sábado, 9 de maio de 2015

Reportagem: Ghob + Ana Paris – Barba Rija [Aveiro]

O Porto foi bem representado, no passado dia 29 de Abril, pelas bandas presentes, Ghob e Ana Paris, num evento que tentou trazer até Aveiro, no Barba Rija, uma boa dose de stoner. E, embora não seja preciso dizer, cumpriu com o objectivo. Fora do bar, já se ouvia uma onda caótica de breaks, riffs com andamentos em tempo médio e compassos a esbater o hard rock. 
Ghob foram os primeiros a entrar em palco, a dar de caras com uma pequena multidão, que sabe o que vai ouvir. E logo de rompante, apresentam-nos a sua sonoridade em estado bruto de tons a elevar o stoner metal. Um concerto que não deu tempo para ganhar fôlego, no bom sentido da expressão. Mais que música, a banda conseguiu mostrar um sentido de camaradagem e ofereceu uma preponderância única ao público, factor chave neste tipo de concerto, a elevar a magia da despreocupação responsável do rock. Por outras palavras, foi uma viagem alucinante que estes rapazes ofereceram, mantendo as pessoas num estado imersivo. 

Em tons mais negros e introspectivos, os Ana Paris mostraram um stoner rock num mood mais psicadélico, com distorções graves nas cordas. Se por um lado tornou o evento com uma diversidade mais pragmática, por outro, tornou a imersão bem mais densa. De notar uma grande presença de Miguel Vieira em palco, dando um misto de mistério com um negrume conciliável ao estilo musical, de megafone na mão, cuja voz ecoou e rebentou o espírito do espaço do Barba Rija
É de louvar quem teve coragem para organizar este evento numa cidade como Aveiro, que peca por possuir poucas bases e locais para mostrar o que o mercado Underground musical português tem de melhor. Dessa forma, esperamos por mais iniciativas como esta e que esta onda efusiva volte em boas marés à cidade aveirense.

Texto e Fotografia: Mário Jader

0 comentários:

Enviar um comentário