segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Reportagem: B Fachada [Musicbox - Lisboa]


21 de dezembro 2014, meia-noite e quinze. B fachada sobe ao palco de um Musicbox cheio, empunhando um banana na sua mão direita; "é para as cãibras" justificou. De braguesa na mão e ironia à parte, "O Fim" abre as hostes  a uma noite que se adivinhava de gala e o público presente a não desiludir, acompanhando Fachada ao longo de toda a música.

Seguiu-se "Mana"; e, no final deste tema, Bernardo pega na boá de lantejoulas douradas atirada para o palco e continua a encantar a pequena sala do Cais do Sodré (a esta altura, já lotada), com a sua "Boa Nova". Querendo "aquecer o mood"; Fachada tira a camisola, atira balões para o público e pega no seu "Pifarinho" e em "Dá Mais Música À Bófia" para por "a malta a dançar". A noite toma uma nova cor, um tom mais leve e upbeat que anteriormente, agora com o público a saltar e a dançar.


Preparava-se então para continuar a percorrer o seu último registo , não tivesse este feito um compasso de espera e apontado para o seu nariz, sorrindo e dizendo: "então é isso que vocês querem" . Sem mais nem menos, "Quem Quer Fumar Com O B Fachada" enche a sala e o público volta colmatar todas a lacunas deixadas em branco pelos coros . Seguiram-se “Afroxula” e “Cruz” . Entre músicas e no meio do misto que são os gritos e os assobios dos fãs, ouve-se um: bernardo, toca a “Deus,  Pátria e Família”, ao que este responde que esse é o seu “melhor trabalho à braguesa”; acabando mesmo por começar a tocar a dita cuja mas parando a meio, defendendo-se com um “era só um cheirinho” para os presentes.


É com “Fandango  Ensaiadinho”  que B acaba o concerto, e  se retira.  O público não desiste, aplaudindo-o , e esperando o seu regresso.  Fazendo-se acompanhar de cigarro e um sorriso, Fachada volta e tira do bolso “Não Pratico Habilidades” e “Há Festa Na Moradia”. Esperava-se então que o concerto ficasse por aqui, no entanto, o público não cedeu. B Fachada volta um última vez e agora para dedicar este tema final ao seu falecido avô . Num momento de tom solene, o silêncio tomou conta da sala para se ouvir “Cabelo Branco É Saudade” do grande Alfredo Marceneiro .

É com um obrigado tímido que Bernardo Fachada  agradece aos “amigos” que estiveram presentes e se despede dos demais; num concerto que percorreu a carreira deste cantautor português de ponta-a-ponta , é difícil sair desiludido. 

Obrigado nós Bernardo, até para o ano!

SETLIST:

O Fim
Mana
Boa Nova
Pifarinho
Dá Mais Música a Bófia
Quem Quer Fumar Com O B Fachada
Camuflado
Afroxula
Cruz
Mano
Joana Transmontana
Deus, Pátria e Família (introdução) 
Fandango Ensaiadinho

ENCORE:

Não Pratico Habilidades
Há Festa Na Moradia

ENCORE 2:


"Cabelo Branco É Saudade" de Alfredo Marceneiro

0 comentários:

Enviar um comentário