sexta-feira, 20 de julho de 2018

Voivod com novo disco e data em Portugal


Os Voivod irão coroar o seu 35º aniversário com um novo trabalho, The Wake, e com uma passagem por Portugal. Os canadianos irão passar pelo Hard Club (Porto) no dia 26 de setembro, tendo os gregos Nightrage como banda de abertura. Os bilhetes para o concerto, organizado pela Garboyl Lives, estão já disponíveis por 14€ (18 no dia).

O novo disco chega dois anos após o mini-álbum Post Society e cinco anos após Target Earth, mas não deverá fugir da típica sonoridade do grupo, que deambula pela vertente mais progressiva do thrash metal. Em baixo poderão ouvir a primeira amostra de The Wake, "The Obsolete Being".




O lançamento de The Wake está marcado para 21 de setembro, pela Century Media. A artwork, que podem ver em baixo, foi novamente criada pelo baterista Michel “Away” Langevin.



The Wake tracklist:
1. Obsolete Beings
2. The End Of Dormancy
3. Orb Confusion
4. Iconspiracy
5. Spherical Perspective
6. Event Horizon
7. Always Moving
8. Sonic Mycelium

+

Reentré da ZDB com Jasss, No Age, Kara-Lis Coverdale e muito mais

700 Bliss, Kara-Lis Coverdale, No Age, JASSS, Lean Left, Steve Gunn, FIRE! de Mats Gustafsson, Tzusing e Filipe Sambado são os destaques da rentrée da ZDB.


Foi hoje revelado o programa de concertos dos meses de setembro e outubro da Galeria Zé dos Bois. A iniciar a reentré, dia 5 de setembro, estará uma noite no feminino dedicada a alguns dos projetos mais vitais da produção eletrónica contemporânea. 700 Bliss (duo de Filadélfia que une a poesia de Moor Mother aos beats da produtora Dj Haram), Kara-Lis Coverdale, que se apresenta novamente na ZDB com o belíssimo Grafts (de 2017) e Van Ayres celebram o início da temporada 2018/2019.




No dia 8, Filipe Sambado regressa a casa para uma ode à amizade onde se interpretam temas dos diversos projectos da banda (Primeira Dama, Alek Rein, C de Crochê), prosseguindo a noite com um concerto em banda de Filipe Sambado & Os Acompanhantes de Luxo.


No dia seguinte o músico Remna, que acabou de chegar de Cabo Verde, apresentaráa sua música a solo pela primeira vez em Lisboa. Consigo traz duas convidadas muito especiais: Sara Tavares e Tété Alhinho.


Um dos claros destaques da programação vai para os norte-americanos No Age, que marcam o regresso a Portugal com dois concertos de apresentação do mais recente Snares Like a Haircut, o primeiro disco do duo sob a cinta da Drag City. O concerto em Lisboa decorre dia 11 de setembro e traz não só o duo composto por Randy Randall e Dean Spunt, mas também a fúria dos britânicos Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs e ainda o a pop solarenga de Sun Blossoms.




A 13 de setembro JASSS ( que marcou presença com uma poderosa performance na oitava edição dos Jardins Efémeros)  apresentará o trabalho desenvolvido em residência de criação artística na ZDB em colaboração com o Matadero Madrid. O seu trabalho tem como foco a experimentação de som e de espaços, trabalhando em vários projectos, incluindo peças electroacústicas, concertos e performances audiovisuais. 

Nos dois dias que se seguem (14 e 15 de Setembro) a ZDB apresenta 2 dias com os Lean Left de Ken Vandermark, Terrie Ex, Andy Moor e Paal Nilssen-Love para dois dias de apresentações em formatos variáveis e  com a presença de vários músicos locais ainda por confirmar.


Ainda em setembro, tempo para a estreia nacional de Gunn-Truscinski Duo, o duo formado pelo guitarrista Steve Gunn e o baterista John Truscinski que nos traz o mais recente Bay Head (editado em 2017 pela Three Lobed Recordings). No dia 28 do mesmo mês escutar-se-á no Aquário Volume VI – The Sun Rises In Your Tummy & Other Christmas Illuminations, o novo álbum de Filipe Felizardo & The Things Previous a ser editado nesse mesmo dia cujo resultado nasce de uma residência iniciada no ano transacto, partindo de uma banda base formada por Filipe Felizardo e por Tiago Silva nas guitarras, Gabriel Ferrandini e Raphael Soares na percussão e André Gonçalves nos sintetizadores, com design de luz de António Júlio Duarte. O mês termina com a apresentação de Punk Academics o novo disco dos Cave Story.


