segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Reportagem: Viva Belgrado + Aweless [Cave 45 - Porto]



No passado dia 19 de janeiro, fomos até ao Cave 45, Porto, assistir aos concertos dos espanhóis Viva Belgrado e dos portugueses Aweless que vinham apresentar os seus mais recentes trabalhos de estúdio ao norte de Portugal. Os concertos tiveram organização da Copilot Bookings.

Aweless

_DSF8016


Os concertos tiveram início pelas 21h20 com Renato Cabral (voz principal/baixo) a abrir o concerto com"cheguem-se aqui para a frente" e no Cave 45 começava-se a ouvir "I Only Love Those Who Leave", a música de abertura do EP de estreia de memso nome. Os Aweless têm apenas três concertos na bagagem, mas a sua música apresenta um potencial incrível ao envolver o público para quem tocam. Seguiu-se "Fidget", "Fill My Lungs With Your Word" e "Prurient" que foram apresentadas numa sala meia-cheia para um público bem receptivo, embora tímido. 
Os Aweless são quatro e conseguiram dispor-se no palco de forma a ficarem visíveis por todos os elementos do público. Tirando um erro aqui e ali, o único ponto fraco a assinalar no concerto foi a voz do vocalista não ter amplificação suficiente para se sobrepor ao som dos restantes instrumentos conjugados. Mais uns ensaios como banda e tornam-se enormes. O concerto enecerrou com "Waive" e, desta feita, os Aweless findaram o concerto sem quebrar nenhuma corda. Esperamos por mais.

_DSF8031



Setlist Aweless:
1- I Only Love those who leave 
2- Fidget 
3- Fill My Lungs With Your Words 
4- Prurient 
5- How Shallow I Could Be 
6- Waive

Viva Belgrado

_DSF8192



Oriundos de Córdoba, Espanha, os Viva Belgrado já tinham passado por Lisboa no dia anterior (18 de janeiro) e, ao Porto, apresentaram-se em palco por volta das 23h15. Na bagagem traziam os discos Ulises, editado em 2016, e Flores, Carne (2014). Dispostos em palco num formato oval (nunca o público viu a cara do baixista durante o espetáculo), o quarteto de pós-rock/punk-hardcore abriu o concerto com "Calathea", primeiro tema retirado deste segundo disco de estúdio, que surgiu um bocadinho como choque, pelas diferenças musicais entre o que se tinha ouvido anteriormente e o que se ouvia agora.

"Höstsonaten" foi quando o concerto teve o seu primeiro grande momento. Através de uma sonoridade mais calma e inerente de voz, os Viva Belgrado tiraram todas as dúvidas a quem os via ao vivo e fizeram disfrutar do espetáculo todos aqueles que se deslocaram até ao Cave 45, numa das noites mais frias do ano. De Flores, Carne (2014) ouviram-se ainda os singles "Madreselva", "Báltica", "De carne y flor", "~", "La reina pálida"- marcada pela performance do vocalista, que canta afastado do microfone para que a sonoridade resultante não tenha um impacto tão grande -  e "Osario". O concerto prosseguiu com "Por la mañana, temprano" alcançando agora um ambiente mais chill e reafirmando o facto dos Viva Belgrado serem muito interessantes, como banda, ao vivo.

Contrariamente ao esperado, o concerto dos Viva Belgrado foi bem conseguido e conseguiu superar todas as inseguranças sentidas com as audições em estúdio (a voz do vocalista Cándido Gálvez não é facilmente assimilada por qualquer um). Outro ponto positivo foi o concerto ter funcionado como a reprodução de uma única música, resultado da introspeção admitida do vocalista. O concerto dos Viva Belgrado surpreendeu positivamente e é, para já, um dos concertos do ano. A faltar à setlist do concerto assinalam-se os singles "Los Olivos" e "Cáncer/Capricornio".

_DSF8162


Setlist Viva Belgrado:
1 - Calathea 
2 - Pleiades/pasaportes 
3 - Madreselva 
4 - Höstsonaten 
5 - Por la mañana, temprano 
6 - Báltica 
7 - De carne y flor 
8 - Fresas salvajes 
9 - ~ 
10 - La reina pálida 
11 - Erida 
12 - Osario 
13 - Gran Danés 
14 - Ravenala

Viva Belgrado + Aweless @ Cave 45


Texto: Sónia Felizardo
Fotografia: Edu Silva

0 comentários:

Enviar um comentário