terça-feira, 26 de novembro de 2019

Blanck Mass regressa a Portugal em fevereiro


Blanck Mass, o projeto a solo de Benjamin John Power, cara-metade dos demolidores Fuck Buttons, está de regresso a Portugal com paragens confirmadas no Understage do Teatro Rivoli, no Porto, no dia 14 de fevereiro, e no dia seguinte em Lisboa, no Musicbox, para apresentar o mais recente álbum Animated Violence Mild

Lançado em agosto de 2019 via Sacred Bones, Animated Violence Mild é, nas palavras do músico e produtor britânico, o seu trabalho mais conciso, directo e honesto. Carregado de experimentação ousada, intensidade rítmica, melodias explosivas e ferocidade ardilosa, o álbum é uma amálgama de emoções extremas, que oscilam entre a expressão do medo existencial e a beleza próxima da transcendência. Disco de pesar, que nasce da reflexão em torno da perda, não só pessoal e mas também num sentido mais global, de todos nós, enquanto espécie, trata-se de um tratado anti-consumismo desenfreado, uma crítica declarada à queda autoinfligida da humanidade, à traição aos melhores instintos da nossa natureza e ao futuro do nosso próprio mundo. E tal como a tristeza que ali se comunica, as oito faixas que o compõem não são de todo lineares, surpreendendo o ouvinte a cada momento, por entre combinações estilísticas tão distintas e bem executadas que sem esforço vão bem além de todas as influências que descaradamente lhe reconhecemos, tornando-se num momento não tanto de exasperação, mas de pura catarse.

O concerto no Porto é uma co-produção com a Lovers & Lollypops e tem um custo de 7 €. Em Lisboa, os bilhetes custam 10€.

0 comentários:

Enviar um comentário