimentalismo da vanguarda mas nasce das profundezas da country, das revoluções folk de John Fahey, daquilo que frutifica quando a liberdade do virtuosismo se encontra com o gosto pela partilha.  O artista traz na bagagem Eyes on the Lines, o novo álbum, via Matador Records, que às lojas a 3 de junho.


Os bilhetes custam 7€ e podem ser adquiridos através da bilheteira online – https://gnration.bol.pt, locais habituais e balcão gnration.

+