domingo, 29 de abril de 2018

PAUS no NOS Alive

Tomás Brice ©
Os PAUS continuam a ser Hélio Morais, Makoto Yagyu, Fábio Jevelim e Quim Albergaria. Um baixo, teclados e uma bateria siamesa ainda são as ferramentas do seu ofício. Um ofício que foi mudando desde que pela primeira vez nos deram a beber da sua música no EP de 2010 É Uma Água. As canções destes quatro nunca foram bem canções. Sempre foram vontades de estar em sítios estranhos, desafiantes, com cor e horizontes largos.

Depois de 8 anos, 3 LPs, 2, EPs, várias tours internacionais, do País de Gales ao Texas, da Sardenha ao México, a sua viagem levou-os agora à Madeira. A convite de Pedro Azevedo e da família ALESTE, os PAUS foram em Setembro de 2017 filmar e fotografar todo o aspecto visual de um disco que tinham começado a preparar em Julho desse ano. A perspetiva de aterrar no mais longínquo e maravilhoso subúrbio de Lisboa impregnou, ainda antes de chegarem ao Funchal, a música que então estavam a terminar. Madeira é o som dos PAUS a apaixonarem-se pelas cores e pelas pessoas que fazem a ilha, gente rodeada a mar, sem condição. ´

O quarteto vai atuar na edição de 2018 do NOS Alive, contando com a presença do rapper Holly Hood. O concerto está marcado para 12 de julho, no Palco Clubbing. O NOS Alive regressa ao Passeio Marítimo de Algés entre os dias 12 e 14 de julho.

0 comentários:

Enviar um comentário