sexta-feira, 11 de maio de 2018

Festival AVEIROSHIMA2027 celebra a sua 7ª edição

aveiroshima2027-setima-edicao


No dia 19 de maio, a pacata cidade de Aveiro irá sofrer um turbilhão sob a forma da sétima edição do AVEIROSHIMA2027, festival independente de um dia com o espírito DIY embrenhado na sua concepção. Não sendo um evento inclinado somente para uma única forma de expressão artística, o seu intuito é celebrar a arte no geral, seja música, novos media, performance ou arte sonora; e falando em música, não se limita a um só género, tendo trazido nomes como Baleia Baleia Baleia, Holocausto Canibal, Estado de Sítio, Ângela Polícia e Ohxalá, além de nomes internacionais como os franceses Putan Club  e o russo Guvibosch.

Nesta sétima edição, o cartaz contará com o seu alinhamento mais ambicioso até à data, trazendo os feiticeiros voodoo do dub e da eletrónica HHY & the Macumbas; o conjunto de performance artística Lucifer's Ensemble, que cruza o teatro físico, as tecnologias interativas e a arte sonora; o artista colombiano Jorge Barco, que molda o ruído a seu bel-prazer em prol da expressão do seu ponto de vista crítico sobre a era tecnológica; o projeto luso-russo Antippode, que com o seu espetáculo sonoro e visual sob bases eletrónicas, propõe-se a transportar o ouvinte a inesperados mundos sensoriais; e Dead Exploitation, locutor de rádio oriundo de Coimbra que traz o seu DJ set em que o hip-hop na sua faceta mais crua e agressiva, tanto da era old-school como da era moderna, é rei e imperador.



O evento irá ter lugar no GrETUA, e as pulseiras de acesso ao evento custarão 8€ em pré-reserva e 10€ no dia. Os locais de venda são o GrETUA, a loja de discos X & Records, e a VIC // Aveiro Arts House. Segue aqui o link para fazer reserva.

0 comentários:

Enviar um comentário