segunda-feira, 16 de abril de 2018

Kendrick Lamar ganha Prémio Pulitzer com DAMN.

O artista norte-americano Kendrick Lamar, reconhecido como um dos mais populares rappers da atualidade, ganhou o Prémio Pulitzer de 2018 na categoria da música. A obra que lhe garante este novo galardão é DAMN., álbum editado a 14 de Abril de 2017.


Este ano fica então marcado por uma revolucionária atribuição deste prémio - pela primeira vez, um álbum ou artista que não se enquadra na categoria de jazz ou música clássica garante esta honra. No ano passado, a vitória foi para a intérprete e compositora Du Yun, para Angel's Bone, uma ópera experimental.

Kendrick, que com 30 anos já conta com 11 Prémios Grammy, junta-se a compositores e artistas afro-americanos que também ganharam o Prémio Pulitzer na categoria da música como Wynston Marsalis, Ornette Coleman e Scott Joplin, enquanto o artista afro-americano mais novo a receber este reconhecimento.

Os vencedores deste ano incluem ainda a equipa do The Washington Post na categoria de Reportagem de Investigação pela pesquisa extensiva e compreensiva ao historial de abuso de raparigas menores do senador americano Roy Moore, Clare Baldwin, Andrew R. C. Marshall e Manuel Mogato do jornal Reuters na categoria de Reportagem Internacional pela cobertura da guerra brutal contra as drogas do presidente das Filipinas Rodrigo Duterte, e a Ryan Kelly, do The Daily Progress, por capturar o momento em que um carro atingiu um grupo de pessoas num protesto em Charlottesville, Virginia, entre muitos outros.

0 comentários:

Enviar um comentário