segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Super Nova regressa para a 6ª edição com First Breath After Coma, Solar Corona e Lonzdale’s Fantasy


O Super Nova está de regresso para a sua sexta edição. O circuito itinerante com o apoio de Super Bock que descentraliza a música portuguesa e dá palco a bandas nacionais emergentes, arranca já este sábado, dia 14 de setembro, no Maus Hábitos, Porto, e vai passar por mais 5 cidades de norte a sul do país. As bandas convidadas desta edição são os Lonzdale’s Fantasy, Solar Corona e First Breath After Coma.

Lonzdale’s Fantasy são os primeiros artistas a atuar neste circuito. O duo que não deixa ninguém indiferente é natural do Porto e constituído por Nils Meisel e Kenneth Stitt. A sua música tem influências de punk, hip hop e box, e ao vivo a performance é verdadeiramente memorável.

Os Solar Corona não são estranhos pelo mundo da música. Rodrigo Carvalho, Peter Carvalho, José Roberto Gomes e Julius Gabriel formaram-se em 2013 e desde aí já lançaram três EPs e um álbum este ano, Lightning One. Chamam à atenção através do seu rock acelerado e sobretudo, pela paixão que colocam nos seus temas.

Já a terceira banda deste circuito nacional, os First Breath After Coma com quatro digressões europeias no currículo, vão atuar em 6 cidades apresentando NU, o terceiro disco que já é considerado uma revolução na sonoridade do panorama musical português.

Os bilhetes para cada concerto custam 3 euros com a oferta de duas cervejas Super Bock, à exceção do Maus Hábitos, onde a entrada é livre. Confiram em baixo todo o circuito completo da 6ª edição do Super Nova:

-Maus Hábitos, 14 de setembro, Porto
-Associação Recreativa e Cultural de Músicos, 19 de outubro, Faro
-SHE, 26 de outubro, Évora
-Gretua, 16 de novembro, Aveiro
-Salão Brazil, 30 de novembro, Coimbra
-Carmo 81, 14 de dezembro, Viseu


Desde o início do Super Nova, estiveram envolvidas 33 bandas, em 12 salas, com mais de 90 concertos de norte a sul do país e que levaram mais de 20 mil pessoas a acompanhar a nova geração de músicos portugueses no circuito Super Nova.

0 comentários:

Enviar um comentário