Em Outubro, dia 5, os FIRE! de Mats Gustafsson, Johan Berthling e Andreas Werlin marcam a sua estreia na ZDB para apresentar o incrível The Hands, disco que figura a nossa lista dos melhores álbuns deste primeiro semestre. Dia 17 o produtor de techno Tzusing atua pela primeira vez em Portugal. O melhor da folk chega nos dias 24 com Meg Baird & Mary Lattimore (que interrompem a tour com Kurt Vile para esta actuação) e 26 com Olden Yolk, novo projecto de Shane Butler (Quilt) com Caity Shaffer. 




A estes nomes juntam-se os já anteriormente anunciados Ryley Walker (22 Novembro) e Kikagaku Moyo (3 de Dezembro).

+

STREAM: Forgotten, Abandoned, Desolated - Distorted Void Compilation


A jovem editora russa Distorted Void voltou este mês aos lançamentos através da compilação Forgotten, Abandoned, Desolated. Esta edição conta com oito temas de artistas distintos mas que têm em comum a exploração dos reinos do dark ambient e drone, e que poderiam facilmente servir como banda sonora dos trabalhos de realizadores como Maya Deren ou Guy Maddin

Cada faixa é uma excelente amostra da sonoridade de cada artista e recomenda-se a audição dos seus restantes trabalhos, como os novíssimos reworks de duas composições de Atrium Carceri pelo projeto NERATERRÆ, o disco Deathscapes do grupo Psionic AsylumOsclltr​/​/​/​/​012 dos escoceses Silent Chaos, o já extenso catálogo de Noctilucant ou Dark voice Of Angelique, ou ainda os álbuns mais recentes de Moloch Conspiracy e Urs Wild, ambos editados pela Eighth Tower Records.

Poderão escutar os oito temas de Forgotten, Abandoned, Desolated em baixo.



+

Blood Orange anuncia novo álbum, Negro Swan

Nick Harwood ©
O produtor e compositor Devonté Hynes, mais conhecido no mundo da música pelo nome de Blood Orange, vai editar no final de agosto o seu quarto álbum de estúdio. Intitulado Negro Swan, o sucessor de Freetown Sound (2016) chega às lojas a 24 de agosto com o selo da Domino Records. O anúncio deste novo trabalho veio acompanhado da artwork (em baixo) e das datas da tour do artista na América do Norte e Europa nos próximos meses. Por enquanto não há passagem anunciada por Portugal.


Sobre Negro Swan, Dev afirmou na press release que:
"O meu álbum novo é uma exploração da minha e dos muitos tipos de depressão negra, um olhar honesto dos cantos da existência negra e as ansiedades constantes dos gays e das pessoas de cor. Um retorno à infância e aos traumas modernos, e as coisas que fazemos para superar isso tudo. A linha condutora de cada peça do álbum é a ideia de esperança, e as luzes que podemos tentar ligar dentro de nós com um resultado esperançosamente positivo de ajudar os outros a sair da escuridão".

O artista lançou em fevereiro as músicas "Christopher & 6th" e "June 12th" como modo de celebração do Mês da História Negra, as quais não farão parte de Negro Swan.

+

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Vreid anunciam o seu oitavo disco, Lifehunger


Os Vreid, formados em 2004 depois do falecimento de Valfar que ditou o fim dos Windir, acabam de anunciar a edição de Lifehunger, que chega três anos após Sólverv. Os noruegueses parecem continuar inspirados, com Lifehunger a ser já o oitavo longa-duração do seu repertório, que maioritariamente se carateriza como black metal melódicoPodem já escutar uma primeira amostra do disco através do seu tema homónimo.


Lifehunger tem lançamento marcado para 28 de setembro pela Season Of Mist, sendo possível fazer pre-order aqui. Em baixo poderão ver a tracklist e magnífica artwork que acompanhará o álbum. 



Lifehunger tracklist:

1. Flowers & Blood
2. One Hundred Years
3. Lifehunger
4. The Dead White
5. Hello Darkness
6. Black Rites In The Black Nights
7. Sokrates Must Die
8. Heimatt

+

Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs em Portugal


Depois da sua passagem pela edição de 2016 de Reverence Valada e pelo Milhões de Festa do ano transacto, eis que os Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs regressam ao nosso país ainda este verão. A banda de Newcastle Upon Tyne encontra-se neste momento a ultimar King of Cowards — o seu vindouro LP — com data de lançamento prevista para o dia 28 de setembro deste ano. Espera-se que o coletivo apresente alguns temas deste disco ao vivo e que re-visite o ainda fresco Feed The Rats. Os Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs tocam no dia 11 de setembro na Galeria Zé dos Bois em Lisboa (uma data que partilham com os No Age), no dia 12 sobem ao Porto para uma atuação nos Maus Hábitos e, no dia 13, vão até ao Vitória Pub em Bragança. 

