terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Juana Molina, Föllakzoid, Pelada nas primeiras confirmações do Tremor 2020



Foram hoje revelados os 18 primeiros nomes que marcarão presença na edição 2020 do Tremor. A ter lugar entre os dias 31 de Março e 4 de Abril, o festival açoriano volta a ter como ponto central a ilha de São Miguel, propondo uma experiência que, ao longo de 5 dias, integra concertos em salas e natureza, residências artísticas, performances surpresa e o diálogo entre artistas locais e convidados, música e outras formas de arte. 

O primeiro leque de confirmações integra a cantora e compositora argentina Juana Molina, que atuará dias antes em Braga, no gnration, a pianista escocesa Kathryn Joseph, os krautrockers chilenos Föllakzoid, os demolidores Gabber Modus Operandi, que regressam a Portugal depois de se estrearem com um concerto implacável na Galeria Zé dos Bois, a dupla canadiana Pelada, cujo álbum de estreia Movimiento para cambio, que recebeu edição pela germânica PAN, é um dos mais admiráveis de 2019, os ugandeses MC Yallah & Dabmaster, pilares da emergente editora Nyege Nyege Tapes, o cantor grego e uma das mais recentes adições ao catálogo da DFA RecordsLarry Gus, o projeto electro-house londrino MadMadMad, o cantor-compositor brasileiro Sessa, Romero Martín e os londrinos Vanishing Twin, cujo terceiro álbum de estúdio, The Age of Immunology, alcançou as dez primeiras posições na lista de melhores do ano da respeitada publicação online The Quietus

No campo nacional, Lena D'Água, Solar Corona, Angélica Salvi, Conferência Inferno e Dirty Coal Train, assim como os açorianos Lil Kyra e In Peccatvm encerram o primeiro anúncio de confirmações.

Os bilhetes para a sétima edição do Tremor já se encontram à venda na BOL, FNAC, Worten, CTT e La Bamba Bazar Store Ponta Delgada por 50 euros. 



0 comentários:

Enviar um comentário