quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Sevdaliza e Everything Everything entre as novas confirmações do Vodafone Mexefest


O cartaz do Vodafone Mexefest encontra-se cada vez mais composto. Sevdaliza, Everything Everything, Mahalia Moullinex, Paulo Bragança, Benjamim e Barnaby Keen são as mais recentes confirmações que que irão fazer mexer a capital do país durante os dias 24 e 25 de novembro.


A estreia de Sevdaliza em Lisboa é um dos claros destaques do cartaz desta edição. Depois da estreia nacional efetuada na Madeira, inserido na programação dos Concertos L da Estalagem da Ponta do Sol, Sevdaliza estreia-se então no continente com uma atuação imperdível onde irá apresentar o álbum de estreia Ison. Detentora de uma voz poderosíssima e de uma sensualidade inerente, a artista de descendência iraniana assume-se como um das porta-vozes da pop futurista e R&B atual, ao lado de Kelela e FKA Twigs.

Os Everything Everything já são uma presença familiar no circuito festivaleiro português, e regressam a Portugal com o mais recente disco A Fever Dream, o quarto da banda de Manchester. Sempre imprevisíveis, os Everything Everything assumem-se como uma banda em constante evolução e crescimento. Os seus discos são a prova disso, marcados por uma pop muita caraterística que se verifica cada vez mais progressiva e transcendente.

Mahalia pode ter apenas 19 anos mas o seu talento é inegável. Autora de "Sober", a jovem norte-americana assume-se como uma das novas promessas da música soul e R&B, contando com colaborações com nomes como Rudimental e Nineteen85, um dos muitos produtores de Drake.


Moullinex é um projeto que escusa apresentações. A sua presença ao vivo é contagiante, transformando qualquer sala numa autêntica pista de dança. Hypersex, o terceiro longa-duração de Luís Clara Gomes junta-o a nomes como Marta RenDa Chick e Best Youth, e traz uma sonoridade refrescante e exótica assumidamente disco que promete agitar as salas lisboetas.

Paulo Bragança é conhecido como o "fadista punk". A sua carreira com mais de 20 anos conta com discos marcantes como Amai (1994) e o seu disco de estreia chegou a ser editado pela editora de David Byrne (Talking Heads). Benjamim junta-se ao britânico Barnaby Keen para apresentar 1986, disco com selo Pataca Discos.

Vodafone Mexefest regressa a Lisboa durante os dias 24 e 25 de novembro e os bilhetes encontram-se disponíveis por 45 euros.

0 comentários:

Enviar um comentário