+

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Cat Power regressa com Wanderer

Eliot Lee Hazel

Chan Marshall, mais conhecida como Cat Power, está de regresso às edições com Wanderer, seis anos após o lançamento de Sun. A americana anunciou também várias datas de promoção do novo disco mas por agora não há passagem marcada por Portugal, onde atuou pela última vez em 2015. Em baixo poderão ver o trailer do disco, que contém um excerto da sua música homónima.



Wanderer será editado a 5 de outubro pela Domino, com pre-order disponível aqui.



Wanderer tracklist:
1. Wanderer
2. In Your Face
3. You Get
4. Woman (feat. Lana Del Rey)
5. Horizon
6. Stay
7. Black
8. Robbin Hood
9. Nothing Really Matters
10. Me Voy
11. Wanderer / Exit

+

Anaal Nathrakh trazem-nos A New Kind of Horror


Os Anaal Nathrakh, duo formado por Dave Hunt e Mick Kenney, vão editar novo disco no próximo mês de setembro. A New Kind of Horror sucede a The Whole Of The Law, de 2016, e deverá continuar a explorar o espetro já habitual da banda, que contém elementos de black metal, industrial e grindcore. Em baixo poderão escutar o monstruoso "Forward!", o primeiro single do décimo álbum dos britânicos.



A New Kind Of Horror será lançado a 28 de setembro pela Metal Blade.



A New Kind Of Horror tracklist:
1. The Road To…
2. Obscene as Cancer
3. The Reek of Fear
4. Forward!
5. New Bethlehem/Mass Death Futures
6. The Apocalypse Is About You!
7. Vi Coactus
8. Mother of Satan
9. The Horrid Strife
10. Are We Fit for Glory Yet? (The War to End Nothing)

+

Revocation atuam no Porto no final do ano


Os Revocation irão atuar no Hard Club, no Porto, a 12 de dezembro pela mão da SWR inc.. Os americanos trarão consigo três acompanhantes de luxo da atual cena do technical death metal: Archspire, Rivers of Nihil e Soreption. O pretexto é a apresentação do seu sétimo disco, The Outer Ones, que será editado no próximo mês de setembro e do qual podem escutar uma amostra em baixo.


Os canadianos Archspire irão apresentar o seu terceiro álbum Relentless Mutation, lançado no ano passado, enquanto que oRivers of Nihil trarão consigo um dos melhores discos do ano até à data, Where Owls Know My Name. Os suecos Soreption deverão também trazer novo material consigo, com o lançamento de Monument of the End a estar previsto para os próximos meses.

Os bilhetes para o evento estão já à venda e têm o preço de 20€ (23€ no próprio dia).

+

HHY & The Macumbas anunciam novo álbum, Bedheaded Totem

©Mariana Vasconcelos
O enigmático ensemble portuense HHY & The Macumbas anunciou hoje o lançamento do seu terceiro registo discográfico. Bedheaded Totem marca a estreia do coletivo pela House Of Mythology (casa dos mais recentes discos de Ulver e ZU), e sucede o claustrofóbico disco de estreia Throat Permission Cut, de 2015. Nas palavras de Jonathan Saldanha "Bedheaded Totem continua uma longa investigação sobre percussão, ritmos circulares, estratégias dub e metais vindos das marchas portuguesas movidas a álcool ”. 

Bedheaded Totem chega às prateleiras dia 28 de setembro e o pre-order do disco pode ser efetuado aqui. Aproveitem também para assistir a um curto trailer desta nova aventura dos HHY & The Macumbas, disponível em baixo.



+

Mais 9 nomes para o Mihões de Festa 2018


São nove os nomes que se juntam esta semana ao cartaz da décima primeira edição do Milhões de Festa.

Destaque para o regresso dos Electric Wizard ao festival que os acolheu pela primeira vez em Portugal (em 2010), às estreias em Barcelos das entidades Circle e The Heliocentrics e a novidade 700 Bliss (o projecto que junta Moor Mother a DJ Haram). Pelos palcos do recinto passará ainda o punk explosivo do trio russo Mirrored Lips, o stoner de Pharaoh Overlord e o post-rock dos barcelenses Indignu. Cumprindo com a anunciada vontade de reforçar a componente imersiva das apresentações, confirmam-se ainda as estreias do mais recente trabalho de Natalie Sharp (Lone Taxidermist) e o ritual imprevisível dos UKAEA (United Kult of the Animist Endgame Apostles).


