sexta-feira, 11 de maio de 2018

JASSS e Felicia Atkinson nos Jardins Efémeros de Viseu


Os Jardins Efémeros estão de regresso para a sua oitava edição. O evento cultural multidisciplinar volta à cidade de Viseu no mês de junho e conta com novas confirmações. Com Cindytalk a estrear as confirmações já no passado mês de fevereiro, seguem-se agora as mais recentes adições do certame com a estreia nacional de Felicia Atkinson e ainda a artista sonora JASSS (na foto). 

A primeira traz-nos o mais recente Coyotes, uma peça de 32 minutos composta por duas canções onde as composições esparsas da artista francesa se cruzam com a spoken word de modo singular e único. Coyotes sucede o aclamado Hand in Hands, de 2017, e recebe o selo da Geographic North. JASSS é o projeto de Silvia Jiménez Alvarez, artista de descendência espanhola que conta com edições por selos tão variados como a Mannequin e a iDEAL Records. Weightless, o mais recente registo de Alvarez, traz uma mescla interessante de temas que passeiam entre o industrial e a música de dança menos convencional. Com uma composição cerebral e linhas de baixo bem carregadas, a produtora sediada em Berlim conseguiu um dos discos de estreia mais entusiasmantes do ano transacto e promete uma verdadeira descarga elétrica na sua performance em Viseu.



Em 2017, os Jardins Efémeros contaram com a presença de William Basinski, Fennesz, Murcof, Croatian Amor, Vanessa Amara, Evan Parker, entre muitos outros. O evento regressa ao centro de Viseu entre 6 a 10 de julho e a entrada é gratuita.

0 comentários:

Enviar um comentário