sábado, 13 de abril de 2019

The Star Pillow surpreende em nova edição, Music For Sad Headbangers


The Star Pillow, o projeto a solo do italiano Paolo Monti, lançou no passado mês de março uma das suas mais seminais obras de carreira, o longa-duração Music For Sad Headbangers. O disco de seis temas, que se apresenta como a mistura pessoal mais abrangente do artista até à data, vem dar sucessão ao EP Quattro Dialoghi Fuori Campo - editado em janeiro deste ano - e mistura as habituais dissonâncias do drone-ambient, incorporando-lhes as camadas densas do post-rock e muita emoção no seu conteúdo.

Inaugurado de forma astuta com a incrivelmente bem estruturada "Bruno Martino is my Toy Araya", Music For Sad Headbangers começa por apresentar ambiências calmas em interseção com paradigmas bruscos, culminando em paisagens tempestivas altamente aliciantes. "Departures" e "Circle of events" exploram o ambiente etéreo que tem marcado as últimas edições guitarrista, mas é em "Moving grey" que o ouvinte pode esperar para ser surpreendido de forma celestial. Numa das melhores faixas deste novo trabalho The Star Pillow cria um panorama sonoro altamente viciante durante o início e o desenvolvimento da faixa, construindo um final implacável e completamente distinto. E depois vem "Quiet Cooper, we'll not die today", uma balada que deixa qualquer ouvinte rendido. É muita emoção e beleza numa simples canção. Sem dúvida um dos trabalhos mais seminais na carreira de The Star Pillow.

Music For Sad Headbangers foi editado no passado dia 15 de março pelo selo Midira Records. Podem ouvir o disco na íntegra ali abaixo.


0 comentários:

Enviar um comentário