segunda-feira, 20 de maio de 2019

A viagem cíclica dos mitos dos Transnadežnost'

Fotografia dos Transnadežnost' em junho de 2015

Os russos Transnadežnost' apresentaram-se ao vivo pela primeira vez nas regulares festas "Kamennaya Sreda" do clube DaDa, em St. Petersburg. Na altura, em dezembro de 2012, apenas como formato duo, com Alexander Yershov a assumir o papel de guitarrista e Vladimir Gurov responsável pela bateria. Pouco tempo depois, Max Zhuravlyov juntou-se à banda no baixo e nos sintetizadores, e a primeira demo Shamantra/First Arab Astronaut foi gravada. Em 2015 chega às prateleiras pela No name label o primeiro EP da banda, Kailash/Ladoga e a primeira das reformulações de line-up com Natasha Bogulyan na bateria e TaSha no teremim. 

O split Huldra/108 (2017) lançado juntamente com os Ciolkowska, marca o fim da espera pelo álbum de estreia, intitulado Monomyth, que volta a reformular o line-up da banda com David Aaronson a ocupar o lugar de baterista; Nikolay Vladimirovich a coordenar os ritmos no baixo, Alesya Izlesa e Alexander Yershov na condução das guitarras. O álbum marca a também o primeiro trabalho da banda erguido sobre um chão firme, incorporando elementos do rock espacial, psychedelic stoner, space heavy raga-rall e heavy psych, num disco tocado em sete faixas, que é brindado com um trabalho audiovisual disponível abaixo.


Entre uma conjugação de ritmos ora calmos e relaxantes ora mais pesados e bruscos, Monomyth, editado a 23 de setembro de 2018 em formato CD pelo selo [addicted label] apresenta uma banda que gosta de explorar os limites das quebras de ritmo e das mudanças de compasso imersivas. Monomyht pode escutar-se na íntegra abaixo. Podem comprar o disco aqui.

0 comentários:

Enviar um comentário