O Milhões de Festa regressa de 6 a 9 de setembro.

+

Matt Hollywood & The Bad Feelings em Portugal


Matt Hollywood é um guitarrista e compositor norte-americano. É também um dos membros fundadores dos Brian Jonestown Massacre, uma verdadeira instituição no contexto do rock psicadélico. E este verão, ele e os Bad Feelings — compostos por Kacey Barns e por Bobby Hecksher e Jason "Plucky" Anchondo (ambos membros activos dos Warlocks) — estreiam-se em Portugal. A banda editou esta primavera o seu primeiro disco — um LP homónimo — o qual esperamos que interpretem na sequência da sua vindoura tour europeia, bem como alguns temas dos Brian Jonestown Massacre escritos por Matt. O quarteto passa pelo Jardim das Portas do Sol em Santarém no dia 13 de setembro para participarem numa Cartaxo Session a meias com os Pretty Lightning. No dia seguinte, descem até Lisboa para tocar no Musicbox.

+

terça-feira, 17 de julho de 2018

Os Pretty Lightning regressam a Portugal

Photo by Daniel Fuchs

Os Pretty Lightning regressam a Portugal ainda este verão depois da sua passagem pela edição do ano passado do Reverence Valada. Com o LP The Rhythm of Ooze ainda fresco, a dupla irá andar de norte ao centro do nosso país. No dia 13 de setembro, os alemães tocam no Jardim das Portas do Sol em Santarém, numa Cartaxo Session que será partilhada com o Matt Hollywood & The Bad Feelings. No dia seguinte (14 de setembro) os Pretty Lightning tocam no Barracuda - Clube de Roque. No dia 15 de setembro, a dupla desce até Lisboa para tocar no Sabotage Club, noite em que dividem as honras do palco com os Asteroid No.4.

+

Pinkshinyultrablast em Portugal


É este ano que os Pinkshinyultrablast finalmente se estreiam em Portugal. Os porta-estandartes do shoegaze russo lançaram este ano Miserable Miracles, um álbum que se aventura pela dream-pop, pintando paisagens sonoras mais idílicas e coloridas que os seus antecessores (a título de exemplo, deixo aqui o videoclip de "Dance AM"). O trio baseado em São Petersburgo passa pelo Maus Hábitos no dia 20 de novembro (um concerto com a mão da Floc de Neu booking) rumando no dia seguinte (21 de novembro) a Lisboa, para atuarem no Sabotage Club

+

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Revelada programação do Jazz na Relva do Paredes de Coura


O palco Jazz na Relva do Vodafone Paredes de Coura, localizado perto do campismo e do rio, já tem cartaz. Falta o jazz que seria de esperar, mas não falta talento nacional. Entre os artistas que irão subir ao palco estão Galo Cant'às Duas, Vaarwell e Penicos de Prata

O cartaz para o recinto conta com artistas como Arcade FireSlowdiveKing Gizzard & the Lizard WizardFrankie CosmosFleet Foxes e Big Thief. A 26ª edição do festival decorre de 15 a 18 de agosto na Praia Fluvial do Taboão e bilhetes gerais encontram-se à venda por 100 euros, enquanto que os diários custam 50 euros.

+

Animal Collective anunciam novo álbum audiovisual, Tangerine Reef



Os rumores sobre o novo álbum dos Animal Collective confirmam-se. A banda natural de Baltimore já o teria confirmado após uma fuga de informação por parte do website da Fnac, que anunciou o sucessor de Painting With antes do tempo.

O anúncio é agora oficial: Tangerine Reef chega às prateleiras no dia 17 de agosto via Domino, e vem no seguimento de "Coral Orgy", uma performance que juntou Avey Tare, Deakin e Geologist ao duo Coral Morphologic para uma sessão de música inédita inspirada pelos recifes de coral. O álbum duplo vem acompanhado de trabalho audiovisual, disponível para visualização no website da banda no mesmo dia da sua edição.

“Hair Cutter” é o primeiro avanço de Tangerine Reef  e pode ser escutado em baixo, onde encontrarão também o trailer e a tracklist do respetivo álbum. Para além disso, o single vem acompanhado de um videoclip dirigido pelos Coral Morphologic e John McSwain (disponível via Apple Music).



