quinta-feira, 7 de junho de 2018

Em julho, vamos tão ao Rodellus?

© Joana Sousa /Shootsounds

Falta pouco mais de um mês para a tão aguardada quarta edição do festival Rodellus - festival de música urbana em cenário campestre - que este ano volta a invadir a aldeia de Ruílhe para três dias consecutivos de boa música e nomes que se têm vindo a tornar revelações dentro do panorama musical. Até à data já se encontram confirmados 14 nomes mas a organização ainda tem mais cartas na manga, a serem reveladas na próxima semana. Marquem na agenda: 19, 20 e 21 de julho.

Na primeira vaga de confirmações anunciadas em abril encontramos a morna e intensa música portuguesa dos Grandfather's House, um abanão rasgado e revigorante com os franceses SLIFT e uma energia fora deste mundo com os escoceses The Cosmic Dead. Juntamente com estes três nomes soubemos também que Baleia Baleia Baleia, The Lazy Faithful e os neozelandeses The Cavemen, completavam o primeiro trecho de confirmações.


Em maio, a organização voltou ao ataque e avançou com mais oito nomes: os heavy-psychers Ecstatic Vision, a banda de Braga Omie Wise (que editou em março do ano passado o EP de estreia 1808), o já tão conhecido por nós, O Gringo Sou EU, os portugueses Sunhui (que editaram novo EP homónimo em maio), Imploding Stars (que entretatanto colaboraram connosco em mais uma edição do 7 ao mês, aqui), os espanhóis Kings Of The Beach e ainda os  pych-rockers Astrodome e os Madrepaz.


Para a semana, a cerca de um mês do festival, é fechado o cartaz. O passe para os três dias ainda se encontra à venda pelo preço promocional de 12€, o que se formos a fazer as contas, traduz-se em pagar um café a cada banda ou um bagaço produzido localmente, para quem preferir. Como é, vamos tão ao Rodellus?

Podem tirar as vossas dúvidas e consultar todas as informações adicionais aqui.



0 comentários:

Enviar um comentário