terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Bohren & der Club of Gore, Pan•American, entre outros, no Waking Life 2020



O Waking Life está de regresso ao Crato para a sua quarta edição. De 12 a 17 de agosto, a vila alentejana volta a receber o evento dedicado ao melhor da música eletrónica de dança, e os primeiros nomes do cartaz já são conhecidos. 

Com uma forte  preocupação ambiental e uma tendência para experimentar com os diversos quadrantes da música eletrónica, seja na sua componente mais experimental ou dançável, o festival tem vindo a contar com alguns dos mais conceituados músicos e produtores do género como Fennesz, Andy Stott, Four Tet, Jan Jelinek ou Oren Ambarchi.

Este ano, a matriz do cartaz assenta na mesma procura pela exploração. Os alemães Bohren & der Club of Gore (na foto) são o grande destaque desta primeira vaga de confirmações, eles que atuaram em Portugal pela última vez em 2012 e que regressam ao país com o mais recente álbum Patchouli Blue, o primeiro álbum do grupo em seis anos   que volta a reúnir mais um conjunto de composições jazz tingidas a negro.

O músico e compositor americano Mark Nelson também passará pelo festival alentejano para a apresentar as tramas ambientais que andou a conjurar em A Son, o mais recente álbum lançado ao lado do comparsa  Steven Hess enquanto Pan•American, instituição da música post-rock e um dos nomes notáveis da editora americana Kranky, que alberga, entre outros, trabalhos de Grouper, Tim Hecker e Godspeed You ! Black Emperor.

O britânico Ceephax Acid Crew, que passou pela última Em Bruto no Pérola Negra, junta-se aos também confirmados Hieroglyphic BeingDonna Leake100hz, Auntie Flo, Loefah, Lukid, Norberto Lobo, Adi, Cosmic DJ, Elli, Mark Ambrose, Penelope e wun two.

Os bilhetes para o festival já se encontram esgotados.


0 comentários:

Enviar um comentário