Tangerine Reef

01 Hair Cutter 
02 Buffalo Tomato 
03 Inspector Gadget 
04 Buxom 
05 Coral Understanding 
06 Airpipe (To a New Transition) 
07 Jake and Me 
08 Coral by Numbers 
09 Hip Sponge 
10 Coral Realization 
11 Lundsten Coral 
12 Palythoa 
13 Best of Times (Worst of All)

+

SonicBlast Moledo com cartaz encerrado


Nos dias 10 e 11 de Agosto, o SonicBlast volta a Moledo para mais uma edição. O cartaz fica agora completo com a confirmação de Electric Octopus, The Wizards, Astrodome, Talea Jacta e Desert'smoke. Estes nomes juntam-se ao restante cartaz já anunciado, incluíndo nomes como Earthless, Kadavar, Causa Sui, Ufomammut, Naxatras, entre outros.

Estas 5 novas confirmações vêm fechar o cartaz oficial para a 8.ª edição do SonicBlastNo total passam mais de 22 bandas de rock psicadélico e stoner em Moledo, numa edição que está já perto de esgotar. A edição de 2017 esgotou dias antes da abertura do Festival.

O Centro Cultural de Moledo volta a acolher o Festival e o recinto é composto por dois palcos: o principal, onde alguns dos maiores nomes do cartaz vão atuar pela noite dentro, e o secundário, que conta com a habitual piscina na plateia e que abre o Festival no dia 10 e 11 de agosto.

As sessões de Warm-Up estão também de volta. Estes concertos gratuitos que festejam o regresso de mais uma edição do SonicBlast realizam-se a 9 de agosto, dia que antecede a abertura das portas do Festival, na praia de Moledo. O cartaz das Warm-Up Sessions serão anunciados muito em breve.

O passe geral do SonicBlast custa 55€ mas será atualizado já no final deste mês. A 1 de agosto, o preço para o passe geral aumenta para 60€. Os bilhetes diários custam 35€.

+

7 ao mês com FERE


Nesta edição do 7 ao mês subimos até ao norte para ficar a conhecer as escolhas do quarteto de post-metal formado por Jaime Manso, João Pedro Amorim, José Pedro Alves e Pedro Alves. Os FERE editaram no passado mês de março o seu álbum de estreia, Montedor, com o selo da Ranging Planet.


Converge - Wretched World


Um excelente exemplo de como uma banda de peso (e neste caso, hardcore) consegue fazer uma música super simples e super bonita, que serve de banda sonora para qualquer momento.

João Pedro Amorim

Pelican - Final Breath


Mais uma música muito bonita, feita por uma banda de peso. Neste caso a única música desta banda com voz e está fenomenal, na minha opinião. É mesmo um final breath, como última música de um excelente álbum!

João Pedro Amorim 

ISIS - Weight 


Para mim um grande exemplo de contensão/progressividade. E porque cada vez que ouço dou por mim a curtir como se fosse a primeira vez que estivesse a ouvir \m/.

Jp Alves

Wu-Tang Clan - C.R.E.A.M.


Porque tambem faz parte.

Jp Alves

Russian Circles - 309 


Das texturas etéreas ao sufoco dos riffs de guitarra, das águas calmas à tempestade do baixo, passando por uma bateria que não nos permite pausas no ritmo e na imprevisibilidade. "309" dos Russian Circles é um bom exemplo de como caminhar da contenção à explosão.

Pedro Alves 

YOB - Adrift in the Ocean 


Encontramos o oceano dos YOB numa promessa de caminho solitário e navegante que, enganador, nos encaminha para o reverberar pesado, trágico e denso da procura de um rumo. Grande música de uma grande banda.

Pedro Alves

KING WOMAN - I Wanna Be Adored (The Stone Roses Cover)


Normalmente não gosto de covers. Normalmente as cover são piores que o original, então porquê fazer uma?... 
Depois escolher uma música, sou uma pessoa muito decidida até me pedirem para escolher. Foram horas, sem qualquer hipérbole, para chegar a estar música entre as centenas de que gostaria de partilhar convosco. Esta é capaz de ser a única cover, pelo menos que tenha presente, melhor que a música original. A música original, dos Stone Roses, do álbum com o mesmo nome de 1989. Aqui, a banda de Kristina Esfandiari, faz um trabalho assombroso, juntando-lhe a este pacto com o diabo todo o veneno necessário com a sua voz e um instrumental oleoso e rastejante, como se quer pelos lados da negritude universal.

Jaime Manso 


As escolhas dos FERE não se ficam por aqui. Os mais curiosos podem ouvir em baixo uma playlist criada pela banda. Aproveitem! 

+