sábado, 11 de novembro de 2017

Reportagem: The Underground Youth + Has A Shadow [Sabotage Club, Lisboa]


Dia 5 de novembro seria o regresso dos The Underground Youth a Portugal e para mim, o terceiro concerto que iria ver, tendo por isso alguma curiosidade em observar a evolução e confirmar ou não, a estranheza com que fiquei após a última visita no âmbito do Lisbon Psych Fest.

Longos são já os anos desde que os The Underground Youth saíram do quarto de Craig Dyer em Manchester, se para uns sair para o mundo é prejudicial, se para outros é transcendental, no caso do agora quarteto de Berlim, é este último caso. O ambiente claustrofóbico do post-punk no meio da distorção e do psicadelismo, o negro das vocalizações mantém-se, mas nota-se um agigantamento e uma libertação à medida que se percorrem os já numerosos trabalhos editados.

The Underground Youth

O concerto abriu e fechou com "You made it baby" e "Your Sweet Love" músicas de What Kind of Dystopian Hellhole Is This?, o ultimo trabalho da banda. O alinhamento foi bem construído tendo a banda aquecido com quatro temas novos e com revisitas aos trabalhos anteriores, sendo o público brindado com os magníficos "Morning Sun", "Delirium" e "Rules of Attraction", esta com a presença de Craig no meio do público, mostrando a sua maturidade e de Olya, enquanto mentores e a banda enquanto uma máquina muito bem oleada.

The Underground Youth

Desde a surpresa do primeiro concerto na Caixa Económica Operária em 2012, à estranheza do segundo no Teatro do Bairro em 2016 junta-se, desde o último domingo a certeza de quem viu, quem esteve presente, a confirmação de uma grande banda ao vivo. Com os The Underground Youth vieram os colegas de editora, Has a Shadow, mexicanos que apresentaram Sorrow Tomorrow com a competência a que as bandas da Fuzz Club nos tem habituado. O psicadelismo negro associado aos teclados de inspiração gótico-dark pop aqueceram os ânimos e prepararam os presentes para o que viria a seguir.

Has A Shadow

Fotogaleria completa aqui

The Underground Youth + Has A Shadow [Sabotage Club, Lisboa]

Texto: Bruno Cordeiro
Fotografia: Virgílio Santos

0 comentários:

Enviar um comentário