terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Taïs Reganelli dá o seu cunho pessoal a "Tanto Mar" de Chico Buarque

© Juliano Luccas 
A cantora e compositora Taïs Reganelli apresentou recentemente a sua reinterpretação de "Tanto Mar", canção de Chico Buarque. A escolha desta canção é uma forma de aproximar ainda mais Portugal e Brasil, com histórias parecidas de luta e resistência durante os períodos em que foram submetidos a regimes ditatoriais, sucedendo o single "Vem (Além de Toda Solidão)", dos Madredeus.

Em "Tanto Mar", a artista brasileira que se mudou recentemente para Lisboa, une o rock a elementos vocais sutis. A produção musical é assinada por Pablo Lapidusas.


O vídeo de "Tanto Mar", realizado por Juliana Frug, apropria-se de uma profusão de cravos para celebrar um dos principais acontecimentos do nosso país, ocorrido em 25 de abril de 1974. “A ideia foi produzir um vídeo conceptual, apenas com cravos e água (simbolizando o mar que separa os Continentes), interpretando assim toda a letra”, afirma Taïs.

Foram produzidas 3.000 fotografias que, sequencialmente, se tornaram num vídeo em stop-motion, além de imagens da própria Taïs. “A cartela de cores foi pensada de acordo com as cores das bandeiras do Brasil e de Portugal com algumas pequenas variações de tons”, finaliza a realizadora.

1 comentário:

  1. QUE PRODUÇÃO !!!!!!!!!!! PARABÉNS À TODA A EQUIPE.
    EM ESPECIAL PARA ESSA GAROTINHA POR TAIS.

    ResponderEliminar