sexta-feira, 1 de março de 2019

Puce Mary junta-se à programação do Maus Hábitos



Puce Mary é Frederikke Hoffmeier, música e compositora dinamarquesa que irá passar pelo Porto, dia 19 de março, para a segunda de duas datas pelo país. Depois de ter sido adicionada à programação da Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, Hoffmeier junta-se agora ao programa do mês de março do Maus Hábitos para uma performance de apresentação do mais recente disco The Drought, a estreia da dinamarquesa sob a cinta da conceituada editora germânica PAN (casa-mãe para artistas como Yves Tumor, Amnesia Scanner ou Pan Daijing). Este marca o regresso da artista à cidade do Porto, onde atuou pela última vez em 2016 no Understage do Teatro Municipal Rivoli.

O trabalho de Hoffmeier ramifica-se numa miríade de projetos de renome, desde as explorações artísticas de Elias Ronnefelt com os seus Marching Church às afiliações a selos como a Posh Isolation, onde edita grande parte do seu trabalho e por onde atingiu maior falatório a nível global, nomeadamente com o lançamento de The Spiral, em 2016, que a levou a integrar as listas de melhores do ano para a Wire e o The Quietus. Agora, com The Drought, assistimos a uma nova fase na carreira da produtora, mais matura e calculada, explorando teias densas de sintetizador e narrativas intrigantes em spoken word. Um universo singular a ser experienciado ao vivo nas próximas semanas.


0 comentários:

Enviar um comentário