domingo, 17 de novembro de 2019

A profundidade do desapego é explorada no novo disco dos The Coventry


A 8 de outubro a banda de darkwave italiana The Coventry editou o seu segundo LP de carreira, Deep Detachment, disco de dez canções a explorar desde as atmosferas mais frias da música post-punk em consonância com os elementos mais energéticos da synthwave. Formados por Mario Manfredi (voz), Valerio Rivieccio (guitarra, sintetizadores e voz) e Adriana Colella (sintetizadores), a banda - inicialmente pensada em formato quarteto - fez a sua estreia nos longa-duração com o álbum The Art Of Survival, um disco de onze faixas, que começaria a escrever o seu nome no panorama da música alternativa de tonalidades obscuras.

Um ano após a estreia a banda volta a apostar numa edição com grande foco nos territórios onde se sentem mais confortáveis, incluindo elementos do revivalismo post-punk dos anos 80 e uma aura caracterizada pelo uso massivo de baterias eletrónicas, guitarras melódicas e uma voz fria, com a finalidade de projetar o ouvinte para outra dimensão. No novo registo destaque para temas como "Failed", "Halfway Through" ou "Red Tulips" que podem ouvir-se na íntegra, abaixo.

Deep Detachment foi editado a 8 de outubro em formato CD pelo single Swiss Dark Nights. Podem comprar a vossa cópia aqui.



0 comentários:

Enviar um comentário