quarta-feira, 10 de julho de 2019

Marcos Valle e Orquestra de Jazz de Espinho juntos no penúltimo fim-de-semana do FIME



Está a chegar ao fim mais uma edição do FIME - Festival Internacional de Música de Espinho, que este ano se prolonga ao longo de quatro semanas onde a música erudita convive com os caminhos do jazz e da música popular brasileira. O violinista David Grimal, o pianista Andreas Staier e o lendário Krono Quartet são alguns dos nomes que agitaram a cidade de Espinho ao longo das últimas semanas, com concertos de Andreas Schaerer e Avishai Cohen marcados para os próximos dias.

Para o penúltimo fim-de-semana, o FIME reserva um dos grandes acontecimentos da programação. Marcos Valle, nome fundamental do cancioneiro brasileiro, junta-se à Orquestra de Jazz de Espinho para um concerto único onde serão recriados temas antigos com novos arranjos feitos à medida. Esta será também uma oportunidade para conhecer algum do novo material que o cantor, compositor, instrumentista e produtor natural do Rio de Janeiro tem vindo a produzir ao longo da presente década, com o mais recente disco Sempre - a sua mais recente aventura pelos discos de longa-duração - fresquinho na bagagem. 

Do disco de estreia de 1963 ao material essencial da década de 1970 - Garra (1971) e Previsão do Tempo (1973)  são hoje discos de culto - passando pelos mais conhecidos Vontade de Rever Você (1981) ou o homónimo de 1983, onde podemos encontrar o seu maior hit, “Estrela”, a carreira de Marcos Valle foi sempre pautada pelo seu espírito eclético e incansável, equilibrando tradição e vanguardismo em igual medida. Sempre, editado em junho último pela Far Out Recordings, junta alegria e intervencionismo num disco bem condimentado que explora o lado mais pop do artista, influenciado pelos ritmos do funk, da soul e da disco.

Depois de um concerto no B. Leza, em Lisboa, no ano transacto, onde foi acompanhado pelo cúmplice trio jazz Azymuth, e de uma atuação a solo nos Estúdios Time Out no passado dia 5 de julho, Marcos Valle toca agora em Espinho para um concerto que terá o mar como pano de fundo, realizado na Praça da histórica Piscina Solário Atlântico

A entrada é gratuita.




0 comentários:

Enviar um comentário