quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Regressar a Vilar de Mouros #1 - Para Além da Música


É certo que o que imortalizou o festival de Caminha foi a qualidade das bandas que por lá passaram, desde U2 a Iggy Pop & The Stooges, mas olhando para fotografias antigas o que vemos é o rio, é o público, nunca (ou raramente) Elton John (primeiro cabeça de cartaz do festival). Isto acontece porque o festival consegue oferecer mais que o que aparenta numa visão mais superficial. Exploremos, então o que o mítico festival mais antigo de Portugal tem para além da música.

Algo que nos salta logo à vista chegando ao recinto do festival é o rio. Não é por acaso que figura em tantas fotografias das várias edições figura o rio Coura e a sua praia fluvial. Ainda que neste festival não seja comum o calor extremo, uma praia fluvial tão próxima do parque de campismo e do recinto, de onde existe possibilidade de se escutar vários soundcheck das bandas ou até alguns concertos, convida sempre a alguns mergulhos. 


Na edição de 2016 (e contamos que nesta se mantenha), no antigo palco principal do festival eram exibidos filmes durante a noite. Neste palco histórico foram exibidos alguns filmes também históricos sendo exemplo "Gladiador". Uma presença bastante interessante num festival de música.

Por fim,e falando também da experiência da edição do ano passado, é possivel encontrar algumas barracas de artigos de merchandising, roupa e discos, em frente ao palco histórico, como é habitual em vários festivais.



0 comentários:

Enviar um comentário