segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Morrissey partilha sete segredos sobre a indústria musical


Morrissey passa hoje em Portugal,e, por mais inacreditável que seja, o músico não se encontra apaixonado pela indústria da música. Em tour Europeia, e numa entrevista ao jornal espanhol El País Morissey falou sobre "os sete segredos" da indústria da música. Embora, nas traduções, as palavras não pareçam 100% ditas pelo ex-vocalista dos The Smiths, aqui ficam os sete tópicos.

1 - O número um dos tops é normalmente comprado.
2 - Uma editora pode assinar com um artista para o poder enterrar.
3 - Uma empresa emite um comunicado à imprensa dizendo que a sua nova descoberta já vendou 30 milhões de discos, quando afinal o valor real é 30.000, mas os meios de comunicação tomam essa informação como facto real.
4 - A editora/selo esforça-se para não pagar nada, movendo todas as depesas para o artista, de modo a que os seus lucros são benefícios limpos.
5 - Antes de ouvir um disco, os "executivos" já decidiram se este vai ou não triunfar no mercado.
6 - Os chefes são todos homens. As mulheres que trabalham na indústria musical serão sempre meninas, mesmo que tenham 52 anos.
7 - Os Grammy Awards são previamente divididos pelas editoras, de modo a que os seus directores possam presumir que eles são bons.

Para os mais curiosos podem ler o artigo original aqui. E para os que hoje se deslocam a Lisboa, bom concerto!


0 comentários:

Enviar um comentário