segunda-feira, 11 de março de 2019

Orchestral Manoeuvres In The Dark regressam a Portugal em outubro


Os Orchestral Manoeuvres In The Dark estão de volta a Portugal para a celebração do seu 40º aniversário. Quatro décadas após o lançamento do aclamado single de estreia, "Electricity", os autores de "Enola Gay" regressam a Portugal para duas datas a ter lugar dias 15 e 16 de outubro, na Aula Magna, em Lisboa, e na Casa da Música, no Porto, respetivamente. 

Com mais de uma dezena de álbuns editados, de onde constam marcos como Organisation (1980), Architecture & Morality (1981) ou Dazzle Ships (1983), os OMD são reconhecidos como uma das bandas fundamentais da música pop praticada na década de 1980. O britânico The Quietus, por exemplo, descreve a banda não como uma das melhores bandas de synth pop, mas sim como uma das melhores bandas de sempre, sendo regularmente citados como inspiração para nomes como The XX, Future IslandsJames Murphy ou qualquer outra banda com um carinho especial pela música de sintetizadores.

Os bilhetes para os concertos estão à venda a partir de dia 14 de Março, em bol.pt e locais habituais e os preços variam entre os 26€ e os 37€. 

0 comentários:

Enviar um comentário