sexta-feira, 10 de agosto de 2018

EDP Vilar de Mouros - o festival "semper" mítico


Faltam pouco menos de duas semanas para o começo do EDP Vilar de Mouros. O festival mais antigo de Porutgal, também conhecido por Woodstock Português, já recebeu nomes incontornáveis do mundo da música como U2, PJ Harvey, Sonic Youth, Beck, Stone Roses, Bob Dylan, Neil Young, Iggy Pop, entre muitos outros. Este ano, de 23 a 25 de agosto todos os caminhos apontam a Vilar de Mouros e nós deixamos aqui as nossas sugestões.


Peter Murphy 40 years of Bauhaus celebration featuring David J - 23 de agosto

Há cerca de 40 anos formara-se os Bauhaus que, apesar de terem apenas durado apenas 5 anos (dando origem aos Love and Rockets sem Peter Murphy), lançaram as bases do rock gótico e tornaram-se uma das mais incontornáveis bandas da história. Durante a sua carreira ativa lançaram 4 álbuns de originais sendo, o mais importante o primeiro, In The Flat Field, contendo temas como "Dark Entries", "God In An Alcove" e "In The Flat Field". 

Entre o término da banda e o presente houve vários reencontros marcados por concertos e pelo lançamento de Go Away White (2008). A última tour de Bauhaus em 2006 foi marcada por um desentendimento entre Peter Murphy e Daniel Ash, culminando num último concerto, em Portugal, no festival Paredes de Coura.

Este ano, em jeito de celebração do quadragésimo aniversário da banda, dois dos seus fundadores Peter Murphy (vocalista) e David J (baixista) voltam pisar os palcos juntos para recriar os temas clássicos da banda. Esta tour passa pelo EDP Vilar de Mouros 2018 no dia 23 de Agosto, num concerto único em Portugal a não perder.



Human League - 23 de agosto

Formados em Sheffield em 1977, os Human League são uma das bandas de synthpop mais famosas dos anos 80, principalmente devido ao êxito que foi o terceiro disco, Dare, de onde provém temas como "Don't You Want Me", "Love Action (I Believe in Love)" e "The Things That Dreams Are Made Of".

Phillip Oakey é o unico membro presente na banda desde a sua fundação mas, em 1981, aquando o lançamento de Dare, juntaram-se Susan Ann Sulley e Joanne Catherall fazendo com que a banda se tornasse, essencialmente, num trio. Os seus concertos são descritos como únicos e imperdíveis pela imprensa especializada internacional. 

No festival EDP Vilar de Mouros 2018, para além de uma forte presença de Dare também são esperados outros êxitos como "Human", "The Lebanon e "Together In Electric Dreams" de Phill Oakey com Giorgio Moroder



Editors - 24 de agosto

Os Editors estão de regresso ao nosso país, após inúmeros concertos em solo nacional nos últimos anos. A banda britânica, liderada por Tom Smith, é responsável por alguns dos álbuns mais aclamados do revivalismo post-punk e do indie rock mais sombrio da década de 00, sendo frequentemente comparados aos Joy Division, Echo & the Bunnymen, Interpol: The Back Room (2005) e An End Has a Start (2007). 

Foi a partir de In This Light and on This Evening, editado em 2009, que a banda começou a adotar uma postura mais eletrónica e sintética, tendo daí resultado o grande êxito “Papillon”, perdendo algum fulgor com os álbuns de estúdio que se seguiram.  

Com atuação marcada para o dia 24 de agosto, são esperados temas como “Munich”, "An End Has A Start", “Smokers Outside the Hospital Doors”, assim como alguns temas do seu sexto disco de estúdio editado em março do presente ano, Violence





O festival conta também no seu cartaz com nomes como The Pretenders, IncubusJames, dEUS, PiLCrystal Fighters, John Cale, entre outros. O passe geral tem o preço de 70€, enquanto os bilhetes diários custam 35€. Os bilhetes podem ser aqui adquiridos. 

0 comentários:

Enviar um comentário