terça-feira, 9 de outubro de 2018

Programação: At The Rollercoaster - último trimestre de 2018

Iceage © Steve Gullick

The Soft Moon, Iceage, Wire e Public Service Broadcasting são alguns dos nomes de peso que integram a programação da promotora At The Rollercoaster para os últimos três meses do ano. A promotora portuense que se expandiu este ano também à capital regressa já no final desta semana aos palcos com The Soft Moon e Whispering Sons, mas já na próxima quarta-feira (10 de outubro) teremos mais um nome icónico da música industrial a ser revelado para 2019. Até lá é fazer o flashback do que poderemos acompanhar ainda este ano.

OUTUBRO

THE SOFT MOON + WHISPERING SONS

12 de outubro - RCA Club, Lisboa
13 de outubro - Hard Club, Porto 


The Soft Moon, o projeto liderado pelo multi-instrumentista Luís Vasquez chega a Portugal para apresentar o seu mais recente disco de estúdio, Criminal, que carrega um som desagregador resultante dos auto conflitos criados na sua mente. Consequentemente é o trabalho mais auto-reflexivo do artista até à data e o primeiro na conceituada casa Sacred Bones

A abertura do concerto fica ao cargo dos belgas Whispering Sons que regressam a Portugal cinco meses depois de terem tocado com os Second Still. É a terceira vez que a banda toca no Hard Club, desta feita para apresentar o novo disco de estúdio, Image que chega às prateleiras esta sexta-feira, 12 de outubro.

Os bilhetes para ambos os concertos custam 20€. As informações adicionais para o concerto de Lisboa seguem aqui e para o concerto no Porto, aqui.




ICEAGE + TEREBENTINA

26 de outubro - Hard Club, Porto | 21h00


Os Iceage atuam no país, pela primeira vez em nome próprio, no final do mês de outubro para atuar também pela primeira vez na cidade do Porto. A banda de Elias Bender Rønnenfelt apresenta ao público português Beyondless, o quarto disco de estúdio que explora novos territórios sonoros, mantendo o rico caráter dos começos impetuosos da banda.  Desde New Brigade (2011), um álbum que assume um punk delinquente e juvenil, cheio de condenação fria e distante, a You're Nothing (2013) com a voz de Elias ainda pouco incisiva, seguiu-se Plowing Into The Field Of Love (2014) que os levou a conquistar uma posição muito acarinhada pelos mais diversos tipos de público a nível mundial. Agora com Beyondless, há espaço para uma produção de luxo que poderá ser disfrutada ao vivo no final do outubro. O concerto no Porto conta com os Terebentina na abertura.

Os concertos no Hard Club, Porto têm um preço de 17€. Todas as informações relativas a este concerto encontram-se aqui. A banda dinamarquesa também atua no dia seguinte, 27 de outubro, em Lisboa, num concerto inserido no Jameson Urban Routes



NOVEMBRO

WIRE 

23 de novembro - RCA Club, Lisboa
24 de novmbro - Hard Club, Porto | 21h00



Os Wire, banda de rock britânico formada em 1976, percussora do movimento post-punk e uma das primeiras banda de punk-rock a misturar as suas sonoridades com conceitos artísticos, estão de regresso a Portugal para dois concertos a acontecer no final de novembro. Os Wire influenciaram e continuam a influenciar imensas bandas a nível mundial e o seu marco de carreira, o álbum de estreia Pink Flag (1977), foi tido como um álbum original para a data dada a abordagem punk minimalista, combinada com estruturas pouco ortodoxas. Os Wire regressam ao país, dez anos depois de terem tocado em Serralves, com cinco novos álbuns na bagagem, Red Barked Tree (2010), Change Become Us (2013), Wire (2015), Nocturnal Koreans (2016) e Silver/Lead (2017). 

Os bilhetes para ambos os concertos têm um preço único de 22€. Todas as informações adicionais para o concerto em Lisboa aqui e no Porto aqui.


DEZEMBRO

PUBLIC SERVICE BROADCASTING

2 de dezembro - LAV, Lisboa
3 de Dezembro - Hard Club, Porto


Conhecidos pelas suas transmissões audiovisuais ao vivo que difundem amostras de antigos programas de rádio e televisão, material de arquivo e material de propaganda, enquanto ensinam as lições do passado através da música do futuro, os Public Service Broadcasting regressam a Portugal no início do mês de dezembro para nos apresentarem as canções do mais recente disco Every Valley (2017). O trio que junta J. Willgoose Esq. na guitarra, banjo, samples e outros instrumentos de corda, Wrigglesworth na bateria, piano e JF Abraham no fliscorne, baixo, percussão entre outros instrumentos, apresenta no Porto e Lisboa um disco que retrata a história de uma classe trabalhadora marginalizada numa época de turbulência distante, através de um espetáculo audiovisual que promete ser um dos grandes do ano.

Os concertos para os concertos no Porto e em Lisboa têm um preço de 22€. Todas as informações adicionais do concerto em Lisboa seguem aqui e no Porto podem encontrar-se aqui.


Além destes concertos que ocorrem até ao final de dezembro está já marcado para 2019 o regresso dos Echo & The Bunnymen, em dois concertos agenciados pela At The Rollercoaster. Informações adicionais aqui.

0 comentários:

Enviar um comentário