terça-feira, 30 de julho de 2019

Angel Olsen, Carne Doce e Karol Conka entre as novidades para a rentrée da Lovers & Lollypops


Já há data para o regresso de Angel Olsen a Portugal. Em janeiro de 2020, a norte-americana passa por Lisboa e Porto para dois concertos que servem para apresentar All Mirrors, o terceiro disco de originais. O sucessor de My Woman tem edição marcada para outubro deste ano e, de acordo com a autora, explora a capacidade de cada um para fazer as pazes com os seus pensamentos e lados mais obscuros. Os concertos em Portugal acontecem a 23 e 24 de Janeiro, no Capitólio (via ZDB) e no Hard Club, respectivamente. Os bilhetes estarão à venda a partir desta esta sexta-feira. 

São uma das mais importantes bandas a sair da safra de novos criadores de Goiana no Brasil. Fundados em 2013 pelo casal Salma Jô e Macloys, a quem se juntaram João Victor Santana e Aderson Maia, os Carne Doce têm construído em seu torno a reputação de serem uma das mais explosivas e sensuais bandas a tocar ao vivo, hoje, no Brasil. Com Tônus, o terceiro disco de originais, solidificaram o lugar de destaque na cena autoral do país, adensando ainda mais a sua viagem pela intimidade, a vulnerabilidade humana e os jogos de poder. Estreiam-se em solo nacional com uma tour de concertos que passa por Coimbra, a 22 de Outubro, Lisboa, a 23 de Outubro, e Porto, a 24 de Outubro.

É já inegável o contributo que a música brasileira tem dado ao questionamento das identidades nos últimos anos. De Letrux a Linn da Quebrada, de Liniker a Maria Beraldo, há um filão de novos artistas que, dentro e fora do seu país, questionam a negritude, a pobreza, a identidade sexual e a heteronormatividade, transformando a música que fazem em intervenção e luta. É neste universo de música revolução que encontramos Karol Conka, mulher, negra, mãe, rapper. A Portugal traz Ambulante, o terceiro disco de estúdio, onde voltamos a encontrar a militância, frontalidade, conforto e superação que fazem dela uma das mais interessante vozes a defender e exaltar o lugar da mulher na sociedade. Toca em Portugal em Outubro: Lisboa a 26 (Jameson Urban Routes no Musicbox) e Porto a 27 (Hard Club). 

A rentrée da Lovers & Lollypops traz ainda a segunda edição 2019 do Taina Fest, a ter lugar no CCOP no Porto a 15 de Setembro, e as novas edições de Sereias (País a Arder), Angélica Salvi (Phantone), Black Bombaim & João Pais Filipe (Dragonflies with Birds and Snake) e Krypto (EYE18).



0 comentários:

Enviar um comentário