terça-feira, 21 de março de 2017

[Review] The Undergound Youth - What Kind Of Dystopian Hellhole Is This?


What Kind Of Dystopian Hellhole Is This? // Fuzz Club Records // fevereiro de 2017
7.5/10

Fãs assumidos dos Velvet Underground e dos Sonic Youth, os The Underground Youth estão de regresso às edições de estúdio com What Kind Of Dystopian Hellhole Is This?, o oitavo disco da banda inglesa que sucede Haunted LP (2015). Formados em 2008, em Manchester, como o projeto a solo do já conceituado músico da cena underground, Craig Dyer, os The Underground Youth são atualmente uma banda completa (com Max James, Olya Dyer e Mark Vernon), que explora uma mistura de dark-psych aliado aos elementos cinematográficos compreendidos entre os anos 60/70. Os primeiros álbuns da banda foram editados exclusivamente em edições físicas e só com o LP Mademoiselle os The Underground Youth se converteram às plataformas digitais. Em 2012 a banda assinou contrato com a editora londrina Fuzz Club Records, selo pelo qual tem vindo a editar os seus mais recentes trabalhos e onde se inclui este What Kind Of Dystopian Hellhole Is This?.




O disco, composto por dez canções, apresenta traços característicos dos movimentos pos-punk e dream-pop envolvidos por um psicadelismo negro e denota-se como um trabalho relevante nas edições deste ano. Apresentado inicialmente pelo tema "Alice", single embebido numa aura nostálgica, What Kind Of Dystopian Hellhole Is This? mantém as estruturas da composição dos trabalhos anteriores e aborda essencialmente temas como o clima político e social, vivido em 2016, e as mudanças que isso tem vindo a repercutir atualmente. Esta preocupação é essencialmente sentida nos singles como "Amerika" e "Beast (Anti-War Song)", a par do já mencionado "Alice".

Além dos temas referidos, um dos grandes destaques deste álbum vai para  "The Outsider", que numa crítica pessoal, funciona na perfeição para muitas das situações do quotidiano, nomeadamente as mudanças sociais e políticas que assistimos e experienciamos e que nos fazem muitas vezes sentir como estranhos do ponto de vista da comunidade. Este foco nos problemas contemporâneos acresce um valor ao novo disco e mostra que além da música os The Underground Youth também se preocupam na construção de um mundo melhor.




What Kind Of Dystopian Hellhole Is This?, foi escrito no início de 2016 quando Craig Dyer se mudou para Berlim, tendo sido gravado no espaço de poucas semanas. Em suma, o oitavo trabalho de estúdio dos The Underground Youth é o retrato de uma sociedade extremamente evoluída tecnologicamente, mas incapaz de alterar os seus comportamentos e atitudes pessoais, em função de um bem maior. "Incapable of Love", em formato balada, é assim o tema escolhido para encerrar o álbum e que reflete estes conflitos que se fazem sentir entre a humanidade no século XXI. Como últimas palavras, Dyer pronuncia "the fuck are you incapable of love".



0 comentários:

Enviar um comentário