quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Fausto Bordalo Dias leva A Trilogia até Coimbra


A Trilogia de Fausto Bordalo Dias, composta por Por este rio acima, Crónicas da Terra Ardente e Em Busca das Montanhas Azuis, será apresentada dia 5 de Janeiro no Convento de São Francisco, em Coimbra, com organização da Ao Sul do Mundo.

Fausto Bordalo Dias é um nome que dispensa apresentações no panorama português. Tal como muitos cantautores portugueses da década de 70, inicia a carreira algures entre o pop e a música de intervenção, contando com colaborações com José Mário Branco e Sérgio Godinho. No entanto, foi em 1982 que Fausto começa uma viagem de redescoberta dos descobrimentos em três atos. 

Em 1982, Por este rio acima, o primeiro testemunho desta demanda inspirado pela Peregrinação de Fernão Mendes Pinto, é editado. Nele, Fausto reafirma-se como uma espécie de Fabrizio de André português, um Chico Buarque lusitano. Neste registo, a capacidade lírica e musical de Fausto é coberta com um camada de música popular portuguesa sem perder o seu encanto. 

A viagem tardou em ser concluída, mas em 1994, passa pelo nascer das Crónicas da Terra Ardente, o segundo ato, desta vez sobre as viagens dos navegadores portugueses. É neste registo que nos apercebemos que esta trilogia não nos carrega apenas pelo caminho dos navegadores portugueses: o progresso pelo estado da música contemporânea também se faz sentir nas composições de Fausto. Sintetizadores e guitarras electro-acústicas fazem-se ouvir ao longo destas Crónicas, mantendo ainda assim a música popular portuguesa e a voz de Fausto como porta-estandarte. 

Em 2011 a viagem termina com Em Busca das Montanhas Azuis, quase 30 anos depois da partida. Agora, Fausto relembra a viagem. O terceiro concerto desta tour portuguesa que já passou pelo Porto e Lisboa, será no Convento de São Francisco, em Coimbra, no dia 5 de janeiro, onde Fausto irá com certeza provar a intemporalidade da sua Trilogia.

0 comentários:

Enviar um comentário