terça-feira, 5 de novembro de 2019

Einstürzende Neubauten regressam a Portugal em maio


São um dos nomes charneira da música industrial e regressam a Portugal em maio de 2020. A Casa da Música, no Porto, e a Aula Magna, em Lisboa, são os locais escolhidos para acolher a banda de Blixa Bargeld. O anúncio foi feito no site oficial do grupo alemão, que revelou o itinerário completo da próxima tour europeia.

Autores de alguns dos mais importantes marcos do rock industrial, os Einstürzende Neubauten foram reis na intersecção entre a música e a tecnologia. As suas primeiras performances elevaram a música convencional ao patamar de arte sonora, explorando os limites do mundano. Betoneiras, serrotes, rebarbadoras, tudo foi parte integrante de um imaginário fascinado pela maquinaria, ao qual se junta um inventivo contributo da música eletrónica. A polémica performance que deram no Institute of Contemporary Arts (ICA), por exemplo, foi introduzida como um concerto para voz e maquinaria, mas o resultado foi uma imprevisível e caótica tentativa de perfurar o palco da conceituada sala britânica com brocas e berbequins.

Performance à parte, o trabalho dos alemães espalha-se ainda por uma essencial discografia - Kollaps (1981), ½ Mensch (1985) ou Haus der Lüge (1989) contribuíram tanto para o desenvolvimento da música experimental da época como para os ritmos mais hedonistas da música de dança. 

Para além da digressão, que tem início em maio de 2020, o grupo anunciou ainda o lançamento de um novo disco de originais. The Year of the Rat, o primeiro trabalho dos alemães em 12 anos, marca o regresso à quintessência de um dos mais desafiantes grupos das últimas quatro décadas, e deverá ser apresentado ao vivo na companhia de Alexander Hacke, NU Unruh, Jochen Arbeit  and Rudi Moser. 

Depois de uma última performance no NOS Primavera Sound, em 2015, os alemães apresentam-se em Portugal nos dias 25 e 26 de maio, no Porto e em Lisboa, respetivamente. Os bilhetes para os concertos ainda não se encontram disponíveis e desconhecem-se informações relativas ao seu custo.

0 comentários:

Enviar um comentário