quarta-feira, 19 de junho de 2019

The Physics House Band em entrevista: "Estamos muito felizes e orgulhosos de Death Sequence"

the-physic-house-band-entrevista-portugal-a-porta


Os The Physics House Band vão passar por Portugal nas próximas duas semanas. O quarteto experimental de Brighton, tido como uma incontornável referência do rock instrumental da última década, editou em maio um novo EP, Death Sequence - registo este que conta com a participação do comediante Stewart Lee.

A banda vai fazer a sua estreia em Portugal numa extensa digressão, com o principal destaque a ir para a atuação na 5ª edição do Festival A Porta, Leiria, a 22 de junho. Fiquem a saber um pouco mais sobre os The Physics House Band nesta breve conversa.


Quem são os The Physics House Band?

The Physics House Band (TPHB) - Sam, Adam, Dave e Miles

Como é que se conheceram e como foi o processo até chegarem ao line-up atual?

TPHB -  O Dave, o Adam e eu (Sam) conhecemo-nos a estudar música em Brighton, no sul de Inglaterra, e tocámos como um trio nos últimos 7-8 anos. O Miles juntou-se à banda há 2 anos atrás no saxofone e nas teclas, e desde essa altura que escrevemos e fazemos digressões como um quarteto!

Quais são os artistas e as bandas que influenciaram o vosso som?

TPHB - Todos nós viemos de diferentes origens musicais e gostamos de diferentes tipos de música, mas há alguns géneros específicos com os quais compartilhamos um amor e que influenciam a nossa abordagem e o nosso som. Isso inclui Jazz, Eletrónica, Clássica, Rock, Metal, Noise ... e por aí além! Alguns dos nossos principais artistas favoritos incluem Jaga Jazzist, The Mars Volta e Mahavishnu Orchestra.

Foi difícil para vocês assinarem com alguma editora, venderem discos ou tornarem-se conhecidos?

PHB - Tivemos a sorte de sermos escolhidos desde cedo pela editora Blood & amp; A Biscuits no Reino Unido, e desde então trabalhámos com a Small Pond Recordings e até criamos a nossa prórpia editora, Unearthly Vision. Trabalhamos também com um ótimo agente que nos pôs a tocar muito cedo em frente de grandes multidões.


Como tem sido a recepção deste novo EP, Death Sequence?

TPHB - Estamos muito felizes e orgulhosos de Death Sequence, especialmente porque foi lançado pela nossa própria editora. Muitas pessoas estão a gostar da direção que estamos a tomar 

Qual foi o último concerto que viram e o último disco que ouviram?

TPHB - Último concerto: Wooden Shijps - uma antiga e incrível banda de psych dos EUA. 
Último disco: Niels Broos & amp; Jamie Peet EP - dois músicos incrivíeis de jazz holandês!

Gostariam de dizer alguma coisa aos vossos fãs em Portugal?

TPHB - Mal podemos esperar para ver os nossos fãs e tocar em Portugal! Para alguns de nós é a primeira vez que visitamos Portugal, por isso vamos tocar melhor do que nunca ;)



Os The Physics House Band vão também passar por Oeiras, Beja, Portimão, Bragança, Aveiro, Porto, Figueira da Foz e Monchique. As datas e locais dos concertos podem ser vistas de seguida.

19.06, Oeiras - Pátio do Sol
20.06, Beja - A Pracinha
21.06, Portimão - Marginália Bar
22.06, Leiria - Festival A Porta
23.06, Bragança - SpiritFest
24.06, Aveiro - Avenida Café-Concerto
27.06, Porto - Maus Hábitos
28.06, Figueira da Foz - D.R.A.C.
29.06, Monchique - Bar Al-Faris

0 comentários:

Enviar um comentário